Friburguense perde o título da Copa Rio na justiça

  • PDF

Por unanimidade, Frizão é penalizado no julgamento em primeira instância pelo Tribunal, mas ainda pode recorrer da decisão. Lusa fica com o caneco do torneio.

 Por uma decisão unânime - 5 votos a 0 -, o Tribunal de Justiça Desportiva do Rio (TJD-RJ) puniu, em primeira instância, o Friburguense com a perda de seis pontos, além de uma multa de R$ 400, por conta da escalação irregular do zagueiro Diego Guerra na Copa Rio. Com isso, o Tricolor da Serra fica sem o título do torneio estadual, que passa a ser da Portuguesa. A Lusa, inclusive, fica com o direito de jogar a Série D do Brasileiro de 2017, e o Friburguense terá a vaga na Copa do Brasil como prêmio de consolação.

Apesar disso, o Tricolor da Serra ainda poderá recorrer ao Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva e tentará reverter a perda dos seis pontos e da multa, que lhe custaram o caneco da competição. Após a sentença, o supervisor de futebol do clube, José Siqueira, indicou que deve acionar às últimas instâncias.

 

O julgamento com a decisão desfavorável ao Friburguense foi realizado na tarde desta quinta-feira, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio.  A alegação do júri foi que, de fato, a inscrição de Diego Guerra não respeitou o prazo de inscrição para a Copa Rio - que terminou no dia 29 de agosto. O atleta retornava de empréstimo após rescindir com o Macaé, mas só teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF no dia 8 de setembro e regularizado pela Federação do Rio (Ferj) somente no dia 12.



 




Adicione essa página em sua rede social
Artigos Relacionados:

blog comments powered by Disqus

Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado