Noticias

Trajano de Moares recebe etapa do Rally Carioca

  • PDF

O município de Trajano de Moraes recebeu os amantes dos carros grandes, pesados e cheios de atrativos no dia 3 de novembro, durante a Etapa do Campeonato Carioca de Rally de Regularidade do Rio de Janeiro, o Rally Carioca 2018. A competição de automobilismo desportivo multimarca recebeu categorias do tipo 4×2 e 4×4, além de UTVs, em disputas que levou muita emoção e adrenalina para as ruas e estradas trajanenses. Os carros saíram da Praça Nilo Peçanha, no Centro da cidade.

O evento tem apoio da Prefeitura de Trajano de Moraes, através da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo e organização da Guarda Municipal, Coordenação de Esporte e Lazer e Secretaria Municipal de Serviços Públicos, e realização da Trovão 4×4. O secretário municipal de Turismo, Tiago Pecly, enalteceu a realização do campeonato no município em parceria com a cidade de Santa Maria Madalena.

“Esse é mais um evento que nossa cidade faz com o incentivo do prefeito Rodrigo Viana e do vice Jorginho Diniz. É um evento de nível estadual que recebemos. Acreditamos que incentivar o esporte é muito importante, fortalece a modalidade e contribui para fomentar o nosso turismo, os comércios locais, restaurantes e pousadas. Quero agradecer em nome da gestão pública de nosso município a participação de todos os envolvidos”, disse Tiago Pecly.

Em Trajano de Moraes, a prova diurna tem em seu traçado um trajeto radical e cheio de aventuras. O percurso abrange áreas rurais e particulares da cidade. “O rally conseguiu atrair para nossa cidade dezenas de pilotos, percorrendo trechos de lama e terra com areia em regime de regularidade, onde os pilotos seguiram um trajeto em determinada média de tempo. Nosso município esta de portas abertas para receber outros eventos como este”, comentou o prefeito Rodrigo Viana.



Adicionar Comentario

Eduardo Galil defende fim de veículos oficiais

  • PDF

O ex-deputado federal Eduardo Galil e ex-prefeito de Trajano de Moraes defendeu no dia 30 de outubro, nas redes sociais, algumas sugestões para o futuro do governo de Jair Bolsonaro

"Muitos me perguntam o que eu faria se estivesse no lugar de Bolsonaro, como ato concreto de governo? Não nutro essa ambição, nem muito menos fui questionado, ou outros me pediram conselho, apenas vou tentar explicar para os queridos amigos, o que eu penso", afirmou em seu facebook.

Uma das sugestões apresentadas seria acabar com a frota de veículos oficiais. "À semelhança da Câmara dos Deputados quando cheguei no ano de 1975, apenas veículos para o presidente e chega, tal medida se estenderia aos governos estaduais e prefeituras, assembleias legislativas e ao judiciário, neste caso com exceção dos juízes que julgam casos complexos nos quais exigem segurança porque correm risco de atentados. No Executivo a mesma coisa e, nos ministérios, em resumo acabar com a chapa branca", concluiu.

Galil sugere também que todas as prefeituras estariam obrigadas a colaborar para que os jovens possam cursas o ensino técnico ou universitário. "Estariam obrigadas a investir em educação e saúde cem vezes mais do que em festas".O município teria o Fundo de Participação aumentado, como prêmio, nos quais os mais pobres fossem, efetivamente, inclusos na sociedade, nesse tripé Trabalho - Casa - Comida.

Sugere também melhoria salarial para todos, com redução da carga tributária.

Na área criminal, Eduardo Galil, que também é advogado e já fi promotor público e professor universitário, sugere ações importantes. "Quanto aos crimes de cartel-monopólio seriam unidos com penas muito agravadas a semelhança do crime de lavagem de dinheiro".

Já os crimes de sonegação fiscal, Galil sugere que até determinados os valores importaria em penas pecuniárias, mas não em regime semiaberto ou fechado de cumprimento de pena."Seriam nos crimes hediondos obrigatória a prisão preventiva, sem progressão de regime", afirmou Eduardo Galil.

Na câmara federal, Eduardo Galil foi deputado federal no período de 1975 a 1979, pela Arena, e de 1983 a 1987 pelo PDS.Ele também foi prefeito do município de Trajano de Moais no período de 1989 a 1992 e de 1997 a 2000.



Adicionar Comentario

Gêmeos jogam xadrez juntos

  • PDF

Dois jovens, irmãos gêmeos, que gostam de jogar xadrez e andar de skate. São eles, Afrânio e Afonso Malaquias, moradores do bairro São José, em Cantagalo, e estudantes do Colégio Estadual Maria Zulmira Torres.

"Eu aprendi a jogar xadrez em casa, quando eu tinha 12 anos, através do computados. Fui para a escola joar, e vi um professor que tinha xadrez, e ele começou a ensinar as coisas do xadrez", afirmou o jovem Afrânio.

Na rua de sua casa no bairro São José, em Cantagalo, Afrânio disse que as pessoas do bairro, principalmente seus colegas, gostam de copiar o que eles fazem. "Tudo que a gente faz eles querem fazer. Nós andamos de skate, eles querem fazem também. O mesmo aconteceu com o xadrez. Começamos a jogar e ensinar os passos de praticar o esporte".

Eles defendem que nos colégios deveriam ter mais tabuleiros e livros na biblioteca para emprestar sobre os jogos que incentivam o raciocínio dos alunos.

O professor Gilson Andrade, nas suas aulas, criou, com seus alunos, o "Zulmira News", quando os próprios alunos apresentam e fazem matéria sobre diversos assuntos. Um dos temas feitos pelos alunos foi o xadrez.

Esta semana, o professor Nilton Riguetti, da Escola Maria Mendonça, em Trajano de Moraes, que também é enxadrista, estará visitando o colégio em Cantagalo para fazer uma palestra sobre o esporte para os alunos.



Adicionar Comentario

Fábrica da LafargeHolcim em Cantagalo tem novo gerente

  • PDF

O engenheiro Fábio Ribeiro é o novo gerente da fábrica de cimentos da LafargeHolcim de Cantagalo. Ribeiro está na nova posição desde julho, no lugar de David Possamai, que assumiu a gerência da fábrica da LafargeHolcim de Caaporã, na Paraíba.

Casado e pai de quatro filhos, Ribeiro é engenheiro químico graduado pela Escola de Engenharia de Lorena – USP, com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. O novo gerente da fábrica da LafargeHolcim de Cantagalo possui mais de 27 anos de atuação na gestão industrial de cimento e biotecnologia.

A LafargeHolcim é a empresa líder mundial em materiais de construção e soluções que atende pedreiros, construtores, arquitetos e engenheiros em todo o mundo. As operações do Grupo produzem cimento, agregados e concreto que são usados em projetos de construção que vão desde moradias populares e pequenos projetos locais até os maiores e mais tecnicamente desafiadores projetos de infraestrutura. Como a urbanização impacta cada vez mais pessoas e o planeta, o Grupo oferece produtos inovadores e soluções construtivas com um claro compromisso com a sustentabilidade social e ambiental. Com posições de liderança em todas as regiões, a LafargeHolcim emprega cerca de 90 mil funcionários em mais de 80 países e tem presença equilibrada entre mercados desenvolvidos e maduros.



Adicionar Comentario

Nova Friburgo recebe 21 agentes de desenvolvimento do Estado de Alagoas

  • PDF

O trabalho desenvolvido pela Sala do Empreendedor de Nova Friburgo é tido como referência pelo Sebrae e por isso diferentes municípios da região já vieram até a cidade para conhecer de perto o funcionamento do trabalho que transformou a unidade em case de sucesso. Contudo, o desenvolvimento do mesmo foi além e recentemente o Município recebeu 21 representantes do Estado de Alagoas.

Estiveram em Nova Friburgo representantes de Atalaia; Coruripe; Viçosa; Coqueiros Seco; Campo Alegre; São Miguel dos Campos; Ibatequara; Colônia; Leopoldina; São Sebastião; Rio Largo; Junqueiro; União dos Palmares; Maragogi; Penedo; Santana do Ipanema; Messias; Palmeira dos Índios; Jaramataia; Paulo Jacinto e Marechal Deodoro.

Na ocasião, eles receberam importantes orientações e obtiveram, desta forma, uma base para implementar uma sala como essa em seus respectivos municípios ou ainda valiosas instruções para aqueles que já possuem uma, mas querem alavancar as atividades desenvolvidas.

Para o subsecretário de Desenvolvimento Econômico, Walter Thurler, o fato de Nova Friburgo ser apontada pelo Sebrae como modelo de Sala do Empreendedor a ser seguido está atrelado à vitória no Programa Cidades Empreendedoras, em junho deste ano.

“A atenção com esse segmento, visando em especial a redução da burocracia ao empreendedor, é uma forte premissa do prefeito Renato Bravo e que procuramos seguir à risca desde o início de sua gestão, o que culminou na vitória do Programa Cidades Empreendedoras, do Sebrae, na Categoria Cooperação Intermunicipal para Desenvolvimento Econômico, em junho deste ano”, salientou.

Durante o encontro, foram discutidos, além da importância e o modus operandi da Rede de Agentes de Desenvolvimento Econômico, o modo utilizado na cidade de desburocratização dos processos, por meio de sistema online. Ambos, interligados diretamente.

Os alvarás, por exemplo, antigamente levavam até 120 dias para serem liberados e hoje, os mais simples, saem em até 5 dias úteis. E com a utilização do sistema online, além da agilidade, há ainda uma grande economia para o Município, já que para mil alvarás liberados no ano passado deixou-se de imprimir mais de 50 mil folhas.



Adicionar Comentario

Pgina 1 de 387





Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado