Esporte

Xô Preguiça confirmado para dia 1º de maio em Cordeiro

  • PDF

A caminhada mais tradicional de Cordeiro está de volta. No dia 1º de maio, às 8h partindo do Coreto, no centro da cidade, guiados pela equipe Ducorpo, diversas pessoas, de todas as idades, farão o famoso trajeto:

O evento inicia com os professores de educação física da Academia Ducorpo realizando exercícios de alongamento e aquecimento na Avenida Raul Veiga. A caminhada segue em direção ao bairro Senna Campos, entra na ponte que liga ao bairro Dois Valos, retorna em direção ao Centro, segue pela rua do adro da igreja católica, passa pelos bairros Imigração e Santo Antônio e termina no Parque de Exposições, onde será realizada um Mega Aulão comandado pela Equipe Ducorpo.

“A expectativa para mais esse evento é bem grande. Esperamos que seja mais um sucesso”, afirmou Eduardo Guimarães, professor e sócio da empresa.

O evento conta com o apoio da Secretaria de Esporte e Lazer de Cordeiro, através do seu secretário, Jairo Amaral: “Nosso trabalho é incentivar a prática de atividades físicas, e realizar cada vez mais eventos. É apenas o começo.”.

A também sócia da empresa Edilea Castro comentou sobre o Xô Preguiça e explicou o objetivo dele “o intuito desse evento é propagar o bem que uma atividade física faz para a saúde de uma pessoa.”

A Academia Ducorpo funciona na Avenida Presidente Vargas, número 498, bairro Santo Antônio, em Cordeiro. E oferece dentre suas modalidades: Musculação, Power Fit, Cross Training, Power Jump, Treinamento Funcional, Lambaeróbica, Bike Indoor, Jiu Jitsu e Muay Thai.






Adicionar Comentario

Fluminense ganha três títulos no torneio de crianças

  • PDF

O maior vencedor da 4ª edição do Go Cup na série ouro foi o Fluminense. O Tricolor Carioca conquistou três títulos (Sub 8, Sub 9 e Sub 12), na manhã deste sábado, 15. Ao todo foram oito dias de torneio, 80 clubes, 214 equipes, 17 estados do Brasil, 13 países e 719 confrontos. O maior torneio de futebol infantil da América Latina reuniu cerca de 50 mil pessoas, entre crianças, familiares e visitantes, passaram pelo Complexo Fut Arte, em Aparecida de Goiânia, e pelo Estádio da Serrinha, em Goiânia, para prestigiar as quase três mil crianças inscritas no torneio. Sem dúvida, foram dias de celebração de amizade, um ambiente familiar para onde quer se se olhasse e uma experiência única para crianças com culturas tão diferentes.

 

Com o campo oficial do Goiás dividido ao meio, os jogos das séries ouro e prata aconteciam ao mesmo tempo. O primeiro confronto da série mais cobiçada do torneio foi um digno clássico carioca – e ainda haveriam mais dois ao longo do dia. O Fluminense abriu o placar, mas logo em seguida, o Vasco não só empatou como ficou à frente no placar. Depois, a molecada de Xerém se encontrou em campo, conquistando o bicampeonato com o placar de 5 a 3.

 

“Estou muito feliz com essa vitória porque o time deles é tão forte como o nosso. Nós alternamos quem ganha e quem perde, mas é sempre bom ganhar, né?!”, avalia Arthur Wenderrosky, camisa 11 do Flu, artilheiro da categoria Sub 12 com 19 gols. O tricolor também ganhou outro troféu. Gabriel Lacerda recebeu o troféu de defesa menos vazada da categoria Sub 12.

 

Outro tricolor que gritou ‘É CAMPEÃO’ foi o gaúcho. Os meninos do Grêmio da categoria Sub 11 eliminaram o Benfica, única equipe estrangeira que chegou às finais do Go Cup neste ano. Apesar do vice-campeonato pela segunda vez, o treinador português David Sousa não se lamenta de nada. “O torneio tem se tornado cada vez mais competitivo e isso é muito bom para nós. Em Portugal não temos jogos tão fortes assim, por isso jogar com os times de camisa do Brasil e ter chegado até a final já foi uma grande conquista”, pondera.

 

Sobre a organização do torneio, David, que participa desde a primeira edição, é categórico, “a estrutura do Go Cup faz pequenas mudanças ano a ano que só melhoram o torneio e tornam ele tão atraente”. Um dos idealizadores do evento é Roberto Faria, que viu nos torneios em que seu filho participava a oportunidade de criar principalmente um sem as falhas que o incomodava. “Ficamos muito felizes com o resultado desta edição. Foi ainda maior do que nos anos anteriores e superamos todos as nossas metas, que é fazer a criança feliz nesses dias. Prova disso foi receber uma cartinha escrita à mão agradecendo pela chance que nós teríamos dado a esta criança de viver tantas alegrias, de estar com a família e de conhecer tantas pessoas. Isso não tem preço”, revela emocionado.


Disputado no formato de Futebol 7, do Sub 7 ao Sub 12, o Go Cup divide suas categorias em três campeonatos, tendo uma 1ª fase classificatória onde se determina o índice técnico dos participantes. Com isso, as equipes são separadas em três séries – ouro, prata e bronze. As finais terão, portanto, três campeões em cada categoria, com um total de 18 campeões e vices.

 

As categorias vão do Sub 7 (para crianças nascidas em 2011 e 2010) ao Sub 12 (nascidos em 2006 e 2005), passando pelo Sub 8 (nascidos em 2010 e 2009), Sub 9 (nascidos em 2009 e 2008), Sub 10 (nascidos em 2008 e 2007) e Sub 11 (nascidos em 2007 e 2006).

 

Aberto a todos os clubes, escolas e times infantis do país e do exterior, o Go Cup é um torneio totalmente pensado e voltado para crianças, desde o tamanho do campo e das traves, até a programação dos jogos, sempre diurnos. O objetivo principal não é formar atletas, mas sim educar as crianças. Por isso não há cartão vermelho, mas sim o azul, em que o atleta fica fora por um curto período para refletir sobre sua jogada perigosa, e todos se cumprimentam no início e no fim das partidas. As equipes são mistas, com meninas e meninos jogando juntos.

 

Confira os resultados completos das finais:

 

SÉRIE OURO

Sub 7: Vasco 3 x 1 Goiás

Sub 8: Fluminense 4 x 1 Vasco

Sub 9: Fluminense 4 x 0 Vasco

Sub 10: Vasco 5 x 4 Cruzeiro (1x1 no tempo normal)

Sub 11: Grêmio 5 x 2 Benfica

Sub 12: Fluminense 5 x 3 Vasco

 

SÉRIE PRATA

Sub 7: Juventus 4 x 0 Chute Inicial

Sub 8: Chute Inicial 4 x 3 Iate Clube Brasília

Sub 9: Wilson Goiano x Independente de Rio Verde (3x3 no tempo normal)

Sub 10: Chute Inicial 4 x 2 Aparecida MBS

Sub 11: Juventus 2 x 1 Planeta Bola

Sub 12: R9 Academy Vitória 4 x 2 Chute Inicial

 

SÉRIE BRONZE

Sub 7: Cabo Verde 4 a 3 Fla de Palmas

Sub 8: ONG Mais Ação Goiânia 1 a 0 Cabo Verde

Sub 9: Campinas 2 a 1 ONG Mais Ação Aparecida

Sub 10: Cabo Verde 6 a 5 Sporting EF

Sub 11: Chute Inicial 6 x1 Fla de Goiânia

Sub 12: Eurobarcelona 2 x 1 Sporting EF







Adicionar Comentario

Jovem de Bom Jardim vai para o Spor Clube Recife

  • PDF
Mais um jovem da região tenta a carreira de atleta no futebol profissional. Embarcou em 20 de março para o Sport Clube Recife o jovem Diogo Corrêa dos Santos, de Bom Jardim. O atleta, de 16 anos, começou  sua carreira como jogador no Bom Jardim Esporte Clube, onde esteve por sete anos.

Um vídeo, no qual Diogo demonstra sua habilidade futebolística, chegou até os dirigentes do clube pernambucano e o interesse pelo esportista foi imediato. 

Descrito com um jogador disciplinado, Diogo ficará no clube para uma fase de adaptação e contará com o auxílio de uma psicóloga. Enquanto esteve em Bom Jardim, ele disputou os campeonatos Estadual, do Calcário, Regional e Copa Band.


Adicionar Comentario

Cantagalo conquista Torneio Sub-17

  • PDF
Com jogos realizados no sábado e no domingo, 18 e 19 de março, no Estádio José Jorge, Campo do Cordeiro Futebol Clube, no Centro de Cordeiro, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) mais uma vez prestigiou o esporte no interior com a realização do Torneio Sub-17 da Região Centro-Norte Fluminense.

Com a participação de quatro equipes, representando as ligas desportivas de Cordeiro, Cantagalo, Trajano de Moraes e São Sebastião do Alto, a competição movimentou os desportistas, em particular os jovens que sonham com uma oportunidade no mundo do futebol, e o público também compareceu em bom número.

A fase classificatória ocorreu no sábado, 18. Na primeira partida, a equipe anfitriã foi surpreendida e perdeu a chance de disputar a grande final jogando em casa. Com um futebol mais objetivo, a Liga de São Sebastião do Alto derrotou a Liga de Cordeiro pelo placar de 3 a 1. No outro jogo, a Liga de Cantagalo não tomou conhecimento da Liga de Trajano de Moraes, goleando por 8 a 0.

Com os resultados, a final do domingo, 19, foi disputada entre Liga de Cantagalo e Liga de São Sebastião do Alto. E os cantagalenses comprovaram ser realmente a sensação do torneio, ao atuarem melhor e mais bem organizados que seus oponentes dentro de campo, vencendo por 4 a 2 numa excelente partida de futebol, conquistando o sonhado título sob a chancela da Ferj.

Uma das coisas mais elogiadas pelos atletas participantes, dirigentes e espectadores foi a organização, assinada em parceria pela Ferj e Liga Cordeirense, com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer, Prefeitura de Cordeiro e Cordeiro Futebol Clube.

Coordenador da Ferj para a Região Centro-Norte Fluminense, o também vereador do município de Macuco, Diogo Latini, declarou que o evento esportivo superou as expectativas, consolidando a força do futebol regional.



Adicionar Comentario

Prefeito quer transformar Nova Friburgo na cidade dos esportes

  • PDF

O secretário nacional de Esportes, Luiz Lima, se reuniu com o prefeito de Nova Friburgo, Renato Bravo, o vice, Marcelo Braune, o secretário municipal de Esportes, Waldemir Caetano e a subsecretária, Samantha Alves.

Para a oportunidade, ainda, foram convidados representantes de diversas modalidades esportivas na cidade, além de representantes de associações de bairros, o presidente do Friburguense Atlético Clube, José Siqueira, e o comandante da Polícia Militar, Carlos Hespanha.

O convite partiu de Jair Silva, pai da atleta friburguense de natação, Jheniffer Alves. O secretário Nacional de Esportes também é ex-atleta, professor de educação física e tem relações familiares com a cidade de Nova Friburgo.

Tudo isso fez do encontro um excelente momento para que a conversa fluísse e as propostas fossem alinhadas. O objetivo foi o de alavancar os investimentos na área esportiva como a viabilização de construção de novos espaços e o incentivo à prática com projetos que reforcem o potencial existente, já que, Nova Friburgo é considerado celeiro de atletas.

O prefeito Renato Bravo enfatizou o esforço que deverá ser feito para que Nova Friburgo se transforme na cidade dos esportes, já que, além dos talentos locais, apresenta temperatura favorável para a prática das mais variadas modalidades, mas, sobretudo, Bravo apontou o incentivo como elemento fundamental na promoção da cidadania.

“Nova Friburgo precisa ser retomada através do esporte. Já temos uma iniciativa privada que quer desenvolver ações conosco e vamos fazer desta área a âncora de todo o processo de desenvolvimento do município”, declarou o prefeito.

O secretário municipal de Esportes, Waldemir Caetano, propôs que a relação fosse estreitada a fim de que a parceria seja solidificada. “Nova Friburgo tem uma gama de esportistas e projetos muito bons. Apenas precisamos compilar essas ideias e formatar os projetos para que possamos apresentá-los”.

Luiz Lima ficou bastante impressionado com o que ouviu e se colocou à inteira disposição para enfrentar o desafio junto com Nova Friburgo. “Entendo que a cidade precisa de um projeto visível e, ao mesmo tempo, que privilegie as características da região e tenha qualidade. É importante que seja proposto algo que possa ser sustentado, que tenha manutenção e, fundamental, que represente um ganho para Nova Friburgo com benefícios à população”.

Ao fim do encontro, Renato Bravo fez um convite ao secretário Luiz Lima. “Em 2018 Nova Friburgo completará 200 anos. Gostaríamos de aproveitar o potencial local com um grande calendário esportivo e aproveito a ocasião para sugerir uma reunião de trabalho. Além disso, gostaria de convidá-lo, bem como o Ministro dos Esportes, para participarem conosco deste grande evento que será a comemoração da data no nosso município”


Adicionar Comentario

Torneio de Futebol Sub-17 do Centro-Norte Fluminense

  • PDF

            As emoções do futebol não param em Cordeiro. Dessa vez a bola vai rolar para o Torneio de Futebol Sub-17 da Região Centro Norte Fluminense, competição organizada pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ), que reunirá atletas regionais com até 17 anos de idade durante dois dias.


            Nesta quinta-feira, 9, o prefeito de Cordeiro, Luciano Batatinha, recebeu em seu gabinete o coordenador da FERJ na Região Centro Norte, Diogo Latini – também vereador em Macuco e ex-secretário de Esporte e Lazer naquele município –, que acompanhado do presidente da Liga Cordeirense de Desportos, Marcos Vinícius Torres, expôs o projeto do torneio, que acontecerá sem nenhum ônus para a Prefeitura local.


            Conforme o regulamento, os jogos serão realizados entre as ligas Cordeirense, Trajanense, de Cantagalo e São Sebastião do Alto, no Estádio José Jorge, campo do Cordeiro Futebol Clube, nos dias 18 e 19 de março, na parte da manhã. Caberá à Administração Municipal cordeirense apenas garantir a disponibilização de uma ambulância para atendimento aos atletas, caso haja alguma ocorrência, e mobilizar integrantes da Guarda Municipal para a manutenção da ordem no recinto.


            A tabela marca para o sábado, dia 18 de março, às 9 horas, o confronto entre Cordeiro e São Sebastião do Alto. Às 11 horas acontecerá a partida entre Trajano de Moraes e Cantagalo. Os vencedores desses jogos disputarão a final no dia seguinte, domingo, 19, às 10 horas da manhã. “Mobilizar essa garotada e colocá-la no caminho da prática esportiva é o principal intuito da FERJ. Agradeço ao prefeito Luciano pela sensibilidade, ao secretário de Esporte, Jairo Amaral, ao Marquinho, presidente da Liga Cordeirense, e demais dirigentes que participarão de mais esse grande evento esportivo.


            Convidado a entregar o troféu ao campeão no dia da final, o prefeito, que também é um entusiasta dos esportes, disse que será uma honra poder incentivar os jovens atletas. “Nosso município tem grande tradição no futebol e, apesar de desejar boa sorte aos demais participantes, confiamos no potencial de nossos jogadores e vamos torcer para que obtenham sucesso”, disse Batatinha.





Adicionar Comentario

Secretaria de Esporte quer resgatar voleibol cordeirense

  • PDF

                            Município busca parcerias com Federação do Rio de Janeiro

          Considerado um excelente secretário de Esporte e Lazer do interior fluminense durante seu período de atuação, Alcimar Sarruf também marcou época por ter implantado em Cordeiro um projeto que fortaleceu e popularizou o voleibol, garantindo a descoberta de novos talentos e fazendo da cidade uma referência na modalidade, culminando com uma série de conquistas em praticamente todas as categorias.

Amigo do saudoso professor, com quem diz ter mantido ótima relação, além de ter aprendido bastante, o atual secretário cordeirense de Esporte e Lazer, Jairo Amaral, tenta seguir a trilha deixada por Sarruf e afirma que seu objetivo é resgatar a tradição do voleibol e refazer a trajetória de sucesso das equipes locais. Para isso, ele tem mantido contato com diversas autoridades desse esporte, considerado o segundo mais popular em terras brasileiras, perdendo apenas para o futebol.

Na semana passada, Amaral se reuniu com Geovaneo Gomes, professor de Educação Física formado pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, com passagens pelo Colégio Cenecista Santa Mônica, que atuou como treinador de equipes de base de Campos dos Goytacazes, supervisionado à época pelo vitorioso treinador Luizomar de Moura, famoso por comandar o forte time feminino do Osasco e que recentemente assumiu a Seleção Peruana Feminina de Vôlei. Geovaneo tem no currículo conquistas como o vice-campeonato estadual nas Olimpíadas Cenecistas e o Campeonato dos Jogos do Interior de Minas (JIM) como técnico da cidade de Mariana.

Durante o encontro, Jairo demonstrou-se otimista quanto à participação do jovem professor na retomada das aulas gratuitas de voleibol para as categorias de base, o que pode ocorrer em breve na Quadra de Esportes Julio Silveira do Amaral, no Retiro Poético. Conforme o planejamento, em fase de estudos, seriam oferecidas aulas para crianças e jovens com idade entre oito e 18 anos, além de treinamentos para times adultos. “Vamos lutar para remontar nossas equipes e reviver os tempos áureos de nosso voleibol. Nossa meta é atender às categorias infantil, pré-mirim, mirim, infanto, juvenil e adulto. Estou otimista quanto ao sucesso desse projeto”, garantiu Jairo Amaral.

Ainda visando à revitalização do vôlei, Jairo esteve na última sexta-feira, 3, na capital fluminense, onde manteve contato com Carlos Reinaldo Pereira Souto, atual presidente da FVR – Federação de Vôlei do Rio de Janeiro. Ao deixar a sede da entidade, o secretário cordeirense também saiu otimista, já que conseguiu do dirigente carioca a promessa de viabilização de diversos intercâmbios e possíveis parcerias para incrementar o esporte no município. “Ele se colocou à disposição para nos auxiliar, inclusive com a possibilidade de agendarmos palestras com ex-atletas de renome do voleibol para incentivar nossa garotada na prática dessa modalidade”, confirma Amaral.


Adicionar Comentario

Mais de 400 participantes no Torneio de Pássaros em Cordeiro

  • PDF

Por iniciativa da Sociedade Cordeirense dos Amantes de Pássaros, foi realizado no Ginásio de Esportes Eugênio Tavares, no bairro Rodolfo Gonçalves, espaço cedido pela Secretaria de Esporte e Lazer de Cordeiro, o mega torneio de inauguração da temporada, reunindo participantes dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo.


Aproximadamente 400 participantes e outras dezenas de espectadores lotaram as arquibancadas do recinto e transformaram a quadra num imenso cenário para apreciação e disputa dos mais belos cantos de pássaros, entre as espécies coleiro (sporophila caerulescens) e trinca-ferro (saltator similis ochraceiventris), dois dos mais admirados pelos cantos disseminados em todas as regiões do país. 

Regularizado e fiscalizado pelos órgãos ambientais competentes, o torneio tem ainda como regra constante do regulamento geral a obrigatoriedade de que os pássaros participantes sejam legalizados e identificados, o que significa dizer que tudo ocorre dentro das normas vigentes no território brasileiro, como confirma um dos organizadores desse primeiro evento.

– Aqui estão pessoas que amam esses pássaros e os tratam com todos os cuidados que eles merecem – explica Rodrigo Moreira, presidente da Sociedade Cordeirense dos Amantes de Pássaros.

Para se ter uma ideia da popularidade da competição, além de Cordeiro, município anfitrião, marcaram presença ‘passarinheiros’ do Rio de Janeiro, Teresópolis, Niterói, Barra Mansa, Santo Antônio de Pádua, Nova Iguaçu, Nova Friburgo, São Fidélis, Macaé, São Gonçalo, Itaocara, Cambuci, São Sebastião do Alto, Santa Maria Madalena, Cantagalo, Maricá, Itaguaí, Conceição de Macabu, Vila Velha (ES), Bauru (SP), Ubá (MG), Baixo Guandu (ES) e São José Calçado (ES).

Outro ponto positivo se destacou no evento: a arrecadação, por iniciativa da organização, de alimentos não perecíveis, cujo intuito é doar ao Hospital Antônio Castro. 

Além disso,os três primeiros colocados de cada categoria foram contemplados com dois televisores de 40 polegadas, sendo que os vencedores foram os pássaros de nome 175, de propriedade do senhor Rildo, do Rio de Janeiro, na categoria Coleiro, com 237 cantos; e Profeta, de Carlinhos Filé, do município de Niterói, na categoria Trinca-Ferro, com 248 cantos.





Adicionar Comentario

Pgina 1 de 100

Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado