Geral

Cantagalo é o maior produtor de leite na Região Serrana

  • PDF

O município de Cantagalo é o maior produtor de leite na região Serrana, segundo informações da Empresa de Assistência Técnica Rural (Emater-RJ) do Estado do Rio de Janeiro. A produção de leite do município foi de 14.968.441 litros em 2017. A informação é de Marcos Belo Costa Ferreira, supervisor Regional Serrana.

Em segundo lugar, fica o município de Carmo com 9.650.527 litros no ano passado. E em terceiro lugar, ficou o município de São Sebastião do Alto, que produziu em 2017, 9.321.959 litros durante todo o ano.

O município de Duas Barras ficou em quarto lugar na produção de leite. Foram 6.475.684 litros durante o ano de 2017. Em quinto lugar, ficou o município de Sumidouro que produziu, em 2017, 5.595.537 litros de leite.

O município de Santa Maria Madalena atingiu 4.797.426 litros de leite; Sapucaia com 3.565.437 litros de leite; Trajano de Morais produziu 3.330.027 litros de leite; Macuco 2.400.000 litros de leite; Bom Jardim produziu 2.300.000 litros de leite e Cordeiro apenas 2.000.000 litros de leite, segundo dados da Emaber/RJ.

Uma grande maioria desta produção leiteira vai para a Cooperativa Regional Agropecuária de Macuco, considerada uma das maiores do Estado do Rio de Janeiro.



Adicionar Comentario

Obras de canalização do Córrego de Valão do Barro terá R$ 4 milhões do Governo Federal

  • PDF

O prefeito de São Sebastião do Alto, Tavinho Rodrigues, comemorou nas redes sociais, no dia 21 de junho deste ano, a conquista de uma emenda parlamentar com o deputado Áureo, no valor de R$ 4 milhões.

“Da viagem a Brasília agora começa a chegar o resultado, hoje assinei o convênio da canalização do córrego de Valão do Barro, R$ 4 milhões. Agradeço o deputado federal Áureo”, afirmou o prefeito.

Estes recursos deverão ser aplicados na obra de canalização do Córrego no distrito de Valão do Barro. Esta obra é esperada há muito pela população do distrito altense.

O convênio foi assinado entre o Município de São Sebastião do Alto e o Ministério da Saúde, através da Fundação Nacional de Saúde, visando sistema de esgotamento sanitário. O documento foi assinado pelo atual prefeito Carlos Otávio da Silva Rodrigues, pela Prefeitura Municipal e por Rodrigo Dias, atual presidente da Fundação Nacional de Saúde.



Adicionar Comentario

Encontro comemora 30 anos sem censura

  • PDF

A presidenta do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, defendeu, no último dia 11 de junho, a liberdade de expressão nos meios de comunicação e disse que “sem a imprensa livre, a Justiça e o Estado não funcionam bem”. A declaração dada foi durante o seminário ‘30 anos sem censura: a Constituição de 1988 e a liberdade de imprensa’. O evento foi promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em Brasília, e contou com a presença do presidente da Associação de Jornais e Revistas do Interior do Brasil (Adjori-BR) e da Adjori-PR, Elízio Siqueira. 

“Em 30 anos de vigência da Constituição, a mídia é outra, o poder é outro, a sociedade é outra, porque tudo muda. Mas, a Constituição precisa de ser reinterpretada para se manter viva e coerente com as necessidades do povo brasileiro, da cidadania brasileira”, falou a ministra. 

Elízio avalia que a discussão é importante, pois, embora a ditadura militar e a censura sejam página virada na história do Brasil, ainda há resquícios. “Um dos debates mais atuais é a possibilidade de censurar as chamadas fake news, especialmente nas redes sociais. Acredito que nenhum tipo de proibição é boa. As notícias falsas devem ser combatidas com mais informação e não com menos. O jornalismo profissional, pautado pela checagem de fatos, é essencial nesse sentido”.

O surgimento das fake news como arma de desinformação e o uso de robôs nas redes sociais como ameaças ao direito de informação da sociedade e ao exercício do jornalismo foram alguns dos temas discutidos nos vários painéis realizados durante o seminário. O evento ainda debateu a censura judicial à liberdade de imprensa e os processos de indenização por danos morais. No dia 11 de junho fizeram exatos 30 anos da promulgação da Constituição de 1988, que impediu à censura prévia da imprensa, após anos de regime de ditadura militar.



Adicionar Comentario

Oito casais participam de casamento comunitário em Duas Barras

  • PDF

No dia 18 de junho foi realizado o Casamento Comunitário,  na Praça Governador Portela, no centro de Duas Barras. Com o objetivo de proporcionar a regularização dos laços matrimoniais aos casais residentes em Duas Barras, Monnerat e localidades. 

O evento foi uma parceria da Justiça e da Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Assistência Social. 

Para muitos o sonho de se casar pode vir acompanhado de medos e incertezas. O problema é quando essas inseguranças não tem a menor relação com os sentimentos envolvidos no relacionamento, mas sim pelos altos custos que o processo matrimonial implica.

Quando falamos em casamento gratuito, não estamos falando em uma festa ou celebração religiosa em igreja sem custo nenhum. Mas sim a ausência dos custos burocráticos que envolvem o casamento civil.

Esse direito esta previsto no Artigo 1.512 do Código Civil pelas Leis nº 6.015/73 a 8.933/94. Porém vale lembrar que esse direito é destinado apenas para pessoas que não tem condições financeiras para arcar com esses custos.

Para realizar o processo de casamento com essas condições, o casal deve solicitar no próprio Cartório e preencher uma Declaração de Hipossuficiência (vulgarmente conhecida como Declaração de Pobreza).

O Cartório não pode contestar ou pedir qualquer tipo de comprovação das informações dessa declaração para não causar nenhum tipo de constrangimento. Porém é responsabilidade do casal que a falsidade das informações podem ter consequências civis e criminais.

Após realizar a declaração de hipossuficiência o casal deve apresentar a documentação necessária para dar entrada no processo de casamento. 

A atual juiza da Comarca de Duas Barras, Maria Padilha em entrevista ao repórter Reinaldo Rocha explicou a importância e a satisfação em estar realizando pela segunda vez o casamentos comunitários na cidade. “A Justiça não deve estar somente nas situações litigiosas de um casal. Estamos no mês de junho, mês do Santo Antonio casamenteiro, e muito bacana ver as pessoas realizando e legalizando seus sonhos”, afirmou.

Este ano a previsão era que 15 casais iriam participar do casamento, mas somente oito foram possíveis, por falta de documentação.

A solenidade foi organizada pela Prefeitura Municipal de Duas Barras, através da Secretaria Municipal de Assistência Social e da Comarca da Justiça local. 

A Sociedade Musical 8 de Dezembro, a banda de música da cidade, fez uma apresentação durante a solenidade, numa tenda montada no centro da cidade. O prefeito da cidade, Luiz Carlos Lutterback e a juíza da Comarca, Maria Padilha, participaram do evento, além de familiares dos envolvidos nos casórios.



Adicionar Comentario

Festa dos Carecas completa 109 anos

  • PDF

Neste final de semana a tradicional Festa dos Carecas em Cantagalo, organizada pela Comissão de Festa dos Carecas e apoiada pela Prefeitura Municipal vai ser realizada.

A festa junina em louvor aos Santos Juninos, São Pedro, São Paulo, Santo Antônio e São João, completa 109 anos e terá grandes atrações musicais da região Serrana.

Nesta sexta-feira (29), o grande Cantor Pedro Garcia abre a festa com muito forró e musicas juninas às 21h30min, e às 23h30min é a vez do Cantor Cantagalense que tem se destacado em cenário nacional, Victor Sally, acompanhado de sua banda promete agitar o final da noite de sexta.

No sábado (30), às 10h, haverá a “Manhã Cultural”, que trará atrações para todas idades promovendo a cultura em praça pública. A partir das 21h, uma grande quadrilha junina invade a praça do centro da cidade, com danças e trajes típicos desta época do ano.

Ainda no sábado, a Cantora sertaneja Sarah Freitas se apresenta, trazendo o melhor do atual cenário musical, acompanhada de sua Banda, Ela trará canções de Vozes Femininas que estão no topo das rádios atualmente. 

No domingo (01), a tarde é de muita diversão com a “Tarde Cultural”, com a presença de Roda de Capoeira, Danças, Ballet, Rezinho vidal e muito mais. Já as 21h, o Friburguense Israel Lacerda se apresenta e encerra a Festa dos Carecas.



Adicionar Comentario

Corte de árvores em Duas Barras revolta morador

  • PDF

Um morador da cidade de Duas Barras enviou para o Jornal da Região uma denúncia contra a Prefeitura Municipal sobre o corte de árvores nas ruas da cidade.

“Sou morador de Duas Barras e hoje sofremos um verdadeiro crime ambiental realizado pela prefeitura. Na avenida Getúlio Vargas, várias árvores da espécie sibipiruna foram cortadas por ordem do prefeito municipal sem uma justificativa ou mesmo permissão do Inea. São árvores com mais de 50 anos e que tem grande valor afetivo para população por ficar em frente ao principal Colégio estadual da cidade. Alem disso a cidade possui poucas arvores em suas ruas”, denunciou o morador, que inclusive, enviou fotos das árvores quando ainda estavam de pé, e depois do corte.

De acordo com funcionários da Prefeitura o corte foi feito por estarem velhas e seriam substituídas por novas mudas. “Mas as árvores não estavam doentes e não foi feito estudo por especialista ou mesmo não caiam galhos na rua. Nada foi informado para a população.  Sei que as árvores não vão retornar, mas precisamos parar essa cultura de se desmatar sem motivo. A população está triste com o ocorrido”, garantiu o morador que pediu para não ser identificado.

“Reitero o meu pedido para que o meu nome não seja divulgado pois acredito que possa sofrer algum tipo de perseguição por parte do governo municipal”, pediu o morador bibarrense.

Mas o morador explica com detalhes o objetivo de sua denúncia: “O meu objetivo é evitar que esse crime ambiental volte ocorrer devido ao autoritarismo e sem um fundamento. Não tenho intenção de prejudicar nenhuma pessoa ou funcionário da prefeitura! Acredito que devemos defender o meio ambiente pois esse será o maior legado para as futuras gerações”, garante.

O morador apresenta também algumas justificativas apresentadas para realizar o corte. “Foi dito de maneira informal que as árvores estariam “arrebentando” o calçamento, fato que não é observado nas fotografias. Também foi alegado que galhos estavam caindo, isso não é realidade e uma poda corretiva seria o adequado se fosse realidade. E por último, alegaram que não estavam fazendo sombreamento para os carros! Fico preocupado pois ainda existe um trecho com árvores e que podem ser cortadas”, concluiu o morador de Duas Barras.



Adicionar Comentario

Escola de Maria Mendonça, em Trajano de Moraes representa o estado do Rio de Janeiro na V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente

  • PDF

O projeto “Salvando a nascente da nossa escola” representará o estado do Rio de Janeiro na V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, realizada pelo Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental – Ministérios da Educação e do Meio Ambiente. 

O evento foi realizado entre os dias 15 e 19 de junho, no município de Sumaré, no estado de São Paulo. Esta é uma estratégia de mobilização de estudantes, adolescentes e jovens de todo o país visando promover a reflexão, o desenvolvimento de estudos e pesquisas, além de estimular a proposição de ações e projetos no contexto da temática socioambiental, considerando seus desafios e alternativas, no âmbito da escola e de seu entorno. A Conferência é um processo pedagógico, dinâmico, de diálogos e encontros, voltado para a valorização da cidadania ambiental nas escolas e comunidades a partir da educação ambiental crítica, participativa, democrática e transformadora, indo ao encontro dos processos participativos em torno do projeto de monitoramento participativo do Rio Macabu. 

Ao retornar do 8º Fórum Mundial da Água, em Brasília, onde o projeto de monitoramento participativo, Rio Macabu em ação: história, conhecimento e vida foi considerado referência para o enfrentamento da crise hídrica no mundo, houve uma reunião de avaliação e nela foi proposta a participação na Conferência Estadual Infantojuvenil de Meio Ambiente. A Escola Municipal Maria Mendonça se prontificou a realizar a Fase Municipal. Referendados para fase estadual as representantes Larissa Mafort, aluna, e Suely Miranda, professora, se destacaram pelo conteúdo e postura. O resultado foi a indicação da aluna como delegada, o projeto como representante do estado do Rio de Janeiro e, portanto, a trajanense Suely Miranda foi a única professora do estado a estar presente na Fase Nacional.

Para confirmar o caráter de comprometimento e compartilhamento, iniciado pelo projeto de Monitoramento Participativo do Rio Macabu, todas as escolas participaram dos preparativos, colhendo sementes de árvores da região, a fim de que sejam trocadas com os demais participantes do país. Além disso, a artesã Lucimar Mafort, bordou em malha a marca do projeto vencedor “Salvando a nascente da nossa escola”. Funcionários da Secretaria de Municipal de Meio Ambiente separam as sementes por espécies e a Jô Heizer foi a cidadã responsável pela confecção dos saquinhos de juta que receberão as sementes. É um mutirão com muitas mãos e pensamentos propositivos para continuar fazendo o melhor por Trajano de Moraes. Tudo feito com a certeza de que precisamos de muita consciência dos nossos problemas ambientais e união para garantirmos um lugar melhor para nós mesmos e para as futuras gerações.

Trajano já se consolida como um município que se preocupa com as questões socioambientais locais e globais com ênfase na participação social, fala o prefeito Rodrigo Viana. Ele disse, ainda, que as iniciativas o fazem crer na capacidade dos trajanenses em tornar o município uma referência de cuidado com o ambiente. Larissa e Suely vão para a capital do estado do Rio de Janeiro, no dia 14, e seguem no dia seguinte para Sumaré, no estado de São Paulo.



Adicionar Comentario

Empresário Júlio Cordeiro assume presidência da Acianf

  • PDF

Numa cerimônia que lotou o Teatro do Barão de Nova Friburgo, no Country Clube, na noite do dia 13 de junho, o empresário Júlio César Celles Cordeiro foi empossado diretor da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Nova Friburgo (Acianf) pelo biênio 2018-2020. A solenidade contou com a presença maciça de autoridades, personalidades e associados da entidade, que completou 100 anos em dezembro.

O ex-presidente e atual vice-presidente de Finanças, Flavio Stern, ressaltou sua satisfação ao dar posse à Júlio e destacou as ações durante seus quatro anos à frente da Acianf. Agradeceu a toda diretoria que esteve junto ao seu mandato e finalizou afirmando que se sente honrado de continuar a fazer parte da entidade na área financeira.

Ao discursar, o presidente da Facerj destacou que as associações comerciais têm a “importante missão de equilibrar socialmente e economicamente a sociedade”. Parabenizou a todos e concluiu com o recado: “Sigam o exemplo de tantos presidentes que passaram por aqui e que ajudaram a tornar a associação de Nova Friburgo a mais importante do estado”.

A presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae, Carla Fernandes Pinheiro, parabenizou a renovação da diretoria e ressaltou ainda “o excelente trabalho que a Acianf desempenha unindo todas as classes de Nova Friburgo”.

O presidente da Câmara passou a medalha que a Câmara mandou confeccionar especialmente em comemoração aos 200 anos de Nova Friburgo e desejou sorte nessa nova etapa à nova diretoria, ressaltando “a importância da união em favor da cidade para trazer cada vez mais o desenvolvimento para a cidade”.

O prefeito Renato Bravo afirmou que “não há hoje no país uma associação comercial que tenha uma posse tão concorrida, tão prestigiada como essa nessa noite tão especial”. Parabenizou Júlio Cordeiro, Flavio Stern e registrou uma situação especial que ele vivenciou: “Há uns 20 anos atrás, existia a ideia de se acabar com a associação; hoje, ao completar 100 anos, a Acianf dá uma demonstração de força maravilhosa, muito em função de parcerias que foram construídas, e isso é motivo de celebração”.

O novo presidente, Julio Cordeiro aproveitou a oportunidade para reconhecer em público e agradecer aos deputados presentes a luta pela prorrogação da Lei da Moda no ano passado e a geração de empregos na cidade que a iniciativa proporcionou. Agradeceu à família, elogiou o alto desempenho da diretoria e de toda a equipe de funcionários da Acianf e destacou a expressiva presença dos poderes Executivo e Legislativo e de entidades como Sebrae, CDL, Sincomércio e diversos sindicatos “que podem e devem fazer muito mais por nossa cidade e região”.

Júlio apresentou os novos projetos da nova diretoria: o “Vamos Florir”, que será desenvolvido na Praça do Suspiro em parceria com a prefeitura, o Sebrae, o Convention Bureau e um grupo inicial de empresários do entorno do local, paisagistas e arquitetos; e a revitalização urbana do Centro. O prefeito Renato Bravo assinou um protocolo de intenções dos dois projetos.



Adicionar Comentario

Pgina 8 de 411

Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado