Geral

Barragens no interior do Rio serão fiscalizadas

  • PDF



A Agência Nacional de Águas (ANA) divulgou um relatório de barragens que têm riscos de Dano Potencial Associado (DPA) médio e alto e que terão fiscalização priorizada. Dessas, 13 estão situadas nas regiões Serrana, dos Lagos e Noroeste do Estado do Rio de Janeiro.

Segundo o relatório da ANA, no interior do Rio as barragens são usadas como hidrelétricas e para abastecimento de água, diferentes da barragem de Brumadinho que acumulava rejeitos.

De acordo com a ANA, dano potencial refere-se ao que pode acontecer em caso de rompimento de uma barragem e leva em conta as perdas de vidas humanas, além de impactos sociais, econômicos e ambientais.

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea), responsável pela fiscalização de quatro das 13 barragens localizadas no interior, esclarece que os danos potenciais médio e alto significam o potencial impacto que o dano em alguma estrutura pode acarretar e não o risco iminente de rompimento.

Segundo a lista divulgada pela ANA, a maior parte das barragens do interior do Rio está situada na Região Serrana, em cidades como Areal, Bom Jardim, Carmo, Cachoeiras de Macacu, Cordeiro, Teresópolis, Petrópolis, São Sebastião do Alto, Santa Maria Madalena e Trajano de Moraes.

As barragens na região são: Santo Antônio, em Bom Jardim; Santa Rosa II entree Bom Jardim/ Cordeiro; Ilha dos Pombos no município de Carmo; São Sebastião do Alto entre os municípios de Santa Maria Madalena/São Sebastião do Alto; Caju entre os municípios de Santa Maria Madalena/São Sebastião do Alto; e Macabu no município de Trajano de Moraes.

Segundo a Agência Nacional de Águas, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) é responsável por fiscalizar as barragens de Cachoeiras de Macacu, Juturnaíba, Rio Imbuí-UT Triunfo e Elevatória Ponte de Ferro.

Já as barragens de Calheiros, Pirapetinga, São Sebastião do Alto, Caju, Santo Antônio, Santa Rosa II, Ilha dos Pombos, Areal e Macabu são de responsabilidade da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).



Adicionar Comentario

Representantes de Cantagalo e Bom Jardim participam do concurso Miss Rio de Janeiro, mas Isadora Meira, de Barra Mansa é a vencedora

  • PDF


Isadora Meira, representante da cidade de Barra Mansa, deu uma lição de persistência nesse fim de semana após vencer o concurso Miss Rio de Janeiro. A modelo de 26 anos, já estava na sua quarta tentativa no Miss Rio e agora chegou o tão esperado título “Estou muito feliz, eu tô aqui com a minha tão sonhada faixa. Não desista dos seus sonhos” falou a Miss. 

Doze candidatas disputaram o concurso. O concurso aconteceu no Hilton Barra e contou pela primeira vez com uma candidata transexual: Náthalie Oliveira, de 25 anos, representando Bom Jardim, ficou no Top 6 das finalistas. 

No Top 3 ficaram as misses de Barra Mansa, Teresópolis e Resende. Em terceiro ficou a candidata de Resende e em segundo lugar a de Teresópolis.

O município de Cantagalo também participou do concurso no Rio com  a jovem Marcelle Sinhorinho.

Isadora vai representar o estado do Rio de Janeiro no concurso Miss Brasil que acontece em março deste ano.

A representante de Barra Mansa, Isadora Meire, de 26 anos foi a grande vencedora do concurso, e irá disputar o título de Miss Brasil 2019, em março, representando o Estado do Rio de Janeiro. Em segundo lugar ficou a representante do município de Teresópolis e em terceiro a representante de Angra dos Reis.



Adicionar Comentario

RJ 160: "estrada está uma vergonha"

  • PDF

No trecho da Rodovia RJ 160, entre Cantagalo e Carmo, são encontrados enormes crateras presentes por toda a rodovia, que colocam motoristas em risco de vida. Os condutores de veículos devem ficar atentos nos trechos do antigo Posto Cafundó, na Taquara e na Vila Homero Ecard.

A rodovia é de responsabilidade do Departamento de Estada e Rodagens do Rio de Janeiro. São 53 km de asfalto com muitos buracos, mato alto nas margens e pouca sinalização. 

A Prefeitura de Cantagalo ajudou fornecendo material para que o Departamento de Estradas de Rodagem

possa realizar as operações tapa-buracos.

No início de novembro, o Governo do Estado abriu uma licitação visando a restauração de trechos das rodovias RJ-144 e RJ-160, mas até o momento nenhuma empresa foi anunciada.

No mês de abril deste ano, o juiz da Comarca de Cantagalo, Marcio Barenco Correa de Mello, deferiu a tutela de urgência impetrada pelo Ministério Público, para que num prazo de 30 dias, o DER-RJ apresentasse laudo técnico de vistoria e engenharia dos problemas circunstanciados na RJ-160, passando a executar, imediatamente, as obras necessárias a manutenção da segurança viária de todo o trecho.

Existe uma grande expectativa de que o atual governador, que assumiu o governo em janeiro deste ano, determine a realização de obras de restauração neste trecho da rodovia, onde trafegam caminhões e carros de passeios.



Adicionar Comentario

Nova Friburgo se torna sede da Unesco para estudos de conservação ambiental e ecoturismo

  • PDF

A cidade de Nova Friburgo se tornou sede da Unesco na América do Sul para tratar de assuntos de conservação ambiental e ecoturismo em ecossistemas. Um Termo de Entendimento foi assinado no dia 15 de janeiro e é o primeiro passo para o início de um projeto piloto para a geração de energia elétrica renovável em áreas atingidas por catástrofes naturais.

A proposta é que o projeto seja iniciado, simultaneamente, na cidade e em uma comunidade no Nepal, na Ásia.

De acordo com a Prefeitura, pesquisadores gregos e membros da Secretaria de Meio Ambiente e outros órgão do executivo visitarão áreas estratégicas para a implantação das pesquisas e prática das ações.

A ideia é “extrair um elemento positivo” de catástrofes naturais, levando em consideração a tragédia climática que atingiu a cidade em janeiro de 2011 e, a partir disso, encontrar novas formas de geração de energia nesses locais atingidos.

No dia 16 de janeiro, pesquisadores da Grécia e membros da Universidade de Tecnologia da Macedônia Oriental fazem uma visita em áreas prioritárias nos distritos de Lumiar e São Pedro da Serra. A ação também faz parte da programação do Workshop Internacional em Conservação Ambiental e Ecoturismo.

O objetivo, segundo a Prefeitura, é tratar assuntos com relação à conservação ambiental e ecoturismo de ecossistemas.

Nos próximos dias, também será feita uma visita técnica ao circuito Altos da Serra Mar - projeto lançado pelo Governo do Estado, em parceria com Emater, Pesagro e Agência das Nações Unidas.

Ainda de acordo com o município, serão visitadas cinco propriedades que fazem parte desse circuito e também a ponte do Encontro dos Rios, em Lumiar, onde será analisado o volume de água e demais potencialidades referentes a geração de energia. O local está passando por reformas que devem ser concluídas no dia 17 de janeiro, quinta-feira.

Os pesquisadores também visitarão o viveiro da Mata Atlântica, em Mury, para conhecer espécies arbóreas e o trabalho que é realizado no local.



Adicionar Comentario

Duas novas praças foram inauguradas e entregues à população de São Sebastião do Paraíba

  • PDF



A Prefeitura Municipal de Cantagalo realizou no último sábado, a cerimônia de inauguração de duas novas praças em São Sebastião do Paraíba, 4º Distrito de Cantagalo. As praças receberam um investimento no valor total de R$277.777,41 provenientes de recursos do ministério das cidades. 

O Quarto Distrito de Cantagalo, São Sebastião do Paraíba, ganhou dois novos equipamentos modernos, as novas praças estão equipadas com pavimentação intertravada, um playground com brinquedos destinados ao público infantil, uma academia ao ar livre com aparelhos de ginástica destinados ao público da 3ª idade e também mesas e bancos com jogos de tabuleiros de damas.

Esta obra se tornou possível através do recebimento de recursos de emenda parlamentar do Deputado Federal Simão Sessim, os quais foram alocados para realização da obra pelo Ministério das Cidades. A Inauguração aconteceu durante as festividades de São Sebastião, que já é muito tradicional no distrito. 

Foram Homenageadas as Ilustres Cantagalenses antigas moradoras do 4ºDistrito, as saudosas Maria Izabel de Oliveira Ramos e Inea Izabel de Paula(Dona Neinha), que passaram a dar nome as duas novas praças. Maria Izabel Oliveira Ramos, teve seu nome como Homenageada através da Lei municipal nº , proposta pela Vereadora Emanuela e sancionada pelo Prefeito. Já Inea Izabel de Paula, teve sua homenagem proposta  pelo Prefeito Guga de Paula e oficializada através do Decreto nº

Para o Vice-Prefeito, estas obras são a marca da seriedade e prestígio do Prefeito, que busca sempre fazer por Cantagalo e entregar obras de qualidade.

“Gostaria de Parabenizar as famílias das homenageadas. E gostaria de ressaltar a importância que tem o Prefeito, votar no Guga de Paula e o fato de ter sido eleito, permitiu que o deputado do Partido dele, Simão Sessim, colocasse esta verba e possibilitasse a construção destas novas praças. Quem dera outros municípios tivesse Prefeito igual ao Guga.” - Declarou o Vice-Prefeito, Valdevino Zanon.

O Prefeito Guga de Paula destacou que paraíba possui uma estação de tratamento e tem todo seu esgoto tratado, feito em nossa outra gestão. Lembrou do Ginásio Poliesportivo, ampliação de ruas e outras obras realizadas por ele no 4º Distrito. Guga ainda anunciou a aquisição de um terreno para a ampliação do cemitério de São Sebastião do Paraíba e ainda a futura construção de uma nova praça na área que abrigava antigos tanques de leite.

“Vamos embelezar Paraíba, esse distrito merece. Como o Vereador João Bosco falou, aqui existe um potencial turístico e vamos fazer obras mesmo!” - Destacou o Prefeito.

Participaram da inauguração, os vereadores Zé da Uta, João Bosco, Paulo Henrique, Tadeu Leite e Emanuela. Também presentes o  Vice-prefeito Valdevino Zanon, a primeira-dama e Secretária de Assistência Social, Jussara Figueira de Paula, secretários e assessores do governo municipal. Vale destacar também a forte participação da população do distrito.



Adicionar Comentario

Náthalie de Oliveira participará do concurso Miss Rio de Janeiro

  • PDF



Pela primeira vez na história do concurso, o Miss Rio de Janeiro terá uma candidata transexual. Náthalie de Oliveira, de 24 anos, disputará na próxima edição da competição, que acontece no dia 26 de janeiro. Caso vença, poderá participar do Miss Brasil, que classifica para o Miss Universo.

Náthalie é nascida em Sumidouro. Ela morou a maior parte de sua vida em Bom Jardim, cidade que irá representar no evento. A modelo é estudante de Enfermagem, curso que trancou temporariamente para dedicar-se a sua outra carreira. Além disso, atua como youtuber no canal Princess Online.

Náthalie de Oliveira participou do Miss T Brasil em 2013, 2014 e 2015, quando venceu o primeiro lugar. Logo depois, representou o Brasil no Miss International Queen 2016, ficando com a segunda colocação. Ela passou pela cirurgia de redesignação de gênero em 2016, na Tailândia.

A modelo e youtuber comunicou sua candidatura à disputa. “Com muito carinho e calor no coração que venho incendiar a timeline de vocês. Pois bem, se preparem porque vai ter mulher transexual no Miss Rio de Janeiro sim”, escreveu. “Vocês sabem a minha trajetória no mundo Miss e o quanto me dedico a representar todas as mulheres de nosso país. Dessa vez, não será diferente.”

O Miss Rio de Janeiro conta com mais 15 misses na disputa. São elas: Lana Silva (representando Angra dos Reis); Isadora Meira (Barra Mansa); Kathllen Silva (Búzios). Marcelle Sinhorinho (Cantagalo); Karine Matos (Duque de Caxias); Thayana Stocco do Amaral (Itaboraí); Daniela Magalhães (Rio de Janeiro); Milena Freitas Loiola Azevedo (Niterói). Adriana Yanca (Nova Iguaçu); Esthefane  Souza (Resende); Stephanie Verissimo (Rio das Ostras); Raquel Vieira Garcia (São Pedro da Aldeia); Thainá Oliveira (Teresópolis); e Melissa Amorim (Volta Redonda).

Em 2018, Angela Ponce entrou para a história como a primeira candidata trans a participar do Miss Universo, nos 66 anos do evento. A modelo representou seu país natal, a Espanha



Adicionar Comentario

Prefeituras fluminenses recebem R$ 446,1 milhões em repasses do Estado

  • PDF

A Secretaria de Estado de Fazenda depositou, no dia 22 de janeiro, R$ 446,1 milhões em repasses de tributos para os 92 municípios fluminenses. O depósito feito pela Secretaria de Fazenda refere-se ao montante arrecadado no período de 14 a 18 de janeiro. Os valores correspondem à distribuição de parte da arrecadação dos tributos IPVA, IPI e ICMS às administrações municipais.

Os municípios já haviam recebido R$ 297,8 milhões nos repasses anteriores, realizados em 8 e 15 de janeiro, relativos à arrecadação do período entre os dias 1º e 11 deste mês. Com os depósitos efetuados nesta terça-feira, o valor acumulado distribuído às prefeituras em janeiro sobe para R$ 743,8 milhões. Neste montante, não estão incluídos os repasses relacionados ao Fundeb e aos royalties pela exploração de petróleo ou gás natural.

Os depósitos semanais são realizados por meio da Secretaria de Fazenda sempre até o segundo dia útil de cada semana, conforme prevê a Lei Complementar nº 63, de 11 de janeiro de 1990. As consultas dos valores dos exercícios anteriores podem ser feitas no site da Fazenda, no caminho Portais > Tesouro > Serviços > Relatórios > Transferências aos Municípios.


Até cinco datas por mês

Os valores semanais transferidos aos municípios fluminenses variam em função dos prazos fixados na legislação vigente. Dependendo do mês, pode haver até cinco datas de repasses. As variações destes depósitos oscilam conforme o calendário mensal, os prazos de recolhimento tributário e o volume dos recursos arrecadados.  A agenda de recolhimento tributário pelos contribuintes está concentrada no dia 10 de cada mês.


Índice de Participação dos Municípios

Os repasses aos municípios de IPI e ICMS são liberados de acordo com os respectivos Índices de Participação dos Municípios (IPM), apurados anualmente para aplicação no exercício seguinte, conforme determina a Constituição Federal; a Lei Complementar Federal nº 63, de 11 de janeiro de 1990; as Leis Estaduais nº 2.664, de 27 de dezembro de 1996 e nº 5.100, de 04 de outubro de 2007; e o Decreto Estadual nº 46.470, de 23 de outubro de 2018.

Os repasses aos municípios do IPVA são liberados com base na Lei Estadual nº 2.877, de 22 de dezembro de 1997; e na Lei Federal nº 11.494, de 20 de junho de 2007.



Adicionar Comentario

Bairro Novo Horizonte ganha novo posto de saúde

  • PDF

A Prefeitura municipal de Cantagalo, através da Secretaria Municipal de Saúde, irá realizar na próxima sexta-feira, dia 25 de Janeiro, a partir das 19h, a inauguração de um novo Posto de Saúde no Bairro Novo Horizonte. Uma importante obra para a comunidade do Bairro, que receberá um novo equipamento, moderno e com diversos atendimentos.

A Comunidade do Bairro Novo Horizonte, BNH, irá ganhar a partir da próxima sexta-feira, um novo posto de saúde, onde haverá atendimento Médico, Odontológico e também é claro os serviços de  Enfermagem. São salas novas com novos equipamentos para o melhor atendimento da população. Esta obra foi realizada com recursos do Ministério da Saúde, no valor total de R$272.878,70, incluindo a construção e a aquisição dos equipamentos.

A unidade terá como patrono, Dr. José Cavalcante de Oliveira. O homenageado foi pessoa e profissional de grande relevância para o município, tendo atuado no Hospital de Cantagalo, sendo Chefe do Posto de Saúde e atendendo em seu consultório; Natural de Alagoas, constituiu vida e família em Cantagalo, tendo atuado na cidade a partir de 1960. O nome foi escolhido pelo Prefeito Guga de Paula, e oficializado através do Decreto nº3.323/2018.

A inauguração irá acontecer a partir das 19h na próxima sexta-feira, dia 25 de Janeiro no Bairro Novo Horizonte. Esta é a Sétima(7ª) obra entregue, sendo a Quinta(5ª) inauguração do atual mandato do Prefeito Guga de Paula. Já foram inauguradas nesta gestão: a  Academia da Saúde em Santa Rita da Floresta, um Muro de Contenção na Rua Francisco Eugênio Viera, um Muro de Contenção próximo ao Bairro Vila Bela, as obras de infraestrutura no Bairro Morada do Sol e duas novas Praças em São Sebastião do Paraíba. Entre outras obras de menor porte realizadas com recursos próprios, como por exemplo um muro de contenção na Rua Primeiro de Maio, no Bairro São José.



Adicionar Comentario

Pgina 4 de 436

Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado