Geral

Prefeitura compra caminhão com recursos próprios

  • PDF



A prefeitura de Trajano de Moraes, através da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, adquiriu com recursos próprios um caminhão caçamba. O secretário municipal de Obras e Serviços Públicos Juninho Azevedo, afirmou que a qualidade da prestação do serviço será melhor pois as pessoas que precisarem do serviço de limpeza de entulhos deverá solicitar uma caçamba e assim que terminar o caminhão recolhe imediatamente os resíduos.

Anteriormente para o serviço de recolhimento de resíduos como entulhos, por exemplo, a Secretaria Municipal de Obras dispensava uma máquina pá carregadeira, um caminhão e mais dois ou três funcionários diariamente para atender toda demanda. Com a implantação do sistema, o secretário pretende a pedido do prefeito Rodrigo Viana e do vice Jorge Diniz colocar as caçambas a disposição da comunidade e o serviço será feito apenas pelo motorista e um auxiliar do caminhão que irá levar e recolher as caçambas.

De acordo com o prefeito Rodrigo Viana além da melhoria na prestação do serviço, esta ação irá possibilitar uma economia significativa aos cofres públicos, tanto na economia de gasto com combustível para máquina, caminhão e trator como também na mão de obra que faz este serviço e ficará disponível para outros serviços.

“Era uma necessidade do município, há algum tempo já havíamos adquirido os caminhões de coleta de lixo e agora recebemos as caçambas, desta forma poderemos realizar um descarte ideal destes materiais inservíveis, beneficiando assim a limpeza urbana e principalmente o meio ambiente. Em breve o cidadão será informado sobre quais procedimentos precisarão ser tomados para solicitar as caçambas, que poderão ser utilizadas para a coleta de restos de obras, bens inservíveis e entulhos em geral”, destacou o prefeito Rodrigo Viana.



Adicionar Comentario

Escritor lança livro sobre famílias da região

  • PDF



O genealogista Júlio César Araújo Lutterbach Galhardo de Castro, estudioso acerca do passado histórico da família Lutterbach e autor de alguns livros sobre a mesma, acaba de lançar um livro de biografias. Embora não se trate de uma obra genealógica, os biografados são membros de cinco tradicionais famílias da região centro-norte fluminense. 

Com exceção da família Erthal, de origem alemã, as famílias Wermelinger, Monnerat, Lutterbach e Lemgruber são todas de origem suíça e fizeram parte da colonização e fundação da cidade de Nova Friburgo. Aos poucos seus descendentes se espalharam por toda a Velha Cantagalo, participando ativamente da vida política, construindo estabelecimentos agrícolas modelares, sendo pioneiros na introdução do gado zebu no Brasil, destacando-se em seus respectivos segmentos. É exatamente sobre a vida de alguns desses familiares que o autor aborda, de forma simples e objetiva, desde os patriarcas até os dias atuais.

Essas cinco famílias se entrelaçaram por matrimônio ainda na primeira geração e, ainda que em menor escala, podemos ver casamentos acontecerem entre alguns de seus membros, . Esses casamentos entre si, através das gerações, fez com que essas famílias formassem um verdadeiro clã, existindo, por isso, de certa forma, grau de parentesco entre todos os biografados.

O prefácio fica por conta do médico e escritor Dr. Henrique Bom, autor de vários livros e um dos maiores estudiosos da colonização suíça em Nova Friburgo.



Adicionar Comentario

Escola de Santa Rita da Floresta é destaque nacional no Programa Parceria pela Valorização da Educação

  • PDF



Pelo terceiro ano consecutivo, o município de Cantagalo foi um dos selecionados pelo Instituto Votorantim para desenvolver o Programa PVE (Parceria pela Valorização da Educação) em 2019, uma das iniciativas mais relevantes em prol da melhoria da educação pública brasileira. O anúncio foi feito nesta terça-feira, dia 19, durante encontro realizado em São Paulo com representantes de 100 cidades brasileiras contempladas. Neste encontro foi entregue o Prêmio de Destaque Nacional da Escola Municipal Professora Lúcia Helena Pinheiro do Couto, recebido pela Secretária de Educação, Carla Guimarães e pela técnica de mobilização, Angélica Cosendey.

Implantado no município de Cantagalo no ano de 2017, o Programa Parceria Votorantim pela Educação, vem apresentando ótimos resultados com o trabalho realizado. Uma prova dos resultados deste trabalho é que entre as 1.200 escolas participantes do PVE no ano de 2018, a Escola Municipal Profª Lúcia Helena Pinheiro do Couto, com a diretora Helinha, foi considerada destaque nacional no PVE. A Escola é situada no 2º Distrito de Cantagalo, Santa Rita da Floresta,  e ficou entre as 10 foram selecionadas como destaque Nacional.

Na Escola Professora Lúcia Helena, os alunos do 4º ano do ensino fundamental , orientados pela Professora Marcinéia e em conjunto com a direção do colégio, desenvolveram as ações propostas pelo PVE e foram escolhidos na época como turma piloto. Além de um troféu de destaque, a escola receberá 10 meses de assinatura da Nova Escola e um curso de extensão em gestão escolar.

Ao longo destes dois anos de trabalho do PVE, o grupo de Rede de Mobilização Social formado por professores, sociedade civil organizada, líderes religiosos, pais de alunos, tem sido de fundamental importância para este desenvolvimento. A avaliação da Mobilização passou de frágil para em consolidação, demonstrando a evolução do trabalho desenvolvido. A expectativa da Técnica de Mobilização, Angélica Consendey, é que em 2019 a Rede de Mobilização cresça ainda mais e alcance o status de consolidada. Além da Técnica de Mobilização, atuam como técnicas formadoras da gestão escolar, as professoras Mônica e Janine, e como técnicas formadoras da gestão educacional, as professoras Marcinéia e Suely.

“O Resultado foi muito bom e para 2019 esperamos contar ainda mais com a participação dos Pais e de líderes comunitários nesta mobilização. E com isso, também conquistarmos mais esta premiação . Contamos com todos em 2019.” - Reforçou Angélica Cosendey.

“A expectativa para o PVE em 2019 é a melhor possível! O Programa vem com um novo formato que contribuirá ainda mais com a gestão municipal. Antes o Programa chamava-se Parceria Votorantim pela Educação, e agora passou a se chamar Parceria pela Valorização da Educação. Com esta nova formatação dos gestores e da equipe técnica da secretaria serão trabalhada fragilidades apontadas pelas equipes,  dando assim liberdade para as questões peculiares do município.” - Destacou a Secretária de Educação, Carla Guimarães.



Adicionar Comentario

Conferência da Cidade lota plenário da Câmara de Cantagalo

  • PDF



Mais uma vez, o plenário da Câmara Municipal de Cantagalo estava lotado para a realização da Conferência da Cidade. Já em sua segunda edição, o evento foi realizado no último sábado (09/03), dia em que foi comemorado os 205 anos de emancipação político-administrativa do município. O evento vem se tornando uma tradição em termos de reflexão sobre a História de Cantagalo e região, atraindo grande público.

Transmitida ao vivo pelo canal da Câmara de Cantagalo no YouTube, a Conferência teve como tema “As Minas Novas de Cantagalo na documentação do Conselho Ultramarino do século XVIII”. O conferencista, Professor Doutorando Cesar Augusto Ornellas Ramos, brindou os presentes com uma brilhante palestra sobre as inúmeras referências à Cantagalo, datadas do século XVIII, que constam no importante arquivo histórico do "Conselho Ultramarino", sediado em Portugal. Ao final de sua explanação, e após revelar informações e análises inéditas da História de Cantagalo e de cidades da região, o conferencista Cesar Augusto foi aplaudido de pé pela plateia presente.

Outro momento marcante do evento e bastante aclamado pelos presentes foi a cerimônia de entrega do Diploma de Mérito Cultural e Histórico Cantagalense ao desembargador federal, pesquisador e escritor, Dr. Clélio Erthal. De autoria do vereador Professor João Bôsco, a resolução que concede o Diploma ao Dr. Clélio foi aprovada por unanimidade dos vereadores em fevereiro deste ano. Bastante emocionado, o homenageado agradeceu a honraria proposta pela Câmara de Cantagalo por meio do vereador João Bôsco e explicou o processo de modificação da data de comemoração do aniversário de Cantagalo, reafirmando o dia 09 de março como a data de criação do município.

“A emancipação, a criação do município de Cantagalo foi no dia 09 de março de 1814, quando D. João, ainda Príncipe-Regente, assinou o Decreto criando o município de Cantagalo. Até então Cantagalo era um povoado, uma aldeia, pertencente ao extinto município de Santo Antônio de Sá. Há muito tempo vinha se debatendo pela necessidade de correção da nossa história. Dentre os que participaram dessa discussão estão o Professor João Bôsco, o Dr. Henrique Bon, o Professor Gerson Tavares, o Jornal da Região, através do Célio Figueiredo, entre outros”, explica Dr. Clélio Erthal.

Organizado pela Câmara Municipal de Cantagalo e pelo Centro de Memória, Pesquisa e Documentação de Cantagalo, nas pessoas da Professora Doutora Sheila de Castro Faria e do Professor Wesley Gonçalves, o evento tem como principal idealizador o vereador cantagalense Professor João Bôsco, que agradeceu a todos pelo apoio na realização da segunda edição da Conferência. “Agradeço ao Presidente da Câmara, Ocimar Pulunga, pelo apoio irrestrito ao projeto; aos vereadores Paulo Henrique Ferreira, Sérgio Campanate, Emanuela Teixeira e aos membros do Executivo que se fizeram presentes; ao Dr. Clélio Erthal, pela prestigiosa participação; ao caloroso público e, em especial, ao Prof. Cesar Augusto Ornellas Ramos, pela brilhante explanação”, disse João Bôsco ao final do evento.



Adicionar Comentario

Mais equipamentos para a agricultura de Macuco

  • PDF



A Prefeitura Municipal de Macuco, por meio da Secretaria de Agricultura recebeu um importante maquinário para o desenvolvimento agrícola do município, para beneficiar pequenos produtores. São um trator 4x4 de 85 cavalos, duas carretas basculantes, um sulcador, duas grades aradoras hidráulicas, uma plantadeira adubadeira de três linhas e uma ensiladeira.

Para aqueles agricultores do município que não possuem máquinas agrícolas, a Prefeitura disponibiliza através da Secretaria Municipal de Agricultura os maquinários que precisarem. 




O prefeito Bruno Boaretto e a vice-prefeita Michele Bianchinni entregaram a chave ao secretário de agricultura Felipe Daflon, e destacou a importância da produção rural na cidade, ressaltando o crescimento agrícola no municio, e o interesse que Secretaria de Agricultura trabalhe cada vez mais, no sentido de atender as necessidades dos nossos produtores rurais. 

O secretário de agricultura, Felipe Daflon, explicou como estas novas máquinas vão ajudar no trabalho da secretaria. “ Nós temos uma grande demanda do serviço prestado por estes maquinários, e agora, com a chegada destes implementos, nós podemos dar mais agilidade ao atendimento dos produtores”, garantiu o secretário Felipe Daflon.  



Adicionar Comentario

Cordeiro sedia reunião da Rede de Agentes de Desenvolvimento

  • PDF


O Centro de Inclusão Digital Dilta de Carvalho Feijó, na sede da Secretaria de Educação de Cordeiro, sediou nesta quarta-feira, dia 20, a primeira Reunião Bimestral da Rede de Agentes de Desenvolvimento do ano de 2019. Além dos agentes anfitriões, também participaram os representantes legais dos municípios de Cachoeiras de Macacu, Bom Jardim, Cantagalo, Macuco, Santa Maria Madalena e Carmo.

Ratificando a importância da atuação da Rede de Agentes de Desenvolvimento da Região Serrana para o crescimento socioeconômico regional, diversas autoridades municipais fizeram questão de prestigiar o evento, entre as quais o prefeito Luciano Batatinha; o chefe de Gabinete, Fabrício Barros; e os secretários de Fazenda, Administração e de Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico, respectivamente, Thiago Romito, Bruno Badini e Marcelo Pinheiro.

A parte organizacional e a elaboração do encontro ficaram a cargo dos agentes de desenvolvimento de Cordeiro Loanni Azevedo, Cristiane Sodré, Samyr Fernandes e Elizabeth Fagundes. Outras personalidades do segmento que enriqueceram a qualidade da Reunião Bimestral foram Fernanda Gripp, coordenadora Regional do SEBRAE/RJ, e Raquel Stumm, técnica do SEBRAE. Ambas fizeram explanações bastante apropriadas ao encontro e foram bastante aplaudidas pelos presentes.

Os trabalhos, porém, foram iniciados pelo coordenador da Rede de Agentes de Desenvolvimento, Jorge Braz, que em seguida passou a palavra ao consultor do SEBRAE, Sidney Mathias, que apresentou uma série de relatórios pertinentes à Rede de Agentes. Dentre os temas abordados os destaques foram a necessidade de se enfatizar cada vez mais os atendimentos da Sala do Empreendedor, análise do Regimento Interno da Rede, e ainda foram debatidos assuntos sobre a eleição da nova coordenação.

“Observamos aqui a excelência do planejamento desses agentes tão comprometidos com suas respectivas cidades. Foi uma reunião muito produtiva e bastante proveitosa, uma oportunidade de definição de muitas ações que certamente continuarão contribuindo para o desenvolvimento da Rede de Agentes e, principalmente, dos municípios da Região Serrana. Destaco ainda a fundamental importância para Cordeiro da parceria com o SEBRAE e os convido a montar um estande para promover as ações durante a Expo-Cordeiro 2019”, disse o prefeito.



Adicionar Comentario

Cordeiro busca parcerias com Secretaria Estadual de Agricultura

  • PDF

O prefeito Luciano Batatinha e sua vice-prefeita Maria Helena informaram nesta quinta-feira, dia 28, que continuam buscando formas de aumentar o número de parcerias que se convertam em benefícios para todos os setores da Administração Municipal e, consequentemente, melhore a qualidade de vida de toda a população cordeirense.

Dessa vez, eles se deslocaram até a sede da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento para uma reunião exclusiva com o secretário titular da pasta, o ex-senador da República Eduardo Lopes. Segundo eles, além de muito receptivo, ele demonstrou muito boa vontade em auxiliar Cordeiro. “Desde os tempos de senador, quando visitou nossa cidade, ele vem se mostrando disposto a colaborar conosco. Certamente teremos muito a ganhar com seu auxílio”, diz a vice Maria Helena.

No encontro, realizado na última terça-feira, 26, foram discutidas as possibilidades de o Governo do Estado, através da Secretaria de Agricultura, viabilizar parcerias com a EMATER/RJ e FIPERJ. Dentre as solicitações de Batatinha e Helena estão a necessidade de recolocar em prática na Zona Rural de Cordeiro o Projeto Estradas da Produção, cujo objetivo é garantir a recuperação e conservação das estradas vicinais, vias de escoamento da produção de hortifrutigranjeiros do homem do campo.

Outro assunto colocado pelos dirigentes cordeirenses diz respeito ao Parque de Exposições Raul Veiga. A tentativa é de que haja um estudo detalhado por parte da Secretaria de Estado de Agricultura, buscando a possibilidade de uma parceria capaz de viabilizar a utilização do tradicional espaço, onde ocorre a maior feira rural do interior fluminense, durante todos os meses do ano e não apenas no período da Expo-Cordeiro.

Disposto a auxiliar Cordeiro, Eduardo Lopes se comprometeu a realizar em breve uma visita à Cidade Exposição. Seu intuito é estreitar o relacionamento com a Secretaria de Agricultura do município e se aproximar dos produtores rurais locais. Assim, segundo suas próprias palavras, ele conhecerá de perto a situação e poderá discutir alternativas para o desenvolvimento pleno do agronegócio no município.

“Foi mais um encontro bastante proveitoso. Minha vice-prefeita e eu deixamos a sede da instituição estadual bastante otimistas, até porque encontramos no secretário Eduardo Lopes uma pessoa aberta ao diálogo e ciente das necessidades de fomentar ainda mais as questões agrícolas das cidades do interior”, emendou Luciano Batatinha.



Adicionar Comentario

Clélio Erthal recebe Diploma Mérito Cultural e Histórico Cantagalense

  • PDF



Durante a realização da segunda Conferência da Cidade realizada na sede da Câmara Municipal de Cantagalo, logo na abertura do evento, o vereador João Bôsco de Paula Bon Cardoso prestou uma homenagem ao pesquisador e escritor Clélio Erthal.

Através do projeto de resolução foi concedido o Diploma de Mérito Cultural e Histórico Cantagalense ao desembargador federal aposentado, pesquisador e escritor Clélio Erthal. Clélio Erthal é filho de Eugênio Erthal Sobrinho e Maria Wermelinger Erthal. Nasceu em Cantagalo no dia 6 de maio de 1930.

Cursou o primário no colégio particular da professora Dulce Barros Lutterbach e depois no Ginásio Euclides da Cunha, com a professora Corina Penna da Fonseca. O curso de admissão ao ginásio foi ministrado pelos professores Manoel Ramos e Romildo Cariello, no período de férias.

No ginasial, teve como professores Alcides Ventura, Niltho Leite, Manoel Vieira Baptista, Sílvio Lutterbach, Lourdes Dietrich Gonçalves, Marino de Paula Pinto, Messias Moraes Teixeira e outros.

Terminado o curso ginasial, em 1947, foi para Niterói, onde cursou o científico (no Colégio Bittencourt Silva) e depois o acadêmico (na Faculdade de Direito da Cidade).

Como professor, lecionou nos dois colégios da Campanha dos Educandários Gratuitos em Itaocara (onde também foi eleito vereador e vice-prefeito) e no Ginásio João Brasil e Escola Normal Ilca Peçanha, em companhia da esposa Vera Dias Erthal.




Vereador em Itaocara, no período de 1959 a 1962; Vice-Prefeito do município de Itaocara, de 1963 a 1966; Advogado do BNDE (função obtida por concurso nacional) no período entre 1967 e 1976, tendo então exercido a função de chefe da Divisão de Contratos; Procurador da República no período entre 1977 e 1983 - quando exerceu a Chefia do Órgão no antigo Estado do Rio. Juiz Federal (também por concurso público, prestado em Brasília), no período entre 1983 e 1987 - ocasião em que exerceu o cargo de Diretor do Foro Federal no Rio de Janeiro por duas vezes. Foi no exercício dessa função que construiu a nova sede da Entidade, na Cinelândia, e preparou o prédio da rua Acre, nº 80, para receber o Tribunal Federal da 2ª Região, então criado.

Desembargador Federal entre 1988 (quando foi criado o TRF - 2) e 1998 (quando se aposentou); Diretor da Escola da Magistratura Federal (EMARF) e Presidente da Comissão de Interiorização da Justiça Federal, mediante criação de Varas Federais nas principais cidades do interior.

É um dos mais importantes pesquisadores da História de Cantagalo e da História Regional. Seus livros são referência para muitos historiadores, professores, alunos, e todos aqueles que desejam compreender melhor nosso passado.

Sobre a história cantagalense, é autor de trabalhos de grande fôlego, como: “Cantagalo - da miragem do ouro ao esplendor do café” e “Cantagalo 2 - do surto da pecuária à industrialização do calcário”.

Sobre a história bonjardinense, escreveu: “Bom Jardim - breves notas sobre a evolução do município, à luz da história regional”.

“É inquestionável a imprescindível contribuição do Dr. Clélio Erthal para o enriquecimento cultural de Cantagalo, bem como, para o avanço da produção historiográfica local, fazendo jus, portanto, ao Diploma de Mérito Cultural e Histórico Cantagalense”, afirmou o vereador João Bôsco.

Clélio Erthal, emocionado, agradeceu as homenagens e disse não merecer tantas considerações. “Agradeço a honraria que acabo de receber, por iniciativa do vereador João Bôsco”, disse Clélio Erthal durante a solenidade, e aproveitou para contar um pouco da história do município de Cantagalo, reafirmando a data de 09 de março, como a emancipação do município.



Adicionar Comentario

Pgina 8 de 446

Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado