Noticias

Prefeitos discutem com Sebrae ações de políticas públicas voltadas para o empreendedorismo

  • PDF

Entre os meses de fevereiro e março, os prefeitos de 12 municípios da Região Serrana receberão a visita da Coordenação Regional - Serrana I do Sebrae/RJ para traçar planos e metas em prol do desenvolvimento de políticas públicas voltadas para o fortalecimento do Empreendedorismo.

Durante os encontros, os gestores municipais têm a oportunidade de adquirir conhecimento sobre metodologias e práticas que ajudam a impulsionar e desenvolver a economia local através do estímulo das atividades empreendedoras, ao mesmo tempo em que promovem geração de emprego e distribuição de renda.  

A iniciativa já ocorreu em seis municípios incluindo: Sumidouro, Carmo, Santa Maria Madalena, Bom Jardim, Cordeiro e Macuco. Os encontros aconteceram entre os dias 06 e 15 de fevereiro. Nesta quarta-feira (22/02) é a vez da Prefeitura Municipal de Cachoeiras de Macacu receber a equipe do Sebrae/RJ.

A intenção é que até o final de março as Administrações Municipais de Nova Friburgo, Duas Barras, Cantagalo, São Sebastião do Alto e Trajano de Moraes também participem dos encontros.

De acordo com a coordenadora regional do Sebrae/RJ, Fernanda Gripp, essas reuniões com os prefeitos e demais representantes das Administrações Municipais têm como norteador dois objetivos: o primeiro é conhecer os novos gestores, cuja maioria assumiu seus cargos após a última eleição; e iniciar, dar continuidade ou aprimorar as ações que o Sebrae/RJ realizou nos municípios em anos anteriores.

“É muito importante para o desenvolvimento socioeconômico dos municípios que haja uma estratégia ou política pública focada no empreendedorismo, principalmente nos Pequenos Negócios. Para tanto, o Sebrae/RJ sempre busca uma aproximação junto aos prefeitos para que eles entendam nossas ações e se tornem nossos parceiros. Com essa iniciativa queremos potencializar as atividades econômicas da região, dando o apoio necessário para que o poder público encontre caminhos para promover o desenvolvimento de seu município através de consultorias técnicas, capacitações, palestras, cursos, workshops, entre outras formas de suporte”, destaca a coordenadora.

Os principais assuntos abordados nos encontros entre o Sebrae/RJ e as Prefeituras Municipais estão diretamente ligados a dois capítulos da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas (Lei Complementar nº 147/2014), considerados de vital importância para promoção do crescimento econômico regional e que devem ser cumpridos:

1) Desburocratização:

- Que pode ser obtida com a manutenção ou abertura de Sala do Empreendedor nos municípios (ferramenta prevista na LC nº 147/2014) que simplifica, centraliza e desburocratiza toda a metodologia de abertura e encerramento de empresas, evitando que haja uma peregrinação do empreendedor em mais de um local;

- Modernização e redução de custos operacionais (por meio da informatização e implementação de sistemas como o REGIN, da Junta Comercial do Rio de janeiro – JUCERJA – que unifica as etapas de abertura de uma empresa e libera o alvará em modo on line) o que otimiza o tempo de abertura de uma empresa, estimulando ao mesmo tempo a ocorrência de atividades empreendedoras na cidade;

2) Compras Governamentais:

- Outro capítulo importante que estimula a participação de Pequenos Negócios locais em licitações públicas, fazendo com que o dinheiro fomente as atividades e permaneça na própria região, além de promover maior confiança na relação entre o empresariado e a Gestão Municipal.

Além desses, outros projetos e programas que são realizados, ou recebem apoio do Sebrae/RJ, também foram apresentados aos novos gestores municipais, entre os quais:

- Jovens Empreendedores (que estimula estudantes do Ensino Fundamental e Médio a desenvolver ações de caráter empreendedor nas escolas);

- Rede de Agentes de Desenvolvimento – AD (constituída por servidores nomeados pelos prefeitos para realizarem ações e buscarem alternativas focadas no desenvolvimento econômico local por meio de parcerias com municípios vizinhos e troca de experiências).

Diagnóstico

Nos encontros ocorridos até o momento, a equipe do Sebrae/RJ apresentou um mini diagnóstico aos gestores municipais contendo o número de empresas existentes, a quantidade de formalizações, quantas são microempreendedores individuais (MEI), microempresas, empresas de pequeno porte e grandes empresas. O objetivo foi apresentar o cenário atual do empreendedorismo na região para apontar possíveis melhorias e ações focadas no aprimoramento do quadro econômico local.

Nos seis municípios da Região Serrana já visitados estiveram presentes quatro prefeitos, além dos secretários municipais de Fazenda, Meio Ambiente, representantes da Vigilância Sanitária, Setor de Licitação, entre outros que, pela natureza de suas atividades, estão diretamente envolvidos nas ações desenvolvidas pelo Sebrae/RJ.


Adicionar Comentario

Cordeiro poderá ganhar unidade da Universidade Castelo Branco

  • PDF
Em sete dias, o prefeito de Cordeiro, Luciano Batatinha, e a vice-prefeita, Maria Helena, conseguiram avanços expressivos para a implantação de cursos universitários no município. Após visitarem a reitoria da Universidade Castelo Branco (UCB) na semana anterior, no dia 14 de fevereiro, os diretores da instituição retribuíram a visita, quando estiveram em Cordeiro para uma reunião no Centro de Inclusão Digital Dilta Feijó, no Centro da cidade.

Ao abrir o encontro, o prefeito confidenciou sua felicidade com a possibilidade real de parceria com uma universidade respeitável e disposta a atender o município, principalmente pela ausência de cursos em termos regionais. “Será a realização de um sonho para a nossa cidade. Porém, é preciso cautela por ser um assunto que exige seriedade e transparência em todos os trâmites. Uma comissão irá estudar a melhor forma de receber a faculdade, que, além de qualificar nossos jovens, aumentará o fluxo de pessoas na cidade e aquecerá substancialmente nossa economia”, relatou o prefeito.

Em nome da UCB, o professor Armando Leite, diretor de superintendência, destacou a expansão da universidade para o interior. Após estudos sobre infraestrutura, na visão da Castelo Branco, Cordeiro é propício para abrigar cursos de veterinária e das áreas de saúde. Para isso, serão iniciadas as tratativas com a Administração Municipal no intuito de percorrer os caminhos legais para que a UCB se estabeleça no município.

Ponderando os reflexos da crise, Armando Leite afirmou que os empregos são mais difíceis e demorados para quem não possui qualificação acadêmica. “Essa preocupação vem ao encontro das metas da Universidade Castelo Branco. Queremos manter essa proximidade com o interior e contribuir para aumentar essa qualificação. Com as mudanças no Ministério da Educação, será mais rápido o processo de estruturação da faculdade em Cordeiro”, garantiu, acrescentando ter aprovado a receptividade e possibilidade de contribuir, através do conhecimento, com o crescimento da cidade.

Interagindo com dirigentes da universidade, diretoras e professoras demonstraram adesão à proposta de Batatinha de implantar cursos superiores na cidade. Com opiniões similares, elas reconhecem as dificuldades inerentes à carência de cursos na região, dizendo que distância, altos custos com moradia e outras questões sociais acabam desmotivando jovens e pais. “A possibilidade de criação desses cursos será um estímulo sem precedentes”, declarou uma diretora e mãe de universitário.

O pró-reitor de Desenvolvimento Institucional da UCB, Telson Pires, acredita que, além dos cursos, a universidade em Cordeiro significaria também o desenvolvimento de um trabalho de assessoria em diversas áreas para a Prefeitura. Haveria também a possibilidade de captação de recursos com os governos federal e estadual para investir em projetos de ensino continuado e sem custos para o município.

Novo encontro será agendado para a assinatura de um protocolo de intenções na tentativa de acertar a parceria.
Participaram da reunião secretários municipais, o líder do Governo na Câmara Municipal, Robson Careca, e os vereadores Marcelo Duarte, Furtuoso Lopes, Beth do Postinho, Jussara Barrada e Thiago Macedo.




Adicionar Comentario

Friburguenses e suíços começam a preparar os festejos do bicentenário de Nova Friburgo

  • PDF

O prefeito de Nova Friburgo, Renato Bravo, recebeu em seu gabinete, o cônsul da Suíça no Rio de Janeiro, Jeancarlo Fenini, que estava acompanhado do cônsul adjunto, Christoph Vautheler, e do presidente da colônia suíça em Nova Friburgo, Geraldo Thurler. O prefeito ausentou-se devido a outro compromisso agendado e a reunião foi conduzida pelo secretário de Governo Bruno Villas Bôas. Participaram também do encontro os secretários de Cultura, Marcos Marins; de Turismo, Wilton Neves; de Agricultura, Alexandre Teixeira; do Escritório de Gerenciamento de Convênios e Projetos (EGCP), André Gomes; e o ouvidor Girlan Guilland.

Durante a reunião foi exibido vídeo com algumas propostas do projeto comemorativo dos 200 anos de Nova Friburgo em 2018, apresentadas pelo secretário de Governo:

Agricultura – produção de morangos, com mercado em expansão; Nova Friburgo é a segunda maior produtora de flores de corte do país; incentivo à agricultura orgânica e recuperação da Mata Atlântica no município;
Cultura – criação dos museus do trem, arte sacra e dos colonizadores; polo de produções audiovisuais, mostra de cinema, exposição de fotografias de acervo histórico, concurso de redação, formação de multiplicadores do conhecimento da história e concurso para escolha da marca dos 200 anos;
Educação – polo universitário, com incentivo ao intercâmbio para troca de experiência e conhecimento, construção de escolas, programa comunitário “Meu Bairro + 200”, Fundação Dom João VI – pesquisa, acervo e estudos históricos; e preservação do folclore e tradições culturais;
Meio Ambiente – plantio de 200 mil mudas de árvores nativas em áreas degradadas e revitalização do Centro de Educação Ambiental (CEA);
Turismo – reestruturação dos parques Cão Sentado e Juarez Frotté, incentivo ao turismo rural e criação do museu das águas;
Negócios – revitalização do condomínio industrial e incentivo aos polos cervejeiro artesanal, de moda íntima, metalmecânico e de flores.

Durante o encontro foram comentadas outras propostas, como o marco monumental do evento, em homenagem aos homens e mulheres que deram origem à cidade de Nova Friburgo, e o relógio com contagem regressiva para o bicentenário. Todo o projeto terá maior dedicação após o carnaval

O cônsul da Suíça também expôs algumas propostas de sua parte, como a troca de informações, entrosamento com a Associação Fribourg – Nova Friburgo, a fim de consolidar as relações entre Nova Friburgo e a Suíça; envolvimento de fundações e instituições; cooperação com a Escola Superior de Gastronomia e Casa da Suíça, produção de vídeos, parcerias acadêmicas e profissionais, de ciência e tecnologia e de economia e negócios, de turismo e de comunicação; colaboração entre as mídias friburguenses e suíças, cinema e concurso de filmes sobre a imigração.

Jeancarlo Fenini falou também de agricultura, com propostas de estudo de questões agrícolas e de reflorestamento; ajuda humanitária e social e Cruz Vermelha. Outros temas propostos pelo cônsul foram elaboração de documentários, realização de festivais e mostras culturais, além de apresentações de grupos folclóricos.

O cônsul da Suíça e os secretários ainda falaram de outros aspectos do plano de encontros e preparação do programa comemorativo do bicentenário de Nova Friburgo. “Eu acredito que podemos fazer um bom trabalho juntos”, disse Jeancarlo Fenini a Bruno Villas Bôas.

Adicionar Comentario

Paróquia completa 50 anos em Macuco e recebe homenagem na Câmara

  • PDF
Durante a primeira sessão, os vereadores de Macuco puderam expor suas indicações, além de agraciarem a Paróquia de São João Batista, representada pelo padre Wanderson Mozer, com uma Moção de Aplausos pelos seus 50 anos de fundação. 

Em 1º de janeiro de 1967, o bispo Dom Clemente José Carlos Isnard criava a Paróquia de São João Batista. Nesse período, quatro bispos diocesanos, 22 sacerdotes e um expressivo número de vigários e seminaristas cuidaram do rebanho com zelo, dedicação, ensinamentos e testemunho de fé.

Muitas lembranças emocionantes trazem esses 50 anos: missas solenes, as tradicionais festas do padroeiro São João Batista, as quermesses, as alvoradas da Sociedade Musical São João Batista, as procissões conduzindo andores devotamente ornamentados pelos paroquianos, a construção e a inauguração do Centro Catequético Padre Leopoldo Garcia Garcia, as aquisições e doações de terrenos para construção das cinco capelas e, mais recentemente, para a construção da igreja matriz auxiliar, as missas campais ou celebradas em residências, entre outros eventos.

Na igreja, todos podem testemunhar a fé com obras através dos 12 movimentos e das 11 pastorais. “Rendemos graças incessantes ao Senhor por todas as pessoas que ergueram e as que sustentam  física e espiritualmente a Paróquia de São João Batista. Rogamos que o vento impetuoso do Espírito Santo sopre sobre os jovens, as crianças e as gerações vindouras para que continuem atentos e obedientes ao pedido de nosso Santo Padre, o Papa Francisco, fazendo de nossa paróquia, hoje pastoreada pelo Padre Wanderson, uma comunidade sempre de portas abertas”, diz a moção.

Adicionar Comentario

Rei Momo e Rainha do Carnaval 2017 são eleitos em Nova Friburgo

  • PDF

A noite de domingo foi especial para os foliões de Nova Friburgo, que puderam participar de um dos eventos mais tradicionais da cidade. O concurso para Rei Momo e Rainha do Carnaval foi realizado na Praça Dermeval Barbosa Moreira, mais conhecido como reduto do samba neste período do ano, e atraiu centenas de pessoas, que encheram o espaço com muita alegria.


Os candidatos representavam as agremiações friburguenses. As atribuições da Rainha e do Rei Momo são participar de todos os eventos carnavalescos da cidade, pois são os elementos que retratam a importânciadesta grande festa no município

Os candidatos à Corte do Carnaval 2017 se apresentaram para um público bastante expressivo e foram avaliados pelo “samba no pé” e ainda pelos quesitos comunicação e simpatia, principais temas do


A oportunidade ainda deu destaque para outros dois personagens muito relevantes na composição do carnaval friburguense: a Embaixatriz Rosângela Cassano, da Vilage, e o Cidadão do Samba Júlio Santos, também da Vilage, que contribuíram para abrilhantar ainda mais a festa.


RAINHA DO CARNAVAL 2017


A grande vencedora deste ano, Jéssica Ferreira Gomes, mostrou elegância e muito samba no pé. Sua beleza e performance na apresentação a levaram a conquistar o primeiro lugar e fazer o público vibrar.
O Rei Momo vencedor foi Manoel Eduardo Morais da Silva, que também mostrou muito samba no pé e esbanjou simpatia. Sua entrada no palco fez a plateia se manifestar positivamente, com muitos e demorados aplausos.


O prefeito Renato Bravo e o secretário de Turismo, Wilton Neves, destacaram a felicidade de participar do evento. “Este é um grande momento do carnaval de Nova Friburgo e me sinto muito feliz de poder prestigiar esta festa”, disse o prefeito. O secretário reiterou a alegria de estar ali e acrescentou: “Estamos trabalhando muito para proporcionar a todos um carnaval de qualidade e esta é a celebração de um desses momentos”.


REI MOMO DO CARNAVAL 2017

O Rei Momo vencedor foi Manoel Eduardo Morais da Silva, que também mostrou muito samba no pé e esbanjou simpatia. Sua entrada no palco fez a plateia se manifestar positivamente, com muitos aplausos.


Adicionar Comentario

Pgina 10 de 363

                  





Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado