Geral

Filó é destaque em Prêmio Rio Export 2018 da Firjan

  • PDF

O prêmio é entregue anualmente às empresas fluminenses que mais se destacaram de acordo com o desempenho na atividade exportadora retratado nos números oficiais da Secex

A Firjan homenageou no dia 19 de setembro 14 empresas que foram destaque na exportação em 2017. Em sua 21ª edição, o Prêmio Rio Export 2018 contemplou 14 empresas fluminenses que se destacaram internacionalmente em diferentes mercados, desde produtos básicos até a indústria criativa. A Filó S/A, fundada em 1966, em Nova Friburgo, foi Destaque em Exportações da Firjan Centro-Norte pelas vendas de moda íntima.

Carlos Mariani Bittencourt, vice-presidente da Firjan, destacou que a premiação demonstra a diversidade da pauta exportadora do estado do Rio, servindo de inspiração para todas as indústrias locais. “Por meio do prêmio, queremos valorizar e estimular o desempenho das indústrias do estado nas relações com o mercado externo”, frisou. O evento foi na Casa Firjan.

O evento contou com palestra do diretor geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, que apresentou sua visão sobre o futuro do comércio internacional.

Criado em 1998, o prêmio é entregue anualmente às empresas fluminenses que mais se destacaram em diversas categorias, de acordo com o desempenho na atividade exportadora retratado nos números oficiais da Secex. Claudia observa que a ação contemplou empresas de diferentes setores e níveis tecnológicos, o que demonstrou a diversidade e a especialização da pauta exportadora do estado.

“Com a iniciativa, temos o objetivo de fortalecer a cultura exportadora do Rio ao destacar que o comércio internacional é boa opção para diversificar mercados, principalmente diante da crise”, ressalta Claudia Teixeira, especialista em Comércio Exterior da Gerência Internacional da Firjan.

Ao longo desses 21 anos, mais de 70 empresas foram premiadas nas 14 categorias.



Adicionar Comentario

Programa para recuperar malha ferroviária do Estado do Rio de Janeiro é aprovado na Alerj

  • PDF

Projeto de lei aprovado que cria o Programa de Recuperação da Malha Ferroviária do estado

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou, no dia 19 de setembro deste ano, o projeto de lei que cria o Programa de Recuperação da Malha Ferroviária do estado.

Segundo a Alerj, o objetivo do programa é fomentar o turismo no estado, que com a aprovação do texto em redação final, agora será encaminhado ao governador Luiz Fernando Pezão, que terá 15 dias úteis para decidir pela sanção ou veto ao programa.

“A ideia é recuperar diversas linhas no estado pelo seu potencial turístico, revitalizando regiões e atraindo novos investimentos. Poderão ser feitas Parcerias Público-Privadas (PPPs) para a recuperação das linhas. A Secretaria de Estado de Transportes deverá fazer um projeto que contenha a análise das linhas, o orçamento para as obras e o cronograma para a implantação”, explicou a Alerj.

Entre as linhas contempladas pelo programa está a linha do ramal Macaé – Campos dos Goytacazes, além de outras linhas que cortam cidades da Região dos Lagos e do Norte Fluminense, como as do ramal Maricá – Cabo Frio, do ramal Campista – Campos – Miracema, e do ramal São João da Barra (EF SESC Grussaí).

Também estão incluídas no programa as linhas do ramal Santa Cruz – Mangaratiba; do ramal Sumidouro; do ramal Saracuruna – Cantagalo; do ramal Conrado – Miguel Pereira – Paty do Alferes; do ramal Serra de Petrópolis (Magé – Guia de Pacopaíba a Piabetá, e Magé – Vila Inhomirim a Petrópolis); do ramal Trem Mata Atlântica (Angra dos Reis – Lídice – Barra Mansa); do ramal da Fazenda Mato Alto (Guaratiba); do ramal Paraíba do Sul – Três Rios – Sapucaia; e do ramal Barrinha (Barra do Piraí – Japeri).

Além destes, foram incluídos também os ramais Porto de Mauá (Magé) – Fragoso/Vila Inhomirim, e o ramal Barra do Piraí (Central – Ipiabas). 

Vale lembrar que mesmo que o governador vete o projeto, os deputados ainda podem, em plenária, votar pela derrubada da decisão, sancionando a lei.



Adicionar Comentario

Crianças recebem aulas ambientais

  • PDF



Um dos trabalhos de maior sucesso desenvolvidos atualmente pelo secretário de Meio Ambiente de Cordeiro, Amarildo Lanes, juntamente com sua equipe, é o CEPAC (Centro de Educação e Proteção Ambiental de Cordeiro). Repetindo o que afirmara recentemente, Amarildo considera o espaço uma ferramenta essencial e reconhece que sua popularidade tem expandido a educação ambiental no município.

Continuam crescentes as visitações à entidade, com as três redes de ensino desfrutando dos ensinamentos na teoria e na prática no bairro Manancial. Esta semana foi a vez de a Secretaria de Meio Ambiente disponibilizar aulas sobre a conservação e estrutura da fauna e da flora. No dia 19 de setembro, as escolas Nely Rezende Maranhão e Escola Estadual Municipalizada Rodolfo Gonçalves foram ao local.

Na ocasião, foi oferecida aos estudantes dos dois estabelecimentos educacionais uma aula com uma linguagem própria e adequada à compreensão para as crianças com idade entre 3 e 6 anos. Na visão do secretário Amarildo, adotar essa postura confirma a importância de popularizar também entre os pequenos alunos as noções de proteção das árvores que circundam as nascentes e também daquelas espalhadas pela cidade.

Outra novidade foi que a Secretaria de Meio Ambiente foi auxiliada pelas estagiárias Aline Rodrigues e Emiliane Rodrigues, do Instituto de Educação Inocêncio de Andrade, que enriqueceram os momentos dos alunos ao contar histórias e apresentar a oficina de brinquedos feita com material reciclável, entre eles garrafa pet e papel.

No fim do dia, a coordenadora do CEPAC, Jacqueline Seabra, exibiu um vídeo educacional reforçando a importância das árvores para o ecossistema, demonstrando como pequenas atitudes viram uma ‘imensa bola de neve’. “Essa proposta de educar as futuras gerações também traz impactos positivos nesse momento. Essas crianças são formiguinhas a espalhar a ideia da preservação ambiental”, declarou Amarildo Lanes.



Adicionar Comentario

Cordeiro debate políticas públicas voltadas a crianças e adolescentes

  • PDF



Uma tarde dedicada às avaliações e propostas sobre as políticas públicas voltadas à garantia da qualidade de vida daqueles que em breve serão o futuro da nação. Assim aconteceu, nesta quinta-feira, 20, no plenário da Câmara de Vereadores, a VIII Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Cordeiro.

Organizado e coordenado pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, o encontro reuniu conselheiros tutelares, autoridades locais, representantes de órgãos governamentais e da sociedade civil e o que é mais significativo, crianças e adolescentes, representados por estudantes de educandários das redes de ensino Municipal, Estadual e Particular de Cordeiro. O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) também participou ativamente do evento.

Para propor diretrizes de aprimoramento das ações, visando fortalecer os direitos de crianças e adolescentes, a conferência debateu temas como ‘Garantia dos Direitos e Políticas Públicas Integradas e de Inclusão Social’; ‘Prevenção e Enfrentamento da Violência’; ‘Orçamento e Financiamento das Políticas’; ‘Participação, Comunicação Social e Protagonismo’; e ‘Espaços de Gestão e Controle Social das Políticas de Promoção, Proteção e Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes’. Além disso, a participação dos alunos da Oficina de Dança do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos marcou um momento emocionante e de pura reflexão.

Durante a conferência, foi realizada a escolha dos delegados de Cordeiro para a Conferência Estadual, que acontece em março de 2019, em Nova Iguaçu. Foram aprovadas as seguintes propostas: desenvolver parcerias para realizar ações voltadas às crianças e adolescentes; capacitar agentes na rede de atendimento ligada ao Sistema de Garantia de Direitos; ampliar mecanismos de aquisição de recursos para Fundo Municipal dos Direitos das Crianças e do Adolescente; criar o Comitê Gestor Municipal de Crianças e Adolescentes; e incentivar a sociedade civil a participar dos Conselhos.

Os delegados apontados na conferência foram os adolescentes Breno Costa, Kailayne Oliveira e Wesley Rodrigues; Rejane Nunes, representante dos órgãos públicos; Humberto Campos, da Câmara Municipal; e Vinícius Melo, do CMDCA. “Decidimos aqui as políticas públicas para garantir oportunidades mais amplas e justas para nossas crianças e adolescentes”, disse o prefeito no encontro.

Além de Luciano Batatinha e da vice Maria Helena, compuseram a mesa o presidente do CMDCA, Vinícius Melo; sua vice Sandra Toledo; as secretárias de Assistência Social e Educação, Letícia Reis e Telma Macedo, respectivamente; os vereadores Thiago Macedo, Robson Careca e Beth do Postinho; o presidente da OAB/Cordeiro, Wilson Vieitas; a integrante da Comissão organizadora, Maria da Glória Ferreira; representante do Conselho Tutelar, Gleiziane Baptista; os estudantes Breno Costa e Luiz Fernando Ramos; e a conferencista Márcia Elizabeth Brito, que recebeu Moção de Aplauso dos vereadores Elielson Fracinha e Fabíola Bianchini.



Adicionar Comentario

Inquérito apura irregularidades em compra de material hospitalar em Nova Friburgo

  • PDF

O Ministério Público Federal (MPF) em Nova Friburgo (RJ) instaurou inquérito civil público, que tramita sob sigilo, para apurar irregularidades em processo licitatório da Prefeitura (certame 1.830/2017) referente à aquisição de material médico hospitalar para atendimento às necessidades da rede municipal de saúde. A Câmara Municipal de Nova Friburgo representou contra o certame, apontando eventual direcionamento de itens do certame em favor da empresa Inovation Produtos Cirúrgicos LTDA. 

Para os parlamentares, as irregularidades podem levar a um prejuízo de ao erário estimado em R$ 529.223,40. Na representação, apontam “eventual favorecimento indevido e prática de compra mais onerosa aos cofres públicos, com consequente prejuízo à sociedade e diretamente aos usuários do SUS”. 

O documento da Câmara Municipal trata de análise inicial do processo administrativo 1.830/2017, ou seja, a licitação realizada pela Secretaria de Saúde para aquisição de insumos para as unidades de saúde do município, incluindo o Hospital Municipal Raul Sertã e o Hospital Maternidade Mario Dutra de Castro. 

De acordo com o levantamento, o valor real da licitação deveria ser de R$ 6.087.472,08, caso os produtos da fornecedora com menor preço fossem os adquiridos, e não os R$ 6.612.695,48 homologados.

No primeiro semestre de 2018, foi publicado o edital pela Prefeitura de Nova Friburgo (RJ) n° 1.830/2017 para aquisição sob demanda de material médico hospitalar para atender às necessidades de toda a rede municipal de saúde do município, estimado em R$ 10.665.292,68. Após os devidos trâmites licitatórios, em 12 de julho de 2018, foi publicada a homologação de licitação e autorização de despesa consagrando a vencedora. Um mês após, houve desistência da empresa classificada. 

O processo licitatório, cuja homologação foi publicada no Diário Oficial do Município em 12 de julho de 2018, abrangeu 408 itens. Na análise elaborada pelos vereadores, destacou-se a situação de quatro deles: seringas de 10 ml e de 20 ml, indicador biológico e integrador químico (ambos para monitoramento de processos de esterilização em equipamentos médicos). 

Na apuração parlamentar, constatou-se que “a empresa vencedora da licitação, que apresentou o menor preço para a maioria dos itens do certame, desistiu do processo (não assinou a contratação)”. Contudo, os vereadores se posicionam que “o que levou essa empresa a recusar o contrato é o que resultou no pedido de investigação de fraude e superfaturamento”. 

No MPF, o processo licitatório objeto do Inquérito Civil público será apurado e, após o trâmite, serão tomadas as medidas judiciais cabíveis para o caso.



Adicionar Comentario

Bruno Palma é destaque na Music Show Experience em São Paulo

  • PDF



Realizada de 13 a 16 de Setembro de 2018 em São Paulo, no São Paulo Expo, a Music Show Experience obteve grande sucesso em sua primeira edição. Em sua participação Bruno Palma, realizou um pocket show na Edifier Brasil e esteve presente no stand da SG Strings e marcas como Ibanez, Laney e Gruv Gear.

Um dos principais espaços destinados a eventos de negócios e entretenimento da América Latina, o São Paulo Expo tem hospedado diversos eventos de sucesso, como a Comic Con e também foi a casa do Music Show.

A Music Show Experience foi um evento com um ambiente musical favorável a realização de negócios entre importadores, empresas  e lojistas de todo Brasil. Contando com 102 expositores, o evento também foi favorável ao consumidor final com apresentações musicais, painéis com temas diversos, inclusive com a presença de Sammy Ash, da renomada loja americana Sam Ash.

Bruno Palma, que é engenheiro, especialista em marketing digital, e atual assessor de Imprensa da Prefeitura de Cantagalo, teve a oportunidade de realizar um Pocket Show no Stand da Edifier. Também esteve presente durante todos os dias de evento no espaço da SG Strings, a mais recente parceira do músico. 

“Quero agradecer o convite para participar da Music Show Exp. Obrigado as marcas que acreditam no meu trabalho. Realizar este pocket show na Edifier foi incrível, muita energia e estava lotado. Também agradeço a SG Strings e a Izzo Musical, onde estive presente durante todos os dias de evento, recebendo o público. Também não posso deixar de mencionar a Ibanez Guitars, Laney Amplification, Gruv Gear, Waldman e Santo Angelo, que são grandes parceiras. Por fim agradeço a todos de perto ou de longe que torcem por mim", destacou Bruno Palma.

Para Daniel Neves, Presidente da Anafima - Associação Nacional da Indústria da Música, o evento foi um marco e já tem grande expectativa para a próxima edição.

“Tínhamos todos os motivos para desistir, mas acreditamos que poderíamos fazer algo importante para o mercado. Trabalhamos muito, com um time bem pequeno, mas com muita garra. Agradecemos a todos que contribuíram para que a Music Show se realizasse, foi uma vitória para o mercado, uma chance de renovação.

Vamos escutar atentamente tudo que nos falem para melhorar (e nós vamos!), mas uma coisa é certa: nunca iremos desistir de nosso sonho de ver este setor melhor, mais forte e unido. De 19 a 22 de setembro de 2019 teremos a próxima Music Show EXP: maior, bem cuidada, com mais infra estrutura e expositores. Queremos vocês conosco”, Declarou Daniel Neves, organizador da Music Show EXP.



Adicionar Comentario

Enel Distribuição Rio inaugura ecoponto em Cantagalo

  • PDF



A Enel Distribuição Rio, em parceria com a Prefeitura Municipal de Cantagalo, inaugurou o primeiro posto do Ecoenel da cidade. O ecoponto, que receberá materiais que podem ser reciclados e transformados em bônus na conta de luz, fica na Rua Chapot Prevost, no Centro.

O Ecoenel troca resíduos recicláveis por desconto na conta de energia. O programa contribui para a preservação ambiental, na medida em que garante a destinação correta de materiais recicláveis, como papel, plástico e metal. Desde o início do projeto no estado do Rio, cerca de oito mil toneladas de resíduos foram transformadas em mais de R$ 1 milhão de bônus na conta de luz de 45 mil clientes da Enel Distribuição Rio.

“Queremos aumentar cada vez mais o engajamento dos nossos clientes em relação à reciclagem. Com a inauguração deste ecoponto em Cantagalo, tornamos a cidade ainda mais sustentável e ajudamos o cliente a adequar o valor da conta de luz ao seu orçamento mensal, por meio de bônus oferecidos a partir da entrega dos materiais recicláveis”, explica Odailton Arruda, responsável de Eficiência Energética da Enel Distribuição Rio. 

Qualquer cliente, pessoa física ou jurídica, pode se cadastrar no programa. Para isso, basta apresentar a conta de energia em qualquer ponto de coleta e receber o cartão do Ecoenel. Após o cadastro, o cliente poderá levar todos os resíduos pré-separados por tipo até o ponto de coleta de sua preferência. Os resíduos são pesados e o valor em bônus é creditado automaticamente na conta de energia. Cada resíduo tem seu valor em quilo, unidade ou litro. Caso o valor da bonificação seja superior ao total da conta, o excedente é creditado automaticamente na fatura seguinte. 

Criado em 2007, o programa social e ambiental da Enel estimula a troca de resíduos recicláveis por bônus na conta de energia nos estados do Rio, Ceará e Goiás, onde a companhia atua por meio das distribuidoras Enel Distribuição Rio, Enel Distribuição Ceará e Enel Distribuição Goiás. Apenas no Rio, o Ecoenel conta atualmente com 63 pontos de coleta, entre fixos e móveis, em oito municípios da área de concessão da companhia. 

Resíduos que podem ser reciclados com o projeto: papel e papelão; garrafas de plástico de refrigerante (garrafas PET); latas de cerveja e refrigerante.

A Enel Distribuição Rio, uma empresa da multinacional de energia Enel, distribui energia elétrica para 66 municípios do Estado do Rio de Janeiro, abrangendo 73% do território estadual, com a cobertura de uma área de 32.188 km². A Região Metropolitana de Niterói e São Gonçalo e os municípios de Itaboraí e Magé somam a maior concentração do universo de 3,01 milhões de clientes atendidos pela companhia. A distribuidora também desenvolve um programa de Responsabilidade Social que é baseado no tripé da sustentabilidade, que abrange os aspectos sociais, econômicos e ambientais.



Adicionar Comentario

Autoridades de saúde alertam sobre cuidados com a dengue

  • PDF



Segundo informações do IBGE, baseadas no último recenseamento, Cordeiro possui 21.158 habitantes. Em virtude do número de residências, existem situações que precisam ser observadas para evitar a proliferação do mosquito Aedes Aaegypti, transmissor de doenças como Dengue, Chikungunya e Zika Vírus, entre outras.

Com a iminente chegada das chuvas, são intensificadas também as campanhas para evitar esses que são considerados problemas graves de saúde pública. Atualmente, a Secretaria de Saúde de Cordeiro coordena as visitas domiciliares para tratamento e eliminação de focos, com a presença dos agentes de endemias em pontos estratégicos cadastrados regularmente, atualizados e tratados. O controle do vetor é realizado através varreduras nos bairros, obedecendo ao cronograma de ação.

Contudo, os agentes fazem um apelo aos moradores, já que a participação deles é fundamental para minimizar o surgimento do mosquito e, consequentemente, das doenças. O pedido é para que os cordeirenses separem alguns minutos do dia para vistoriar a casa, especialmente após as chuvas, para evitar o acúmulo de água e a proliferação das larvas. “Quando forem viajar para outras cidades ou regiões, utilizem repelentes para evitar que haja casos adquiridos fora de Cordeiro”, orienta um agente.

“É preciso nos conscientizar que o controle do mosquito é responsabilidade de todos nós: órgãos públicos, associações de moradores, clubes e segmentos religiosos, enfim, de toda população. A prevenção continua sendo a melhor maneira de lutarmos contra esses males”, colocou a secretária de Saúde, Vânia Huguenin.

Confira dicas de prevenção: evite acúmulo de água, o mosquito coloca seus ovos em água limpa; coloque tela nas janelas para proteger sua família; ponha areia nos vasos de plantas, pois ela conserva a umidade e evita que o prato se torne criadouro de mosquitos; seja consciente com seu lixo; disponha desinfetante nos ralos de cozinhas e banheiros; limpe as calhas, piscinas e aquários; use inseticidas e larvicidas, que têm eficácia comprovada; e reavalie o uso de repelentes, principalmente em viagens ou locais com muitos mosquitos.



Adicionar Comentario

Pgina 3 de 419

Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado