Noticias

Homero F.C. vence nos pênaltis e conquista o Campeonato de Futebol de Campo em Cantagalo

  • PDF

Uma partida disputada até o último segundo e que acabou empatada em 2x2, assim foi a grande final do Campeonato Municipal de Futebol de Campo edição 2018. A disputa terminou indo para os pênaltis, onde o Homero F.C levou a melhor sobre o Tainha F.C. vencendo por 4x3 e se sagrando o grande campeão.

Durante os 90 minutos e também na disputa de pênaltis, no estádio municipal Nelson Heleno Jucá no Bairro São José, as torcidas e todo público presente tiveram a oportunidade de assistir e vibrar com um grande espetáculo de futebol de Campo.

O placar foi aberto no primeiro tempo com um Gol do zagueiro Thiago Guzzo do Tainha.  Já o segundo tempo teve um Gol de Patrício (Galego), que substituiu o atacante Balotelli. E logo em seguida, em poucos minutos, mais um gol de Patrício (Galego) do Homero que aproveitou de cabeça uma bola cruzada do escanteio. E finalizando os gols da tarde deste domingo, destaque para Thadeu Guzzo que empatou a partida  com um chute do Bico na entrada da área.

Na disputa de pênaltis, foi a vez do goleiro Fabrício mostrar o seu talento defendendo a última e decisiva cobrança e dando a vitória ao time do Homero F.C. As cobranças terminaram 4x3 para o Homero F.C.

O Campeonato Municipal de Futebol de Campo,  teve início no dia 16 de setembro e contou com a participação de sete equipes, sendo uma distrital, duas da zona Rural do município e mais quatro da sede. Os jogos foram realizados no Estádio Municipal Nelson Heleno Jucá (Leninho) localizado no Bairro São José, no Campo do Cantagalo Esporte Clube, Campo do Floresta F.C. e do Homero F.C. no distrito de Santa Rita da Floresta e também no campo de Vila Areinhas, no distrito de Boa Sorte.



Adicionar Comentario

Centro é campeão do campeonato de bairros de Macuco

  • PDF


O time de Volta do Umbigo, derrotado no jogo decisivo, foi sagrado vice-campeão


Em um espetáculo eletrizante de bons lances e muita agitação, aconteceu no dia 25 de novembro, no Estádio Dr. Mario Freire Martins o Campeonato de Bairros de Macuco. 

Com o placar de 2 a 0, a grande decisão que garantiu o título ao Centro sobre a Volta do Umbigo o grande público presente que assistiu uma partida intensa. 

A disputa do 3° lugar foi entre os bairros Barreira x Reta. A barreira venceu nas por 3 a 1. A competição é uma realização da Secretaria de Esporte e Lazer, que em conjunto com a gestão municipal, proporciona aos atletas e desportistas locais, o incentivo e crescimento do futebol amador do município na integração das comunidades e difusão social da prática esportiva.

Ao final das partidas, o secretário de Esportes e Lazer, Huguinho Carvalho comentou sobre todo o campeonato e confirmou que já está planejando a edição 2019 do campeonato. "Já estamos planejando o próximo campeonato, e isso com certeza só fará com que o campeonato fique mais disputado e atrativo. Alguns torcedores e jogadores já estão nos perguntando quando é que começa o próximo. Estamos muito felizes pelos resultados que este campeonato nos trouxe", destacou o secretário.



O time do Centro, vencendo o Volta do Umbigo por 2 a 0,
conquistou o título do Campeonato de Bairros de Macuco.

Adicionar Comentario

Prefeitura de São Sebastião do Alto recebe parecer prévio favorável à aprovação de contas

  • PDF



A cidade de São Sebastião do Alto recebeu parecer prévio favorável à aprovação de suas contas referentes ao exercício de 2017. O plenário do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) aprovou no dia 27 de novembro o voto apresentado pela conselheira substituta Andrea Siqueira Martins. 

Responsável pelas contas, o prefeito Carlos Otávio da Silva Rodrigues realizou os investimentos obrigatórios em Saúde e Educação e não gastou com pessoal acima do limite de 54% da Receita Corrente Líquida (RCL), imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) - gasto de 51,15%. O parecer será enviado para a Câmara Municipal local, que decidirá pela aprovação ou reprovação das contas.

O gestor aplicou 26,11% das receitas de impostos e transferências em Educação, enquanto o mínimo é de 25%. Em Saúde os investimentos chegaram a 22,47%, sendo 15% o percentual imposto por lei. 

A conselheira substituta, no entanto, apontou 20 ressalvas e determinações, entre elas o déficit de R$ 1.033.552,53; a inscrição de R$ 294.855,55 em restos a pagar não processados, sem a devida disponibilidade de caixa; e a existência de sistema de tributação deficiente, que prejudica a efetiva arrecadação dos tributos instituídos pelo município.



Adicionar Comentario

Mercado de flores e plantas ornamentais deve movimentar R$ 500 milhões no Estado do Rio

  • PDF

Setor de flores e plantas ornamentais já é responsável por cerca de 17 mil empregos diretos e indiretos


Nem tudo são flores na economia fluminense. A exceção são as rosas, crisântemos, lírios, helicônias, alpínias e bastões do imperador que, apesar do mau tempo nas finanças estaduais, estão fazendo crescer o delicado mercado floricultor no Estado do Rio, que já é responsável por 17 mil empregos diretos e indiretos.

Pelos cálculos da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento (Seappa), a floricultura deve movimentar cerca de R$ 500 milhões, em toda a cadeia, incluindo produção e comércio, em 2018. Um aumento de 8% em relação ao ano passado, na estimativa da gerente setorial do Programa Florescer da Seappa, Nazaré Dias.

O crescimento acompanha a média nacional, que deve crescer entre 7% e 8%. Com isso, as vendas ao consumidor final podem chegar a cerca de R$ 8 bilhões no Brasil, segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibraflor). O Estado do Rio, que há 20 anos era o quarto posicionado no ranking dos produtores, hoje ocupa a segunda colocação. Fica atrás de São Paulo, onde apenas a cidade de Holambra, no interior paulista, responde por 45% do mercado de flores nacional.

No Estado do Rio, 88% dos produtores de flores e plantas ornamentais estão nas regiões Serrana e Metropolitana. Nova Friburgo responde por quase 60% da produção de flores de corte de clima temperado, de acordo com a Ibraflor. A cidade vizinha, Bom Jardim, é a capital fluminense das rosas, com produção de cerca de três milhões de maços, no ano passado.

Já quando o assunto é flor de corte de clima tropical, o município do Rio lidera a produção. Porém, as regiões Serrana e Metropolitana também produzem plantas para jardinagem e paisagismo. "A maioria dos nossos produtores da Serra são familiares. Os pais na produção, os filhos no mercado", conta Nazaré, garantindo que a atividade já está consolidada no estado. "Não tende a sumir, como algumas atividades. Porque tem setores na agricultura, como hortigranjeiros, que os filhos não querem prosseguir. Na flor, não", garante a gerente do Programa Florescer.

Segundo ela, as flores de clima temperado, como rosas, gérberas, astromélias e lírios exigem do produtor um pouco mais de tecnificação. "Existem culturas, como crisântemos, que precisam de estufa, controle de luminosidade, pois crescem muito e não dão flor", explica Nazaré, contando que muitas vezes os produtores precisam até de luz artificial. "É comum na Região Serrana. Chega à noite na área de produção e as estufas estão todas iluminadas", diz.


Flores tropicais enfeitam a Zona Oeste

Os maiores produtores de flores de corte de clima tropical do Brasil estão localizados na Zona Oeste do Rio. Antúrios, helicônias, alpínias e bastões do imperador florescem em abundância na região escolhida pelos produtores justamente por causa do clima.

Cezar Vital, 43 anos, faz parte da terceira geração à frente da Guandu Tropical Flores, que produz, em média, 800 dúzias de antúrios todos os meses. "Quem começou foi meu avô, Luiz Jesus de Vital Abreu, que iniciou com plantação de legumes, depois passou para rosa e, já na década de 1970, para flor de corte tropical e folhagem, onde estamos até hoje", conta ele, que toca o negócio com o pai, os tios e os primos, além de três empregados.

Vital revela que ninguém da família fez faculdade ou buscou uma especialização. Eles aprenderam plantando. "Planta aqui, deu errado, muda o jeito de plantar. A gente vai aprendendo no dia a dia", destaca. Eles são donos de uma propriedade de 150 hectares, mas cultivam em apenas 30 hectares. "Os outros 120 a gente preserva. É só mato", explica Vital, que outro dia vendeu 4,8 mil maços de helicônia para a Hípica de Campinas, em São Paulo.



Adicionar Comentario

Exército fará palestras para estudantes da rede municipal de ensino em Trajano de Moraes

  • PDF



Dando continuidade aos trabalhos em várias escolas no estado do Rio de Janeiro, por meio do Programa "Ações Educativas e Culturais: Meio Ambiente, Segurança, Saúde e Vocação vão à escola", o Exército Brasileiro vai realizar, no dia 5 de dezembro, mais uma atividade voltada aos jovens estudantes da rede municipal de ensino em Trajano de Moraes. De acordo com a secretária da Junta Militar 060 – Elisângela Monteiro, a ação terá a finalidade de promover o desenvolvimento dos jovens através de palestras educativa motivacional.

A palestra esta marcada para começar às 9h e 30min, no distrito de Visconde de Imbé. Já às 11h no Ginásio. Em seguida terá uma pausa pra o almoço e às 14h e 20min a palestra será ministrada no CIEP 279 – Professora Guiomar Goncalves Neves. “Quero agradecer ao prefeito Rodrigo Viana, ao vice Jorginho Diniz e ao secretário municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer Eliandro Garcia pela oportunidade, e também aos militares do Exército pelo incentivo aos jovens de nossa cidade”, comentou Elisângela Monteiro.

Na oportunidade, o militar irá mostrar aos alunos a perspectiva de um futuro melhor e também orientar os estudantes a trilharem por caminhos seguros, na busca por uma carreira sólida e promissora. “Outro assunto será sobre o plano de carreira Militar do Exército Brasileiro, a progressão hierárquica e também sobre as diversas formas de ingressar no Exército. Será muito importante para nossos jovens”, disse Elisângela.

Ao decorrer da palestra, o militar levará os alunos a refletirem sobre o compromisso que a carreira exige ao ingressarem na vida militar. “Será feita uma abordagem do assunto desde o perfil de um Militar que deve reunir: a determinação, força, coragem, responsabilidade, honestidade, como também sobre os direitos e as obrigações. Eles sempre orientam os estudantes com vídeos explicativos sobre como ingressar e a formação dentro da Academia Militar, entre outros assuntos”, destacou.

Ao término das apresentações, os estudantes vão poder fazer relatos que comprovam o despertar da vocação. “A palestra é muito explicativa, e tira muitas dúvidas. Por isso é importante a participação do Exército para a nossa pátria. Podemos notar que, durante esse evento educativo, por exemplo, os alunos são orientandos, estimulados, evangelizado a sua doutrina e preceitos adquiridos ao longo de uma carreira militar”, concluiu. 



Adicionar Comentario

Pgina 5 de 394





Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado