Noticias

Trevo de Manoel de Moraes poderá receber guarnição de bombeiros

  • PDF

Esteve visitando o município de Santa Maria Madalena nesta manhã da última sexta-feira, 27 de julho  o tenente coronel do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro - Alexandre Correia, comandante de Bombeiros Área Serrana / 6º Grupamento de Bombeiros Militar / Nova Friburgo, cuja visita foi feita em atendimento a uma solicitação do comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Roberto Robadey Costa Júnior, comandante-geral da corporação e secretário de Estado de Defesa Civil, para que o mesmo pudesse estar visitando juntamente com autoridades o local onde será implantado um Posto Avançado do Corpo de Bombeiros no município de Santa Maria Madalena, com objetivo de a atender também os municípios adjacentes de Trajano de Moraes, São Sebastião do Alto e Macuco. 

Na visita estiveram acompanhando o tenente coronel Alexandre Correia Pitaluga, as seguintes autoridades de Santa Maria Madalena: Prefeito Beto Verbicário; Secretário de Defesa Civil, Trânsito e Comunicações, Nelson Rodrigues; Chefe de Gabinete: Nestor Lopes; Coordenador da Sala do Empreendedor : Mário Alfredo Vieira Botelho e o bombeiro madalenense Ismael Vinícius Lima Domingues.

O tenente Alexandre Correia ficou muito satisfeito com a localização da área que o município de Santa Maria Madalena está viabilizando, cuja possibilidade se deve, essencialmente, a senhora Angela Martins, respeitada proprietária na região, que atendendo de pronto a uma solicitação feita pela prefeitura, se colocou à disposição para fazer uma doação da área que for necessária à instalação desse importante empreendimento no município de Santa Maria Madalena.

A instalação deste posto irá beneficiar os municípios vizinhos, já que esses têm, praticamente, as suas sedes nas mesmas distâncias da cidade de Santa Maria Madalena do local escolhido para receber esse Posto Avançado do Corpo de Bombeiros. Esse aspecto foi muito elogiado pelo representante dos bombeiros,  quando destacou que um Posto Avançado da corporação instalado no trevo de Manoel de Moraes virá a atender a diversos municípios, sendo esse o principal objetivo da corporação, estar pronto para garantir atendimento imediato a um maior número de pessoas e municípios, como será o caso, já que o local conhecido como trevo de Manoel de Moraes é passagem e está muito próximo das cidades de Trajano de Moraes, São Sebastião do Alto, Macuco e de Santa Maria Madalena.

O prefeito Beto Verbicário agradeceu a presença do Tenente coronel Alexandre Correia, quando também pediu que fosse levado o seu profundo agradecimento ao coronel Roberto Robadey pela atenção que vem dispensando ao assunto no seu município. 

“Solicito também que fosse transmitido ao coronel Roberto Roabadey que a Prefeitura de Santa Maria Madalena está à disposição para ajudar no que for necessário à realização desse empreendimento que há muito se faz necessário no município e região, e que, por reconhecer a sua importância para a população madalenense, não medirá quaisquer esforços objetivando garantir todo o apoio à sua realização”, garantiu o prefeito.



Adicionar Comentario

Estado libera recursos do “Somando Forças” e Prefeitura de Cantagalo paga fornecedores

  • PDF

O município de Cantagalo consegue quitar R$186.129,37 em dívidas de obras da gestão passada. Primando pela boa gestão do município de Cantagalo e sempre mantendo a sua característica de lutar pela sua cidade, o prefeito de Cantagalo, Joaquim Augusto Carvalho de Paula, o Guga de Paula, conseguiu junto ao Governo do Estado do Rio de Janeiro a liberação de recursos para pagamento de dívidas relacionadas a duas obras realizadas na gestão passada. Com sua boa articulação junto ao governo do Estado, o município conseguiu quitar o valor de R$186.139,37.

Importante frisar que estas dívidas, deixadas pela última gestão, eram provenientes de duas obras que foram realizadas através do Programa do Governo do Estado denominado Somando Forças, sendo uma obra realizada pela Empresa Ricon, no valor de R$43.135,62, e outra obra no valor de R$131.003,75, esta realizada pela Empresa Cremax Souza Ltda.

Com esta conquista o município de Cantagalo conseguiu ainda que a Empresa Cremax retirasse uma ação na justiça contra o município, que corria com o Processo Judicial Numero 0001798-53.2017.8.19.0015.

“As duas obras estavam concluídas e o Somando Forças não havia ainda liberado os recursos. Vemos assim mais uma vez naquele eixo em que o Guga briga, luta e consegue trazer recursos para o município e resolver mais este problema”, declarou o secretário de Fazenda, Jorge Braz.



Adicionar Comentario

Macuco recebe equipamentos para TV digital

  • PDF

Famílias de menor renda de 59 cidades do interior do Rio de Janeiro já podem agendar a retirada dos kits gratuitos com antena digital, conversor e controle remoto. A população deve acessar o site sejadigital.com.br/kit ou ligar gratuitamente para o número 147 com o NIS (Número de Identificação Social) em mãos e fazer o agendamento. “Os kits são entregues em local, dia e horário que as famílias escolhem quando fazem o agendamento pelo site ou pelo telefone”, afirma Vivian Bilhim, gerente regional da Seja Digital. “Já estamos trabalhando para que a informação sobre o desligamento do sinal analógico de TV chegue à população e todos possam se preparar com antecedência, pois o sinal digital já está disponível”.

Cerca de 490 mil kits gratuitos estão disponíveis para as 59 cidades do interior do Rio de Janeiro, onde o sinal analógico será desligado em 28 de novembro. Neste grupo, estão as cidades de Angra dos Reis, Aperibé, Araruama, Areal, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Barra do Piraí, Barra Mansa, Cabo Frio, Cachoeiras de Macacu, Cambuci, Campos dos Goytacazes, Carapebus, Cardoso Moreira, Carmo, Comendador Levy Gasparian, Engenheiro Paulo de Frontin, Iguaba Grande, Italva, Itaperuna, Itatiaia, Laje do Muriaé, Macaé, Macuco, Mangaratiba, Mendes, Miguel Pereira, Miracema, Nova Friburgo, Paracambi, Paraíba do Sul, Paraty, Paty do Alferes, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Bonito, Rio Claro, Rio das Flores, Rio das Ostras, Santo Antônio de Pádua, São Francisco de Itabapoana, São Fidélis, São João da Barra, São José de Ubá, São José do Vale do Rio Preto, São Pedro da Aldeia, Sapucaia, Saquarema, São Sebastião do Alto, Silva Jardim, Teresópolis, Três Rios, Valença, Varre-Sai, Vassouras e Volta Redonda.

Após essa data, a programação dos canais abertos de televisão será transmitida apenas pelo sinal digital. Para continuar assistindo aos programas, todas as residências precisam ter uma antena digital e um aparelho de televisão preparado para receber o sinal digital.

A Seja Digital é a entidade não governamental e sem fins lucrativos responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para digital da televisão aberta no Brasil. A entidade tem como parte de suas atribuições distribuir kits gratuitos para a população de menor renda atendida pelo Governo Federal. A Seja Digital utiliza campanhas de comunicação para informar o público para que entrem em contato e agendem a retirada dos equipamentos.

A Seja Digital (EAD - Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.



Adicionar Comentario

Maratona dos Cafés de Mountain-bike entre Nova Friburgo, Sumidouro e Carmo

  • PDF



Trata-se de um cicloturismo de aventura de Mountain Bike, com um número limitado de sete atletas experientes, que irá fazer o antigo trajeto da linha férrea do ramal Sumidouro ou ramal do Cantagalo como também era conhecido, que iniciava no estado de Minas Gerais, na estação de Fernando Lobo e terminava em Nova Friburgo, na já demolida estação de Conselheiro Paulino, seguindo ainda até a atual Rio Grandina.

Segundo os organizadores, o evento é sem patrocinadores, apenas com o apoio das municipalidades locais envolvidas no trajeto, através das Prefeituras de Carmo, Nova Friburgo e Sumidouro. “Não terá apoio técnico e nem de ambulância, cada atleta cuidará de seu próprio alimento, hidratação e destinará seu próprio lixo. Nesta maratona, o que vai prevalecer é o espírito de companheirismo “Um por todos e todos por um”. Sem esquecermos que o foco principal é documentar este épico cicloturismo de aventura pela antiga rota dos cafés da estrada de ferro de Leopoldina”, garante Marcos Dalbone, um dos organizadores do evento.

Várias incursões foram feitas previamente a fim de resgatar o máximo possível os 100% do trajeto original.

Nas próximas edições o Jornal da Região estará informando o passo a passo desta mega expedição de mountain bike e seus participantes



Adicionar Comentario

Câmara firma parceria com o Centro de Memória, Pesquisa e Documentação de Cantagalo

  • PDF

Após diversos encontros e reuniões, a Câmara Municipal de Cantagalo deu um importante passo para a preservação de um dos seus patrimônios mais significativos: o acervo documental da casa legislativa. O Centro de Memória, Pesquisa e Documentação de Cantagalo colocou à disposição do legislativo cantagalense os serviços de catalogação, higienização e digitalização de acervos. Os livros históricos começaram a ser retirados do arquivo do legislativo nesta quarta-feira, dia 25 de julho de 2018, para a realização dos procedimentos. Datados do ano de 1815 a 1950, os 243 livros históricos servirão para a realização de pesquisas científicas por profissionais e estudantes do curso de História do Polo CEDERJ/Cantagalo.

Coordenador Local do CMPD-Cantagalo e Tutor Presencial do Curso de História EAD da UNIRIO, Wesley da Silva Gonçalves explica que todo o trabalho com o acervo da Câmara de Cantagalo será realizado pelos bolsistas do CMPD-Cantagalo, com a supervisão dos professores coordenadores do projeto. “No ano de 2013 obtivemos junto à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ) o deferimento de um projeto de pesquisa com a linha de financiamento do edital “Apoio às Instituições Sediadas no Estado do Rio de Janeiro”. Deste modo, o CMPD pôde adquirir um conjunto de equipamentos para a realização de procedimentos de digitalização e conservação de acervos, tendo com isso formado uma equipe com profissionais habilitados para o trabalho com documentos históricos”, afirma Wesley.

O Presidente da Câmara de Cantagalo, vereador Ocimar Ladeira Pulunga fez questão de salientar que a formalização da parceria para a realização de tais procedimentos não irá gerar gastos para o poder legislativo. “Além de ser uma iniciativa importante para a conservação de livros que fazem parte da história de nosso município, tais procedimentos serão realizados sem gerar nenhum custo para a Câmara de Cantagalo. Os documentos também ajudarão nas pesquisas dos profissionais e alunos do curso de História do CEDERJ de Cantagalo”, explica o Presidente da Câmara.

O vereador Professor João Bôsco ressalta que o Centro de Memória, Pesquisa e Documentação de Cantagalo não tem perfil de unidade custodiadora. “Após o acervo documental passar pelos procedimentos técnicos, todo ele será devolvido ao legislativo cantagalense. Além disso, a Câmara de Cantagalo receberá também uma cópia digital de todo o acervo processado”, conclui o vereador, que levou a ideia da parceria ao Presidente da Câmara de Cantagalo no início desse ano.



Adicionar Comentario

Pgina 7 de 382





Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado