Geral

Sindicatos da indústria oferecem 452 vagas gratuitas em cursos da Firjan SENAI

  • PDF



A Firjan SENAI, em parceria com os sindicatos da indústria do Centro-Norte Fluminense, está com inscrições abertas para 452 vagas gratuitas em cursos de qualificação, técnico e de aperfeiçoamento, para os meses de fevereiro, março e abril. Em 2019, serão oferecidas mais de 9,7 mil oportunidades em todo o estado. Na região, as vagas são para as áreas de metalomecânica, construção civil, alimentos e bebidas, além de confecção e vestuário.

As oportunidades são voltadas para trabalhadores da indústria, seus dependentes, desempregados que já tenham atuado na indústria e público em geral e estão distribuídas pelas unidades Firjan SENAI do Centro, Canteiro Escola, Padaria Escola e Espaço da Moda, em Nova Friburgo. Os cursos preparam e aperfeiçoam profissionais para atender a demanda de capacitação do mercado.

Na região, há cursos de Confeiteiro, Assistente de Produção Industrial, Assistente de Projeto FabLab, Operador de Máquinas De Usinagem CNC, Técnico em Eletrotécnica, Técnico em Mecânica, Técnico em Mecatrônica, Costureiro de Produção de Lingerie, Mecânico de Manutenção em Máquinas de Costura, Modelista, Supervisor de Confecção, Técnico em Vestuário, Eletricista Predial, Instalador Hidráulico Residencial, Pedreiro de Alvenaria e de Revestimento em Argamassa e Cerâmica, Pintor de Obras e Montador de Andaimes.

O edital está disponível no link www.firjansenai.com.br/qualificacaosetorial, com a relação completa de oportunidades e critérios para participação. Mais informações podem ser obtidas pelo 0800 0231 231.

Os cursos técnicos e de qualificação desenvolvem competências e formam o perfil profissional de jovens e adultos. Os cursos de aperfeiçoamento são voltados para a atualização de pessoas com experiência profissional na área.

No Centro-Norte, as vagas são oferecidas pelo Sindanf (Sindicato das Indústrias de Alimentação de Nova Friburgo), Sindmetal (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Nova Friburgo), Sinduscon-CN (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Centro-Norte Fluminense) e Sindvest (Sindicato das Indústrias do Vestuário de Nova Friburgo e Região).



Adicionar Comentario

Sala do Empreendedor de Cantagalo e Secretaria de Fazenda estão atuando no apoio a novos Empreendedores

  • PDF



Um importante equipamento ligado a Secretaria de Fazenda do Município de Cantagalo, a Sala do Empreendedor tem constantemente atuado no apoio a novos empreendedores do município. Atualmente são 1.121 Microempreendedores Individuais cadastrados. No último dia 26 de dezembro, a equipe da Sala do Empreendedor e da Secretaria de Fazenda entregaram ao MEI de número 1.121, o seu alvará.

Ainda em 2018, a Sala do Empreendedor promoveu cursos e palestras oferecidas em parceria com o Sebrae, com o objetivo de capacitar e estimular os empreendedores locais. Para 2019, a expectativa é a melhor possível, com o trabalho da Sala nos atendimentos está sendo possível se ter uma ideia de demanda para novos cursos e capacitações.

Na visita realizada no dia 26 de dezembro, foi entregue ao Microempreendedor Daniel Faria da Silva, no Bairro São José, um alvará definitivo que confere a permissão para operação de uma quitanda no referido bairro.

Outra ação itinerante de destaque promovida pela Secretaria de Fazenda, Sala do Empreendedor  e dentro do contexto do Programa “Cantagalo Compra de Cantagalo” foram as reuniões com produtores rurais do município para participarem da chamada pública visando a aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar para a merenda escolar no ano de 2019. As reuniões tiveram uma excelente adesão de produtores e ocorreram no distrito de Santa Rita da Floresta no dia 13 de dezembro e também no distrito de São Sebastião do Paraíba no dia 19 de dezembro de 2018.

As Salas do Empreendedor são locais de atendimento das Prefeituras Municipais que facilitam os processos de abertura de empresas, regularização e baixa; bem como serviços exclusivos aos Microempreendedores Individuais (MEI).



Adicionar Comentario

Jucerja inaugura Delegacia em Macuco

  • PDF



Em Macuco foi inaugurada a trigésima primeira Delegacia da Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (Jucerja), que atende a 7ª região que engloba os municípios de Bom Jardim, Cachoeiras de Macacu, Cantagalo, Carapebus, Carmo, Conceição de Macabu, Cordeiro, Duas Barras, Guapimirim, Macuco, Macaé, Nova Friburgo, Santa Maria Madalena, São José do Vale do Rio Preto, São Sebastião do Alto, Sapucaia, Sumidouro, Teresópolis e Trajano de Moraes.

A primeira a abrir as comemorações foi a secretária Municipal de Fazenda, Eliane Ribeiro que enalteceu o trabalho do governo municipal, que segundo ela “vem trazendo significativos avanços para o município de Macuco em todas as áreas, incrementando seu desenvolvimento econômico e social”. 

O pensamento foi compartilhado pelo empresário e contador João Martins Barros que lembrou que há anos os contadores lutam pela desburocratização da instalação de empresas em Macuco.




A vice-prefeita Michele Bianchini lembrou da luta do novo governo frente as dificuldades encontradas durante a implantação do novo governo municipal e de todas as melhorias que vem sendo alcançadas visando o desenvolvimento de Macuco. “ Não podemos deixar de parabenizar essa equipe maravilhosa que nos acompanha, nossos funcionários municipais que se empenharam ao máximo para que essa inauguração acontecesse com tanto êxito”, disse Michele.

O presidente da Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro, Luiz Paranhos falou sobre o processo de desburocratização que vem sendo implementado o que vem facilitando a abertura de novas empresas e o consequente desenvolvimento comercial nos municípios. “Parabenizo o Prefeito Bruno Boaretto por essa iniciativa. Macuco a partir de hoje será referência no Estado do Rio de Janeiro”, afirmou o Presidente.

O prefeito Bruno Boaretto começou seu discurso afirmando que a inauguração da Junta Comercial é só um dos inúmeros sonhos que a população verá se tornar realidade em seu governo. “ Estamos no caminho certo para a concretização dos nossos sonhos, e prova disso é ver Macuco hoje no centro das atenções de toda a região serrana. Estamos conseguindo dar continuidade as obras que há tantos anos nossa população pede, como nosso sonhado Hospital Municipal, e temos nos dedicado a todas as áreas, solicitando ajuda nas esferas estadual e federal”, disse o prefeito.



Adicionar Comentario

Trajano de Moraes acerta dívida de mais de 4 milhões com a Enel

  • PDF

O município de Trajano de Moraes tinha até pouco tempo uma divida de R$ 4.167.704,00 com a empresa que fornece energia elétrica a região (ENEL). Após reuniões com representantes da corporação o prefeito Rodrigo Viana, conseguiu acertar os débitos e a prefeitura se encontra adimplente, ou seja, o município não tem mais dívidas com a empresa devido a um encontro de contas e um acordo que o município assinou na sede da empresa em Niterói.

“Conseguimos quitar esse débito. Essa dívida era um calço nas contas da administração muito grande. Vamos continuar indo em frente em prol de uma Trajano de Moraes melhor para nossa população. Assinei um acordo com a Enel Distribuidora para sanar a dívida contraída. Esse passo foi muito importante e vantajoso para o município e nos ajudará a honrar com esse compromisso e evitar problemas com corte de energia”, avaliou o prefeito.

O município busca diariamente atender a todos os locais com iluminação pública de qualidade, mas para isso dependia parcialmente deste acerto de contas. “Estamos acertando a dívida com a empresa para garantir o pleno funcionamento dos órgãos da prefeitura e a iluminação em todos os bairros da cidade e distritos. O serviço de troca de lâmpadas nos bairros continua. Investir em iluminação pública é investir também em segurança e qualidade de vida. O investimento em iluminação também é prioridade e pretendemos atingir boa parte da cidade com esse projeto”, destacou Rodrigo Viana.

Após estudos, o governo enxergou que poderia economizar prestando o serviço por conta própria, além de investir na melhoria do serviço através da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos. Desde o início dos trabalhos mais de mil pontos de luz foram acesos nos bairros da cidade e distritos. “A melhoria da eficiência dos sistemas de iluminação pública, também embeleza as áreas urbanas e favorece o comércio e lazer noturno, contribuindo assim, para o desenvolvimento social e econômico da população”, ressaltou o prefeito.



Adicionar Comentario

Câmara Municipal faz doação ao Hospital Nossa Senhora do Carmo

  • PDF



Encerrando seu período como presidente da Câmara Municipal do Carmo, o vereador Romerito conseguiu fazer a doação de R$ 36.358,79 para o Hospital Nossa Senhora do Carmo. O valor foi economizado do orçamento do legislativo apesar de todas as conquistas dos últimos anos.

A doação só possível graças a um pacto entre os vereadores do município, o executivo e o próprio hospital. Por determinação legal, o valor tem que ser encaminhado pelo legislativo para a prefeitura, que então repassou a verba para a unidade de saúde.

“Eu, como presidente, e todos os vereadores queríamos estar repassando muito mais dinheiro para o hospital Nossa Senhora do Carmo, mas diante das mudanças que fizemos este ano na casa legislativa, com a abertura de concurso público, a criação dos gabinetes para os 11 vereadores, compra de carro, isso tudo foi onerando um pouco e pudemos doar estes R$ 36 mil. Não é uma grande valia, mas espero que possa estar ajudando ao Hospital Nossa Senhora do Carmo”, explicou Romerito.

Além do que já foi exposto, o valor economizado foi fruto do corte no número de assessores parlamentares e de outras medidas de contenção neste momento de crise. A câmara também implantou neste ano o ponto eletrônico para dar mais transparência aos trabalhos do legislativo.

“Em 2018 conseguimos fazer bastante coisa, além do que já tinha sido feito em 2017, quando conseguimos doar um carro para a saúde, através das economias que vínhamos fazendo. Também compramos um carro para a câmara e ainda devolvemos R$ 106 mil para o município. Isso tudo além das melhorias internas na casa. Em 2018, instalamos quatro câmeras para que as pessoas possam assistir às sessões de casa. Também fizemos um concurso com muita transparência, onde praticamente só foram aprovadas pessoas de outros municípios. Com tudo isso, conseguimos fazer a doação para o hospital, que merece todo o nosso apoio e cuidado”, concluiu Romerito.



Adicionar Comentario

Trajano de Moraes tem parecer favorável da prestação de contas de 2017

  • PDF



Em recente sessão do Tribunal de Contas do Estado (TCE) foi emitido parecer favorável à aprovação das contas de 2017 de Trajano de Moraes. O gestor, Rodrigo Viana e o vice Jorge Diniz, realizaram durante o período investimentos na área de saúde, educação, cultura, esporte, lazer entre outras. Segundo o TCE não foi gasto com pessoal mais do que 54 % da Receita Corrente Liquida (RCL) como determina a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Pelo segundo ano consecutivo, os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) tiveram que dar adeus ao recesso e trabalhar em janeiro para dar seguimento ao julgamento das contas municipais fluminenses. Os funcionários voltaram ao batente na quarta-feira (2), em uma sessão que aprovou os números apresentados por Angra dos Reis, Itabapoana, Trajano de Moraes, São José de Ubá e Cambuci.

De acordo com o prefeito Rodrigo Viana, a aprovação se deu pelo uso correto do dinheiro público com decisões acertadas, como o corte imediato de recursos assim que assumiu o governo municipal. Ainda conforme o prefeito, apesar da aprovação com louvores dos conselheiros, muitos investimentos feitos pela atual gestão não fazem parte do rol das análises do TCE.

“A população de Trajano de Moraes e dos distritos confiaram em nossa gestão, e o resultado esta aí para todos verem, ou seja, estamos entre os cinco municípios que tiveram as contas aprovadas no estado do Rio de Janeiro. Quero agradecer aminha equipe de trabalho que esta sempre comprometida em oferecer e levar o melhor a nossa cidade. Com isso o planejamento e correta execução dos recursos são muito superiores, refletindo na melhoria da qualidade de vida da população”, comentou Rodrigo Viana.

De acordo com o TCE, todos os cinco prefeitos cumpriram os investimentos mínimos em saúde e educação, mas em cada um dos casos houve ressalvas feitas pelos conselheiros. Com o plenário ainda desfalcado pelo afastamento de cinco titulares como consequência da operação "O quinto do ouro", o TCE fechou o ano de 2018 com apenas 33 pareceres distribuídos, dos 91 municípios jurisdicionados pelo tribunal.



Adicionar Comentario

Prefeitura de Cantagalo renova convênios com Pestalozzi e Asilo

  • PDF

O Município de Cantagalo, através do Fundo Municipal de Assistência Social prorrogou os Termos de Fomento às Entidades Asilo da Velhice Visconde de Pinheiro e Associação Pestalozzi de Cantagalo. Foram celebrados Termos Aditivos aos Termos de Fomento nº 001/2017 (Federal), 002/2017 (Federal), 003/2017 (Próprio) e 004/2017 (Próprio). Esta ação de apoio às instituições era um desejo do prefeito Guga de Paula e que foi iniciado em maio de 2017, contemplando assim duas importantes instituições cantagalenses que realizam um trabalho de fundamental importância para a cidade.

Justifica-se pelo fato de que as entidades  realizam no Município trabalho de notória relevância à sociedade. Desta maneira a continuidade dos repasses financeiros visam a fomentar os serviços e atividades desempenhadas pela entidade privada sem fins lucrativos. E considerando o fato de que os serviços vêm sendo prestados de modo regular e tem produzido os efeitos desejados. Assim sendo, o Fundo Municipal de Assistência Social prorrogou  em 12 (doze) meses o prazo de vigência que se findaria em 31 de dezembro de 2018. Passa então a vigorar o novo prazo com o término em 31 de dezembro de 2019.

A prorrogação teve parecer favorável do setor Jurídico da Prefeitura e do Controle Interno. E contou ainda com a aprovação unânime do Conselho Municipal de Assistência Social, Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Para a  secretária de Assistência Social, Jussara Figueira de Paula, realizar a assinatura de prorrogação dos termos de fomento ainda em 2018 é de suma importância, isto garante que as instituições possam entrar em Janeiro de 2019 recebendo estes importantes recursos para a sua manutenção diária.

Estão sendo repassados para  a Associação Pestalozzi de Cantagalo, R$ 3.000,00 mensais do Recurso Próprio do Município e R$ 5.425,96 mensais de Recurso Federal. Já para o Asilo da Velhice Visconde de Pinheiro, R$ 1.460,00 mensais, de Recurso Federal e R$ 4.000,00 mensais  de Recursos Próprios do Município.

Estiveram presentes na ceremônia de assinatura dos termos, o prefeito Guga de Paula, a secretária de Assistência Social, Jussara Figueira de Paula, o secretário de Governo, Eduardo Medeiros, o presidente da Associação Pestalozzi de Cantagalo, Gilldomar Bard e o presidente do Asilo da Velhice Visconde de Pinheiro, César Carvalho.



Adicionar Comentario

Foguetes com efeito sonoro estão proibidos em Nova Friburgo

  • PDF

Soltar fogos de artifício com efeito sonoro está proibido por lei em Nova Friburgo e pode gerar multa e outras sanções, caso ocorra o flagrante. É o que diz o projeto de autoria do vereador Janio Carvalho, aprovado pela Câmara em junho de 2017, e sancionado por decreto pelo prefeito Renato Bravo em 19 de dezembro de 2018.

A nova lei só entrará em vigor após 30 dias após sua publicação, ou seja, na segunda quinzena de janeiro. Ainda assim, o município não terá queima de fogos para o público.

Entre as punições previstas para quem for flagrado soltando fogos de artifício estão multa (que varia entre R$ 50 e R$ 1 mil), apreensão do material e interdição (em caso de estabelecimento comercial).

Segundo o vereador Janio Carvalho, o objetivo da lei é proteger o meio ambiente e “evitar prejuízos à saúde do homem, em especial, de crianças, idosos, pessoas com transtornos mentais, com síndrome de down, autistas e de pessoas com deficiência auditiva que utilizam aparelhos, que podem ter maior sensibilidade ao barulho dos fogos, causada pela amplicação sonora desses aparelhos”, diz o ato assinado pelo prefeito. Fogos com efeitos de luz e cores estão autorizados.

O documento diz ainda que considera dados estatísticos da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia e do Ministério da Saúde, referentes aos índices de acidentes causados pela manipulação e queima desses artefatos, e considera os riscos aos animais que ficam assustados com o som dos fogos.

A autuação, em caso de descumprimento da lei, será feira pela Guarda Municipal e Secretaria de Ordem e Mobilidade Urbana. Nas Áreas de Proteção Ambiental (Apas) do município, incluindo os distritos de Lumiar e São Pedro da Serra, a fiscalização, orientação e aplicação de penalidades caberá a Secretaria de Meio ambiente e Desenvolvimento Urbano Sustentável.



Adicionar Comentario

Pgina 7 de 436

Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado