Geral

Macuco visita fazendas históricas e quer investir no turismo rural

  • PDF

A Prefeitura de Macuco está dando início ao projeto de turismo rural. O atual prefeito Bruno Boaretto é um entusiasta do projeto e já garantiu total empenho na sua implantação no município e região. Prova disso é que ele fez questão de acompanhar os técnicos do Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequena Empresa (Sebrae) em algumas fazendas da região, para analisar seu potencial.

As fazendas visitadas foram Val de Palmas, Benfica, Ribeirão Dourado e Bonsucesso. 

Algumas pessoas que participaram das visitas voltaram encantadas como que viram, foi o caso de Michele Rocha da Cunha, que colocou sua manifestação nas redes sociais: “Que dia, heim!!! De muito aprendizado e conhecimento, agradeço Maria Tereza Carvalho, Luciana Backer Boaretto, o prefeito Bruno Boaretto e os proprietários das fazendas Val de Palmas, Benfica, Ribeirão Dourado e Bonsucesso por abrir as portas para conhecermos essa rica história do nosso município. Espero que a parceria com o Sebrae, a Prefeitura Municipal de Macuco e os proprietários rendam bons frutos, pois a população vai adorar ir visitar essas belezas que não imaginamos ter em nosso município. O dia de hoje se resume em uma palavra: encantada”, afirmou Michele Rocha da Cunha.

Já Verônica Golinelli Menezes parabenizou pelo projeto. “Parabéns pelo lindo projeto, valorizar a Cultura regional é de grande valor... nossas crianças agradecem e os mais velhos recordam as boas lembranças”, afirmou.

Além do prefeito Bruno Boaretto, a primeira dama, Andréia Boaretto e do secretário de Turismo do município de Macuco, Maurício Góes, a comitiva estava também composta pela coordenadora do Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequena (Sebrae) de Nova Friburgo, Fernanda Gripp e da técnica, Márcia Bittencourt, e foram recebidos pelos proprietários das fazendas.



Adicionar Comentario

Cantagalo participa de encontro da Rede Estadual de Atendimento ao Empreendedor em Pernambuco

  • PDF

A Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação de Pernambuco (Sempetq) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de Pernambuco (Sebrae) em parceria com municípios pernambucanos realizam nos dias 9 e 10 de agosto na cidade de Carpina o Encontro da Rede Estadual de Atendimento ao Empreendedor, para composição de um novo modelo de gestão estratégica de espaços voltados aos empreendedores. O evento marcou o lançamento da Rede Estadual de Atendimento ao Empreendedor e deve atrair 140 participantes de 57 municípios de todas as regiões do Estado. 

Houve capacitação dos atendentes e profissionais responsáveis pelas Salas do Empreendedor nos municípios bem como os espaços destinados ao atendimento nas instituições de ensino, nas unidades de Expresso Empreendedor e nas salas do Sebrae. A programação incluiu palestras e paineis de discussão de melhores práticas visando à integração da rede e melhoria na padronização e qualidade de atendimento aos empreendedores pernambucanos. Além das palestras técnicas sobre sistema e atendimento, houve discussão de cases de outros estados brasileiros onde o modelo de integração na gestão já é realidade. 

O atual secretário de Fazenda de Cantagalo, o advogado Jorge Braz Cardoso Ferreira participou do evento a convite do Sebrae, para apresentar sua experiência como coordenador da Rede de Agentes de Desenvolvimento da Região Serrana. 

“Missão cumprida. Apresentação da Rede de Agentes de Desenvolvimento da Região Serrana do Rio de Janeiro aos Agentes de Desenvolvimento de Pernambuco, durante o Encontro da Rede Estadual de Atendimento ao Empreendedor. Agradeço o convite do Sebrae Pernambuco. Agradeço a Priscila Lapa, por todo o apoio. Agradeço também a parceria do Sebrae Rio de Janeiro, especialmente a companhia de painel Clarissa Perna”, afirmou Jorge Braz, nas redes sociais.



Adicionar Comentario

Carmo inaugura Casa do Empreendedor

  • PDF

Com apoio do Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequena Empresa (Sebrae), a Prefeitura de Carmo inaugurou a Casa do Empreendedor, no último dia 08 de agosto.

O prefeito Cesar Ladeira nas redes sociais, definiu a importância da solenidade. “Nosso município sendo piloto com a pré-inauguração da 1ª casa do empreendedor da rede serrana. Hoje tivemos a reunião bimestral dos agentes de desenvolvimento (ADs) da rede serrana em nosso município, onde pudemos fazer a pré-inauguração da nossa casa do empreendedor”, afirmou César Ladeira

O prefeito de Carmo também convidou para a inauguração oficial para toda população no dia 11 de outubro deste ano

O diferente nesta ação, é que os outros municípios da região, tem Sala do Empreendedor, e na cidade de Carmo é Casa do Empreendedor, com um espaço maior para atender os empresários do município.

A reunião no Carmo contou com presença de representantes dos Agentes de Desenvolvimento da região.



Adicionar Comentario

Cantagalo, Nova Friburgo, Santa Maria Madalena e Trajano de Moraes ganharão roteiros de Turismo Rural

  • PDF



Os municípios de Nova Friburgo, Santa Maria Madalena, Trajano de Moraes e Cantagalo ganharão roteiros de Turismo Rural, intitulados “Eu quero essa experiência”.

A proposta de criação dos roteiros, elaborados pelo Sebrae/RJ, tem por objetivo fazer com que os turistas tenham um contato maior com a natureza, agricultura e tradições desses destinos, que têm perfil histórico e cultural, mas não atuavam com o Turismo.
Além das cidades da Região Serrana citados, também ganharão roteiro de Turismo Rural os municípios de Guapimirim, Angra dos Reis, Barra do Piraí e Paraty.

Para a elaboração dos roteiros, o Sebrae/RJ realizou uma pesquisa nos municípios participantes que demonstrou que é predominante a participação familiar na atividade rural em praticamente todos os roteiros (90%). 
Entre os entrevistados, 70% afirmou que o Turismo Rural era uma atividade secundária dentro do empreendimento. A maioria é produtor rural e não tinha conhecimento do potencial turístico de seu empreendimento.

Para aumentar a rentabilidade do negócio, os proprietários dos empreendimentos rurais decidiram investir na vocação turística de sua região e os roteiros vão oferecer emoção, surpresa e interatividade através de suas atividades. 

Os roteiros funcionam com agendamento, geralmente, aos finais de semana, mas é possível seu funcionamento durante a semana:
- Nova Friburgo (Distrito de Amparo – Sítio Bonfim): Orgânicos;
- Trajano de Moraes (Fazenda do Canteiro): Lazer;
- Cantagalo (Distrito de Boa Sorte – Fazenda São Clemente): História;
- Santa Maria Madalena (Venda Nova da Zezé – Restaurante): Artesanato;
- Barra do Piraí (Distrito de Ipiabas – Fazenda São João da Prosperidade): Gastronomia;
- Angra dos Reis (Sertão de Mambucaba - Sitio São João): Comida da Roça / Cultura;
- Paraty (Alambique Maria Izabel): Aventura;
- Guapimirim (Alambique Serra Verde): Bebida Artesanal e preservação ambiental. 

O projeto de Turismo Rural do Sebrae/RJ começou há dois anos com foco nos pequenos negócios. 

O objetivo era diversificar a oferta turística a partir da valorização de produtos formatados de forma adequada as características locais e assim melhorar a promoção e a comercialização turística das empresas e destinos participantes.

Os produtores rurais participaram de capacitações sobre finanças e atendimento ao cliente e os roteiros foram validados por consultoria de inovação.



Adicionar Comentario

Alunos de cursos de inglês fazem intercâmbio na Inglaterra

  • PDF



O Instituto de Língua Inglesa (ILI), em uma parceria com a empresa International Schools, realizou mais um intercâmbio educacional, levando alunos para fazerem curso de inglês na Inglaterra em escola conveniada à Universidade de Cambridge.
A diretora do ILI, Andréa Silva Correia, em entrevista exclusiva ao Jornal da Região, conta a experiência deste ano com os alunos durante a estadia na Inglaterra.


Jornal da Região (JR) - Há quanto tempo existe sua empresa?   
Andrea Silva Correia (ASC) - O Instituto de Língua Inglesa possui unidades em Cantagalo, Cordeiro e Bom Jardim há 31 anos. Há dez anos, através de uma parceria com a empresa especializada em intercâmbio educacional, International Schools, o ILI, envia alunos para fazerem curso de inglês na Inglaterra em escola conveniada à Universidade de Cambridge. Estes alunos precisam possuir inglês de nível intermediário ou superior porque lá estudarão com alunos do mundo todo e é necessário que se comuniquem bem no idioma.


JR - Como é este intercâmbio com a Inglaterra?    
ASC – Neste programa de intercâmbio, os alunos fazem uma prova de nivelamento ao chegarem na escola na Inglaterra e são inseridos em turmas com alunos de diversos países que possuem o mesmo nível de inglês.
O destaque deste ano foram três alunos, João Felipe Mululo, Elivelton Jr Giron e Brenda Vieitas Pecly que estudam em nossa escola desde crianças que conseguiram alcançar o nível mais alto na escola em Cambridge. Estes alunos saíram de lá com um certificado de NÍVEL AVANÇADO que é imbatível no mercado.
Outro destaque é o fato de que a aluna BRENDA VIEITAS PECLY está apenas com 13 anos e já atingiu o nível mais alto de inglês comprovado por certificado emitido pela escola em Cambridge. Estas conquistas são motivo de muito orgulho para nossa escola!!


JR - Quanto tempos ficaram na Inglaterra e em quais cidades? 
ASC– Nossos alunos ficaram duas semanas em curso na Inglaterra, na cidade de Cambridge. Durantes estes dias, tiveram a oportunidade de visitar Londres e seus pontos turísticos, Oxford, outro berço da educação na Europa e Brighton, uma cidade costeira muito aprazível. Assistiram peças de teatro em Londres e também visitaram o Estúdio onde foi gravada a série Harry Potter.
Depois destas duas semanas de estudo, fomos até Paris, conhecer a cidade luz e seus pontos turísticos. Finalmente, passamos um dia dos sonhos na Disneyland em Paris fechando com chave de ouro esta viagem que teve como foco o desenvolvimento da língua inglesa e sua utilização em situações reais durante toda a viagem.


JR - Qual é o critério para selecionar os participantes para participar deste intercâmbio? 
ASC – Ao longo de nossa história, temos estimulado as famílias a investirem neste tipo de intercâmbio aonde os alunos aprimoram o idioma, recebem certificado internacional de proficiência e ainda têm a oportunidade de conhecer lugares que fazem parte do sonho de qualquer pessoa.
Cambridge é uma cidade espetacular para estudantes! Tudo ali foi desenvolvido para que se sintam seguros e possam desenvolver suas habilidades do idioma de maneira natural. Daí o fato de escolhermos esta cidade para nossos alunos.
A International Schools, nossa parceira, possui uma estrutura espetacular na Inglaterra! Este também foi um fato decisivo para desenvolvermos este projeto que irá se repetir todos os anos no mês de Julho. Estendemos o convite a todos os nossos alunos e também àqueles que não estudam conosco e que possuem inglês de nível intermediário ou superior.

Partiu Inglaterra 2019!



Adicionar Comentario

Professora cria o Minidicionário da Língua de Sinais em Bom Jardim

  • PDF

Como promover a integração entre quem tem um problema auditivo e a comunidade escolar? O primeiro passo para que esta harmonização aconteça já foi firmado. A educadora Andrea Duarte da Cunha acreditou no seu trabalho ao criar o Minidicionário de Língua Brasileira de Sinais. O conteúdo da obra poderá ser manuseado não somente por quem foi diagnosticado com surdez, mas também por docentes e familiares dos alunos. 

Com quatro graduações em educação especial, Andrea comentou que a Libra é uma língua como outra qualquer, que segue normas, como por exemplo, a gramática. 

A rede municipal de ensino tem sete alunos com a audição comprometida. E para que eles se sintam incluídos no sistema educacional, a comunicação com eles deve ser feita de forma dinâmica, sendo que isto acontece através de aulas especializadas que acontecem na escola Armando Jorge. 

Para Andrea, a atividade que ela realiza precisa de “dedicação constante”. Junto a ela, nesta empreitada, está Amanda Lamego, que vê nesta tarefa um processo de inclusão que não se limita à escola. 

“O trabalho com os estudantes surdos é mais do que um trabalho educacional. Acredito que através da inclusão escolar e social teremos uma sociedade mais igualitária, mais justa e humana”, revelou. 

Alguns detalhes de como o Minidicionário foi elaborado acabou sendo enviado para o I Fórum Internacional de Glossários e Dicionários em Línguas de Sinais, promovido pela Universidade Federal Fluminense (UFF), de Niterói.



Adicionar Comentario

Pilha de escória armazenada às margens do Rio Paraíba do Sul é tema de reunião em São Sebastião do Paraíba

  • PDF

Preocupados com a situação da pilha de escória armazenada às margens do Rio Paraíba do Sul, vereadores de Cantagalo participaram da reunião organizada pela Associação de Pescadores de São Sebastião do Paraíba, no 4º distrito de Cantagalo. 

Representando o poder legislativo cantagalense, participou da reunião o presidente da Câmara de Cantagalo, vereador Ocimar Ladeira (Pulunga), acompanhado dos vereadores Ciro Fernandes, Emanuela Teixeira, Hugo Guimarães, José Augusto (Zé da Uta), João Bôsco e Paulo Henrique Ferreira.

A vereadora Emanuela Teixeira (Manuela do Paraíba) abriu a reunião destacando a importância da participação e comprometimento de todos para a resolução do problema. “Queremos passar as informações que nós temos a respeito dessa pilha de escória, assim como receber novas informações dos diversos representantes de associações, organizações ambientais e órgãos públicos aqui presentes visando traçar objetivos para resolver esse problema. O Rio Paraíba do Sul é a nossa maior riqueza e precisamos fazer de tudo para preservá-lo”.

A Câmara Municipal de Cantagalo enviou ofício ao Instituto Estadual de Ambiente (INEA) questionando sobre a situação da escória e recebeu resposta do órgão recentemente. Responsável pelo envio do ofício que foi assinado por todos os demais vereadores, o vereador Hugo Guimarães resumiu aos presentes as respostas dadas pelo INEA.

“O INEA afirma que não há risco iminente, mas manda emitir oito notificações às empresas que depositam escória no local. Dentre as notificações, existe um requerimento para a realização de um estudo ambiental, ou seja, as empresas estão praticando essa atividade sem ter sequer um estudo ambiental”, explica Hugo Guimarães.

Depois da explanação de diversos representantes de associações e de órgãos públicos, foram definidos objetivos que todos os órgãos presentes irão tomar em conjunto visando pressionar o INEA e demais órgãos ligados à questão ambiental para que providências sejam tomadas em relação ao armazenamento de escória às margens do Rio Paraíba do Sul.

Estiveram presentes o secretário Municipal de Meio de Ambiente de Cantagalo, Edualdo Barros Ortega, acompanhado da técnica Ambiental, Ana Cristina; o assessor de Defesa Civil e Trânsito de Cantagalo, Ademir Ortega; o vice-presidente da Asssociação de Pescadores de São Sebastião do Paraíba, Rivani; o vice-presidente do Projeto Piabanha e secretário Municipal de Meio Ambiente de Itaocara, Thiago Berriel; os representantes da FIPERJ – Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro, Maria Eugênia e César Roberto; o representante da Emater de Cantagalo, Nelson Henrique; membros da ASPIRA – Associação de Proteção Ambiental de Pirapetinga; o presidente da Colônia de Pescadores Z-21 de São Fidélis, Sirley; o vereador do município de São Fidélis, Igor Porto; o ex-procurador da Prefeitura de Duque de Caxias e de Magé, advogado e professor de Direito Ambiental, Fabrício Gaspar; o presidente da Associação de Moradores, Pescadores e Produtores Rurais de Porto Marinho, Maurício Passarelli; o representante da da Associação de Pescadores de Itapirussu, Dênis Fonseca; além de moradores e pescadores de São Sebastião do Paraíba e localidades próximas.



Adicionar Comentario

Macuco e Carmo participam do Congresso de Secretarias em Belém

  • PDF



Pela primeira vez o município de Macuco participa da seleção de trabalhos para a Mostra Brasil, Aqui  Tem SUS e fica entre as 16  melhores experiências do Estado do Rio de Janeiro, sendo escolhido para fazer a apresentação da experiência  na 15° Mostra Brasil, Aqui tem SUS, no XXXIV Congresso do Conasems, em Belém do Pará! Macuco tendo repercussão nacional! 

O trabalho é sobre o Programa de Tabagismo desenvolvido no Município e teve como autora e apresentadora a coordenadora de Atenção Básica  a enfermeira Marlise Juliano,  e como co-autor, o coordenador do Programa de Combate ao Tabagismo, Marcelo Romeiro Juliano. 

Mais um resultado positivo e que demonstra o cuidado que a atual gestão trata a  Saúde em Macuco! Dos 66 trabalhos inscritos pelo Estado do RJ, apenas 16 foram selecionados para apresentação e Macuco está entre estes. Da região serrana, somente Macuco e Carmo foram selecionados para participar do evento.




Campos dos Goytacazes foi escolhido o melhor município do Brasil em Regulação do SUS (Sistema Único de Saúde). O projeto “Monitoramento da Contratualização e Pactuações Intermunicipais através da Regulação do Acesso”, aplicado na Rede de Atenção em Saúde de Campos, foi classificado como a melhor experiência na temática pelo Conasems (Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde). O trabalho, elaborado pela subsecretária de Saúde Valéria Lopes foi apresentado na “15ª Mostra Brasil, aqui tem SUS”, do 34º Conasems, na última sexta-feira (28), em Belém, no Pará.

“É uma grande conquista do exercício da nossa gestão, o reconhecimento de quem realmente entende dessa temática tão importante que é o Conasems. Nosso compromisso é garantir gestão em saúde e é que temos feito. Sabemos que temos muito ainda para fazer, mas estamos trabalhando para isso. Não adianta ter dinheiro se não houver uma gestão eficiente para aplicar o recurso. A gestão eficiente garante a prestação de serviço de qualidade. Parabenizo à Secretaria de Saúde, a subsecretária Valéria Lopes e a todos os envolvidos neste projeto”, ressaltou o prefeito, Rafael Diniz.

“Diante da dimensão e complexidade da rede própria e contratualizada a gestão compreendeu a necessidade de se implantar um sistema de monitoramento que desse visibilidade à quantidade e à qualidade dos serviços executados. O sistema de regulação é uma ferramenta importante na gestão de saúde pública, que garante não somente o cumprimento das leis de atenção ao usuário, mas também a qualidade dos serviços oferecidos à população. Sabemos que temos muito a melhorar, mas estamos trabalhando no caminho certo”, explicou Valéria Lopes.



Adicionar Comentario

Pgina 1 de 411

Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado