Noticias

Vereador propõe estudo da "Constituição em Miúdos" nas escolas municipais de Cantagalo

  • PDF

O vereador cantagalense Hugo Guimarães (Avante) enviou ao poder executivo, através de Indicação, um anteprojeto de lei que objetiva a implantação do Estudo da "Constituição em Miúdos" nas escolas de rede municipal no âmbito do município de Cantagalo.

"Constituição em Miúdos" é um livro que visa apresentar a Constituição Federal através da utilização de ilustrações e de uma linguagem acessível aos estudantes, facilitando a disseminação do seu conteúdo e proporcionando aos jovens cidadãos uma compreensão clara dos seus direitos e deveres.

Hugo Guimarães salienta que a promulgação da Constituição Federal de 1988 completa 30 anos neste ano, sendo um grande marco de restauração da democracia do Brasil e da renovação do orgulho cívico no país.

"A Constituição em Miúdos é uma adaptação do conteúdo da Constituição Federal e, através de seu estudo, os alunos da rede pública municipal poderão expandir a noção dos seus direitos cívicos, despertando, assim, seu interesse em conhecer a Lei Magna que rege o nosso país, estado e município, promovendo a aprendizagem sobre instrumentos que garantem seus direitos constitucionais e, também, seus deveres para a construção de uma sociedade melhor", explica o vereador.

O vereador afirma ainda em sua indicação que o conhecimento da Constituição é o primeiro passo para o fortalecimento da cidadania.

"É salutar que a sua apresentação se dê desde a vida escolar, e não apenas a partir da graduação. Foi pensando nesse caminho e na importância da adaptação da linguagem para o melhor aproveitamento do conhecimento adquirido, que a Biblioteca do Senado editou uma versão da nossa Carta Magna para crianças e adolescentes ainda no primeiro grau", destaca Hugo Guimarães.



Adicionar Comentario

Brasileiras vencem campeonato de jiu-jitsu no México

  • PDF

O Brasil foi muito bem representado em mais uma competição internacional. A representante brasileira, natural de Duas Barras e moradora de Nova Friburgo por muitos anos, Aline Prismo Machado, a Aline Féu, se destacou sendo campeã.

Mais uma dobradinha brasileira no jiu-jitsu ocorreu no México. Aline Féu foi campeã no Campeonato Internacional de jiu-jitsu sem kimono e Araceli Perez também conquistou a medalha de ouro na mesma competição. Ainda na categoria masculina Daniel Sanchez Vasquez subiu ao pódio e conquistou a medalha de ouro da categoria ate 95 quilos. As próximas etapas serão em um mês e meio.

Aline Féu dominou a categoria sem kimono até 55 quilos, e Araceli até 72 quilos fazendo a dobradinha DDRJJ Mexico na prova disputada na Vila Olimpica da Cidade de México.

Daniel Sanchez garantiu sua medalha de ouro com uma finalização espetacular (katagatame), derrubando e finalizando a luta rapidamente. Com essas três medalhas, a equipe DDRJJ Mexico confirma sua boa fase que segue se preparando na Academia Prok na Colonia do Valle, México, para os próximos eventos.



Adicionar Comentario

Toma posse a nova diretoria do Itaocara Campestre Clube

  • PDF

A nova diretoria do Itaocara Campestre Clube tomou posse na noite do dia 04 de junho, em solenidade realizada na quadra poli esportiva, presidida pelo ex-presidente, Felipe Curty Cidade, que passou a “faixa” para Leandro Abreu Ferreira, “Ziquinho”, e o vice, Lucas Nunes Fuly.

Bastante prestigiada, toda a diretoria tomou posse na responsabilidade de dar sequência a um trabalho excelente do ex-presidente, Felipe Curty Cidade que discursou apresentando prestação de contas, e o resultado de seu trabalho como Gestor do Itaocara Campestre Clube.

Leandro Abreu Ferreira ressaltou que dará segmento as ações implantadas pela anterior diretoria, porém implementaria inovações de trabalho buscando dinamizar o clube para melhor atender aos seus sócios.

O presidente Leandro Abreu Ferreira e o vice-presidente Lucas Nunes Fuly, além dos demais 24 integrantes da diretoria, terão pela frente um mandato de dois anos até 2020.

O professor Anselmo Biasse que já foi presidente do clube (2010-2012) e agora retornar compondo a nova diretoria, explana que o clube tem o privilégio de estar com o caixa positivo e ótima saúde financeira, se comparado a outras agremiações da região, ou seja, para conseguir este equilíbrio em curto prazo, foi priorizado ações na revisão geral de contratos de serviços, plano emergencial para recuperação de receitas, como resgate de associados e conquista de novos sócios, identificação de oportunidade para criação de novas receitas e que a nova diretoria dará continuidade ao excelente trabalho realizado pela diretoria anterior.



Adicionar Comentario

Debate sobre “Intolerância” no Colégio Estadual Conde de Nova Friburgo

  • PDF

No dia 8 de junho de 2018, o Colégio Estadual Conde de Nova Friburgo, realizou um importante momento de reflexão sobre o tema “Intolerância” com o Prof. Dr. Nilton dos Anjos e a professora Flavia Bon Cardoso.  

Nilton dos Anjos, é Prof. e Diretor da Faculdade de Filosofia da UNIRIO, Mestre e Doutor em Ciências da Literatura- UFRJ/Universidade Salamanca- Espanha), e pesquisador de pós-doutorado (CNPq/FAPERJ/AECID- Espanha) e a cantagalense Prof. Flávia Bon Cardoso é Especialista em Leitura e Produção Textual-UFF, atualmente moradora da cidade de Petrópolis.

Ao longo do debate, foram colocadas algumas questões sobre determinados papéis sociais e a visão preconceituosa em relação a eles, como também o processo de desvalorização de determinadas profissões necessárias. Salientou-se a necessidade de exercitarmos a empatia, que é a capacidade de se colocar no lugar do outro, característica extremamente necessária para o exercício da tolerância, e a importância da afirmação da originalidade única de cada indivíduo, como condição para compreensão da diversidade do outro. 

Recordando algumas palavras do Professor "Ninguém consegue se construir sozinho. E portanto, ser intolerante é equívoco. É perder a possibilidade de ampliar a sua percepção vida".



Adicionar Comentario

Audiência pública debate concessão de rodovias estaduais à iniciativa privada

  • PDF

O projeto de concessão de 13 rodovias estaduais à iniciativa privada foi tema de audiência pública realizada pela Comissão de Assuntos Municipais e Desenvolvimento Regional da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) nesta quinta-feira (7/06). Ao todo, aproximadamente 200 quilômetros podem deixar de ser administrados pelo poder público.

O processo ainda está em fase preliminar. Em abril, o Governo do Estado lançou um edital de chamamento público às empresas interessadas em realizar estudos sobre as estradas inclusas no processo. Os grupos terão um prazo de quatro meses para empreender as análises, e a previsão é de que a licitação da concessão seja aberta no ano que vem.

Entre as vias que podem ser concedidas à iniciativa privada, estão a RJ-155, que liga a Rodovia Presidente Dutra à Rio-Santos, e a RJ-106, que liga os municípios de São Gonçalo e Macaé. A proposta também prevê a construção da rodovia RJ-244, que irá conectar a BR-101, na altura de Campos, ao Porto do Açu em São João da Barra.

Uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) no ano passado avaliou mais da metade das rodovias estaduais do Rio como ruins ou péssimas. Segundo Maria Paula Martins, subsecretária de Parcerias Público-Privadas, Petróleo e Gás, apenas duas dessas estradas são administradas pela iniciativa privada através de concessões.

"Se o Estado não tem recursos para fazer os investimentos necessários nas rodovias, elas só irão piorar. Algumas sequer têm acostamento", relata. No entanto, Maria Paula ressalta a necessidade de fiscalizar a situação das estradas sob administração privada: "Caso mais concessões sejam feitas, as empresas responsáveis terão que mantê-las em perfeito estado de conservação".

O vice-presidente da comissão, deputado Wanderson Nogueira (PSol), afirmou que irá fiscalizar o andamento do processo de concessão das estradas. "Nós queremos acompanhar desde já cada passo dessa situação, para defender os interesses da população. Vamos supervisionar antes mesmo das coisas acontecerem para evitar problemas", afirmou.

Também participaram da audiência os deputados Jânio Mendes (PDT) e Luiz Paulo (PSDB), além de representantes da Secretaria de Estado de Transportes (SETRANS) e do Departamento de Estradas de Rodagens (DER-RJ).



Adicionar Comentario

Pgina 5 de 375





Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado