X Expo-Macuco apresenta parte técnica à altura das tradições (Edição 1374)

  • PDF

Durante a X Exposição Agropecuária, realizada no Parque de Exposições Edgar Rodrigues Luterbach (Macuco Rural Park), de 15 a 18 de setembro, Macuco confirmou sua vocação rural com uma parte técnica forte e organizada no primeiro evento agropecuário da cidade após a sanção do Governo do Estado, que, pela Lei 7.410/2016, declarou Macuco como a ‘Capital do Leite’ no estado do Rio de Janeiro, após reivindicação do prefeito Félix Lengruber e iniciativa da deputada Martha Rocha.

Abrangendo exposição e julgamento de animais, a feira macuquense se sobressaiu pela presença de animais com excelente padrão genético, ótima capacidade reprodutiva e de produção de carne e leite. A pista de julgamentos foi reconhecida por juízes e proprietários rurais como uma das mais fortes do ano, com destaque para a raça gir leiteiro, responsável pelo crescimento da produção de leite em todo o país.

O secretário de Agricultura de Macuco, João Batista Oliveira, mobilizou pecuaristas locais, já que a feira rural agrega valores à produção e aumenta a lucratividade e a popularidade do município, aproveitando a insígnia de ‘Capital do Leite’. 

– Isso foi confirmado pela presença de uma forte representante da pecuária macuquense. A Fazenda Casa Branca, da Volta do Umbigo, ratificou a força genética obtendo 100% de aproveitamento no concurso leiteiro. Resultado excepcional – comemora Batista.


O 47º Concurso Leiteiro

Sob olhares atentos de pecuaristas, patrocinado e realizado pela Cooperativa de Macuco, outro evento bastante badalado foi o 47º Concurso Leiteiro, competição tradicional e muito concorrida e que, mais uma vez, integrou a programação específica da feira. O evento reuniu animais de grande produtividade, de proprietários rurais oriundos de todas as regiões do estado do Rio de Janeiro, ratificando sua tradição.

Sete categorias foram disputadas e o vice-presidente da Cooperativa de Macuco, Thadeu Erthal, que entregou os prêmios aos vencedores, destacou que a disputa foi acirrada. Confira os resultados finais, com o nome das vacas vencedoras, fazenda e município de origem, respectivos proprietários e produção ao término do 47º Concurso Leiteiro: Vaca Geral, Madona – Fazenda Beira Rio – Macaé – Lacerda Oliveira – 162,010 kg; Vaca 35 kg – Barbie – Fazenda Vista Verde – Santa Maria Madalena – Pedro Paulo Rocha – 105,24 kg; Vaca 30 kg – Ana Paula – Fazenda Santa Edwiges – Cordeiro – Pablo Badini – 89,760 kg; Vaca 25 kg – Maizena – Fazenda Bonança – Trajano de Moraes – Rodrigo Souza – 75,280 kg; Novilha 4 dentes/Cria da Casa – Comenda – Fazenda Casa Branca – Macuco – Gir e Girolando Morada Nova – 121,320 kg; Novilha 2 dentes/Cria da Casa – Condessa – Fazenda Casa Branca – Macuco – Gir e Girolando Morada Nova – 102,480 kg; Novilha Geral – Andorinha – Fazenda Bom Jesus – Cantagalo – Volmer Santos – 107,770 kg.



Adicione essa página em sua rede social
Artigos Relacionados:

Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado