Geral

Fábrica de cimento comunica pagamento em 90 dias

  • PDF

A Diretoria de Suprimentos da LafargeHolcim enviou comunicado a seus fornecedores, em julho de 2018 deste ano as condições para fornecer a empresa.

“A condição de pagamento dos fornecedores da LafargeHolcim Brasil está desalinhada com o mercado e com as condições negociadas nos demais países do Grupo. Desta forma, a sua condição de pagamento será padronizada para 90 dias após emissão da nota fiscal, a ser aplicada nos faturamentos a partir de então”, diz o comunicado.

Na justificativa, a empresa afirma que “tal decisão visa o equilíbrio econômico e adequação a nova diretriz do Grupo, permanecendo as demais condições comerciais inalteradas”. 

“A equipe de Suprimentos estará à disposição para mais esclarecimentos que se façam necessários, e contamos com sua compreensão e agradecemos a parceria”, conclui a nota a Diretoria de Suprimentos.

Em tempos de crise, esta decisão de pagar em 90 dias, coloca as empresas, principalmente as micro e pequenas da região, em situação delicadas, pois se fornecem para as fábricas e terão que esperar este tempo todo para receber, não existe capital de giro que suporte.

A diretoria da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Cantagalo (Aciacan) ao tomar ciência da condição de pagamento imposta pela empresa cimenteira LafargeHolcim ficou surpresa com tais parâmetros. 

“Eis que com a grave crise que assola o país quanto mais longínquos os pagamentos, de imediato há o reflexo e causará impacto na cadeia comercial. Fazendo com que os credores dos fornecedores possam sofrer com atrasos na quitação das obrigações por conta da nova política da empresa”, diz um dos textos da nota da entidade.

A Aciacan é presidida atualmente pelo advogado Elias Barbas, e tem quase 200 empresas, produtores rurais e profissionais filiados na entidade. “Esperamos de forma contributiva, que haja a reversão para os parâmetros anteriores”, pediu Elias barbas, presidente da Aciacan.



Adicionar Comentario

Ibama é condenado a divulgar orientações para destinação de animais silvestres apreendidos

  • PDF
Ainda pela decisão, o Estado do Rio de Janeiro deverá construir novo Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas).

"Sem plantão ou informações, os animais silvestres apreendidos no Estado do Rio de Janeiro acabavam morrendo por falta de orientação do Ibama”. Diante dessa constatação, o Ministério Público Federal (MPF/RJ) moveu ação civil pública para que o órgão ambiental elaborasse folders informativos e disponibilizasse no site da instituição as orientações sobre o procedimento para a destinação em caso de apreensão. 

A sentença proferida no final de 2016 pela Justiça Federal foi confirmada agora, por unanimidade, pelo Tribunal Regional Federal (TRF-2), que também determinou que o Estado do Rio de Janeiro construa, em até 180 dias, novo Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), já que isso era condicionante do licenciamento ambiental do Arco Metropolitano, já que as obras passavam próximo ao Cetas antigo, levando os animais a alta situação de stress. 

O material de divulgação a ser produzido pelo Ibama deverá ser encaminhado às Superintendências da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal no Estado do Rio de Janeiro e Secretaria de Segurança Pública no Estado do Rio de Janeiro. O objetivo é fazer chegar aos policiais que fazem apreensões de animais silvestre durante o serviço, informações necessárias sobre como proceder nesses casos. 

Assim, além das informações de contato do Cetas/RJ, “é preciso ter um mínimo de informações sobre o manejo dos animais, indicando, por exemplo, a maneira de transportar cada espécie. Um pássaro apreendido, por exemplo, deve ser transportado em uma gaiola. Caso o pássaro esteja estressado, pode ser melhor cobrir a gaiola. Por outro lado, tal ação poderia sufocá-lo, ou superaquecê-lo”, detalha a decisão. 

O atual Cetas, situado em Seropédica, é o único em todo o estado do Rio de Janeiro. Assim, um animal silvestre apreendido em outro município, possivelmente terá que fazer uma longa viagem, enfrentando trânsito e outras adversidades até chegar ao local. 

“É muito importante a divulgação dos primeiros cuidados básicos que devem ser adotados pelos policiais para o transporte dos animais silvestres”, pondera o procurador da República Renato Machado, que atuou no caso. 

Em Instrução Normativa n. 179/2008, o Ibama regulamenta a destinação dos animais silvestres apreendidos, resgatados ou entregues espontaneamente ao órgão, bem como a necessidade de evitar a introdução de espécies exóticas, proteger os animais dos atos de abuso, maus-tratos e crueldade sobre espécies silvestres nativas. 

Porém, no Rio de Janeiro, foi encontrado um “quadro de desinformação”. Pelo contrário, em consulta virtual a fim de obter dados relativos ao Cetas/RJ, “o que se verifica são informações desencontradas, horário de funcionamento ainda reduzido, e nenhuma especificação acerca do trato com os animais eventualmente apreendidos”, argumentou os desembargadores no acórdão do TRF-2.



Adicionar Comentario

Representante de Bom Jardim vence concurso da Rainha da Exposição de Cordeiro

  • PDF



Há 16 anos que o município de Bom Jardim não tinha uma representante vencedora no Concurso da Rainha da Exposição de Cordeiro, considerado o maior evento do gênero na região.

O estilista Rafael Carvalhaes, responsável pelas roupas das maioria das candidatas de concursos na região, afirmou nas redes sociais sua opinião sobre o resultado do certame deste ano.

“Quando ela pisou na passarela, todos sabiam que ela tinha vindo de Bom Jardim para fazer a diferença e fez história. Bom Jardim não levava esse título desde 2002. Beleza sabemos que todas candidatas tem, mas nesse dia específico, ela brilhou com o olhar, o sorriso largo, a tranquilidade de quem nasceu pra fazer isso, muita segurança e desenvoltura na passarela. Como diriam algum amigos: ‘ela cumpriu os requisitos’, todos eles. Já fui jurado em alguns inúmeros concursos de beleza, e geralmente os quesitos são: beleza facial, beleza corporal, simpatia, segurança ao desfilar e, às vezes mais alguns, mas basicamente são esses e garanto que ela deve ter gabaritado em quase todos, porque ela parece que nasceu desfilando, é nato”, justificou Rafael Carvalhaes.

A Secretaria de Turismo de Bom Jardim e a Prefeitura Municipal parabenizou a jovem que representou a cidade na maior Exposição Agropecuária da região. “Com toda sua beleza, simpatia e principalmente sua humildade, Pietra conquistou o título de Rainha da Expo Cordeiro 2018. Trabalho incansável da equipe da secretaria de turismo Elizangela Brasil, Iacy Emerick e Toni Barreto”, afirmou a nota divulgada nas redes sociais.

Sydmar Jasmim também comentou sobre o resultado do concurso: “Muito feliz com a escolha da Rainha da Expo Cordeiro. Parabéns Pietra Emmerick, sua beleza encantou o público e o jurado, Bom Jardim foi muito bem representado e nos sentimos orgulhosos de você! Que seja a primeira de muitas vitórias em sua vida, fica meu carinho e admiração! Sucesso . Parabéns a todos que estiveram do seu lado te preparando para a vitória!”, afirmou.

O cantagalense Rafael Carvalhaes foi o responsável dos  trajes típicos das candidatas das cidades de Bom Jardim, Cordeiro, Duas Barras, Sumidouro e Trajano de Morais. Já a representante de Macuco foi Mauricio Góes, pela produção da Garota Macuco. A representante do município de Cordeiro, Maria Júlia, ficou com o título de primeira princesa e a Maria Vitória, de Duas Barras, com o título de segunda princesa.

Sara Felipe, rainha da Exposição de Cordeiro do ano passado, que passou a faixa para a representante de Bom Jardim este ano, agradeceu o apoio durante seu reinado. “Encerrei a minha trajetória representando a cidade que tanto amo! Desfile da Rainha da Expo Cordeiro 2018 foi lindo! O meu agradecimento mais que especial ao incrível Rafael Carvalhaes, que fez um vestido incrível para que eu pudesse passar a faixa neste ano. Gostaria de agradecer também a Aguiluza pela maquiagem, que completou a produção! Parabenizo a Pietra, representante de Bom Jardim, pelo título neste ano, lindíssima! Parabéns também as demais concorrentes!”, afirmou em seu facebook.



Adicionar Comentario

Itaú vence licitação e fica com folha de pagamento de Macuco

  • PDF

O Itaú é o banco vencedor da licitação pública realizada pela Prefeitura de Macuco para a gestão de contas salários, da folha de pagamento dos servidores públicos municipais. O banco venceu a disputa , no dia 20 de julho, por meio de pregão presencial, renovando por cinco anos o seu contrato com o Executivo macuquense.

De acordo com o edital público, o Itaú preencheu todos os requisitos, dando um lance de R$ 600 mil, com  contrato de 60 meses, alcançando a arrecadação prevista. Fatores como a credibilidade da administração atual e bem como, o fato do Itaú ter inaugurado uma das agências mais modernas em Macuco são apontados como indicadores desse êxito.

Com isso, segundo assessores da  Secretaria de Fazenda , o Itaú vai gerir a folha de pagamento de cerca de 600 servidores da Prefeitura – ativos, inativos, comissionados e estagiários. Ainda de acordo, com o prefeito Bruno Boaretto , os recursos serão investidos em educação e no social.” Ficamos satisfeitos com o processo licitatório, feito com extrema lisura e presença de outros bancos”, disse.  O contrato prevê ainda que o pagamento deve ser feito em única parcela, depositada no dia inicial de vigência o contrato.

O gerentes Elvis Mutti (Macuco) e Simone Simões (Poder Público) comemoraram a vitória. Para Mutti, “o Itau Unibanco é um banco que tem muitas parcerias na área de Educação, Social e Saúde para apresentar a Macuco. Além disso, estamos muito felizes por toda a sinergia já criada com nossos cliente e comunidade”.



Adicionar Comentario

Sala do Empreendedor de Cantagalo programa novo plano de ação para os empresários

  • PDF

A equipe da Sala do Empreendedor, o secretário Municipal de Fazenda e servidores da Prefeitura de Cantagalo estiveram reunidos com o Sebrae para traçar ações visando o incremento no desenvolvimento empresarial da cidade. O objetivo do encontro é elaborar um novo plano de ação da Sala com a finalidade de torna-la o principal canal articulardor de oportunidades empreendedoras do município, se tornando cada vez mais uma referência para contadores, produtores rurais e empresários.

A Sala do Empreendedor é um espaço para os pequenos negócios, empresários, contadores, e pessoas que desejam se tornar empreendedores podem se informar e tirar todas as dúvidas a respeito da participação nas compras públicas, como se formalizar e demais serviços e questões relacionadas ao ambiente empresarial e econômico.

Alguns dos serviços da Sala são: orientação às micro e pequenas empresas e aos microempreendedores individuais (MEI), formalização dos MEI, REGIN, cadastramento para emissão de Nota Fiscal Eletrônica, emissão de Alvará e certidões, atendimento do Setor de Licitação e Compras, Sala do Empreendedor Itinerante, Cursos e Capacitações para os Empresários e Contadores.

“Eu nunca olhei a sala apenas como atendimento ao MEI, precisamos ter um olhar ampliado para todos os empreendedores. A Sala precisa ter um atendimento de referência seja para os micro ou para os grandes empresários da cidade. Hoje o Produtor Rural também é uma empresa, e é considerado um pequeno negócio em potencial”, declarou o secretário de Fazenda de Cantagalo, Jorge Braz.

Algumas das ações previstas, além da permanência dos serviços atuais e dos cursos sempre programados junto ao Sebrae, haverá o atendimento itinerante da Sala levando oportunidades aos empresários, um Café da Sala do Empreendedor para os Empresários e também com as equipes internas da Prefeitura. Em breve será divulgado o calendário de ações itinerantes, que estarão visitando os distritos do município, contando ainda com uma visita aos empresários.



Adicionar Comentario

Agricultores de Trajano de Moraes terão novo crédito fundiário

  • PDF

A delegada da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Reforma Agrária, Danielle Christian Barros, se reuniu com o prefeito Rodrigo Viana, com o vice Jorge Diniz, o vereador de base Daniel Fagundes, o técnico da Emater Roberto Luiz Marciano Laje Júnior, e com agricultores em Trajano de Moraes.

Um dos temas do encontro foi à nova modalidade do Programa Nacional de Crédito Fundiário, PNCF, que começará a fazer contratações a partir de agosto no Estado do Rio de Janeiro e Trajano de Moraes terá várias propostas a serem contratadas. Ela explicou que recentemente o governo federal editou o decreto mudando as regras do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF).

As alterações ampliaram os limites de renda e patrimônio exigidos para acesso às linhas de financiamento. Ela explicou que os agricultores inscritos no Cadastro Único dos programas sociais, a exigência de renda máxima saiu de R$ 9 mil para R$ 20 mil, enquanto a de patrimônio foi de R$ 30 mil para R$ 40 mil. “Esse encontro esclarece muito sobre como os nossos agricultores devem agir a partir da data”, disse o prefeito Rodrigo Viana.

Na faixa intermediária, os ganhos máximos permitidos passaram de R$ 30 mil para R$ 40 mil. Para esses produtores, o patrimônio deixou de ser R$ 60 mil e passou para R$ 80 mil. Foi criada uma nova linha para famílias com renda de até R$ 216 mil e patrimônio de até R$ 500 mil. Para todos os casos, o valor máximo a ser financiado é R$ 140 mil. O produtor deve comprovar experiência de pelo menos cinco anos no campo para ter acesso ao financiamento.

A delegada Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Reforma agrária, Danielle Christian Barros, disse que a atualização foi motivada pela defasagem dos tetos, uma vez que estes haviam sido reajustados pela última vez há cinco anos. Como não houve recomposição, os financiamentos do programa se tornaram insuficientes para a aquisição de imóveis.

Em razão disso, o PNCF beneficiou apenas 985 famílias em 2016, segundo dados da Sead. No ano passado, o número foi mais reduzido: 289. Essa baixa deveu-se ao encerramento dos acordos com bancos que oferecem os empréstimos. Com as novas regras, a secretaria espera chegar em 2018 a 2 mil famílias.



Adicionar Comentario

Prefeitura de Cantagalo começa reforma da Estação ferroviária de Euclidelândia

  • PDF

Uma placa já indica o início da obra da reforma da Estação Ferroviária de Euclidelândia, município de Cantagalo. Com um custo estimado em R$ 193.348,47. A reforma começou no dia 2 de julho e tem previsão de término no dia 29 de outubro deste ano.

Através dos esforços do Governo Municipal, que elegeu a obra de reforma da “Estação Ferroviária de Euclidelândia” como prioridade, elaborou o projeto de restauração e o aprovou em tempo hábil, e através de emenda parlamentar federal, com recursos do Ministério da Cidade.

Uma luta de décadas da comunidade, encampada também pelo vereador professor João Bôsco de Paula Cardoso.

O prédio da “Estação Ferroviária de Euclidelândia”, é um bem protegido por tombamento municipal, é a principal edificação remanescente, no município, da antiga Estrada de Ferro Cantagallo, que ligava Porto das Caixas, na Baixada Fluminense, à Portela, no vale do rio Paraíba do Sul. Sua construção data do ano de 1878, recebendo inicialmente a denominação de “Estação Santa Rita”.

A Estrada de Ferro Cantagallo foi um dos muitos empreendimentos idealizados pelo Barão de Nova Friburgo, Antônio Clemente Pinto, sua construção ocorreu entre 1859 a 1890. Com o falecimento do barão, em 1869, seu filho, Bernardo Clemente Pinto, o Conde de Nova Friburgo, assume a empreitada a partir do trecho que ligaria Cachoeiras de Macacu a Nova Friburgo.

Em 1881 passa a funcionar o segmento entre Santa Rita do Rio Negro e Laranjais, e em 1890 é inaugurado o último segmento da estrada, ligando Itaocara e Portela.

Sobre o processo de reforma e revitalização do prédio há também uma indicação do vereador sugerindo ao executivo municipal a instalação, em suas dependências, do “Museu Ferroviário de Cantagalo” e do “Espaço de Memória das Personalidades de Euclidelândia”.



Adicionar Comentario

Pietra Emerick é eleita Garota Bom Jardim

  • PDF





Pietra Emerick, a Garota Bom Jardim


No dia 13 de julho foi realizado no Hotel Terra do Sol, a escolha da Garota 2018 de Bom Jardim. 

A jovem Pietra Emerick foi a vencedora do concurso, e irá representar o município de Bom Jardim no Concurso da Rainha da Exposição de Cordeiro nesta sexta feira, dia 20 de julho.

Foram 10 candidatas que disputaram o título de Garota Bom Jardim. A primeira colocada foi a Pietra Emerick; a segunda colocada foi Anna Borges e a terceira Mayla Philot. O cantor Victor Sally fez um show no evento.

A radialista Elizangela Brasil foi organizadora do evento. “Pude aproveitar toda minha experiência do rádio na busca de parcerias e que pude contar com meus clientes para a realização desse evento, já que tudo foi com o apoio total do comercio local, desde os prêmios até o traje para a Expocordeiro. Foi uma grande parceria e que estou muito feliz em estar junto a Secretaria de Turismo de Bom jardim com uma equipe maravilhosa, e que mais eventos como esse ainda estão por vir, apoio da Prefeitura Municipal de Bom Jardim”, informou Elizangela Brasil à reportagem do Jornal da Região.

“A equipe da secretaria de Turismo de Bom Jardim e a prefeitura em nome do prefeito Antônio Gonçalves e toda a equipe de governo parabeniza a bela Pietra Emerick que abrilhantou o Concurso Garota Bom Jardim 2018. Agora vamos torcer pela nossa linda jovem na Expo Cordeiro. Sexta-feira ela estará representando e muito bem nossa querida cidade na região”, diz a nota divulgada na página oficial da Prefeitura de Bom Jardim nas redes sociais.



Adicionar Comentario

Pgina 5 de 411

Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado