Geral

Cordeiro poderá ganhar unidade da Universidade Castelo Branco

  • PDF
Em sete dias, o prefeito de Cordeiro, Luciano Batatinha, e a vice-prefeita, Maria Helena, conseguiram avanços expressivos para a implantação de cursos universitários no município. Após visitarem a reitoria da Universidade Castelo Branco (UCB) na semana anterior, no dia 14 de fevereiro, os diretores da instituição retribuíram a visita, quando estiveram em Cordeiro para uma reunião no Centro de Inclusão Digital Dilta Feijó, no Centro da cidade.

Ao abrir o encontro, o prefeito confidenciou sua felicidade com a possibilidade real de parceria com uma universidade respeitável e disposta a atender o município, principalmente pela ausência de cursos em termos regionais. “Será a realização de um sonho para a nossa cidade. Porém, é preciso cautela por ser um assunto que exige seriedade e transparência em todos os trâmites. Uma comissão irá estudar a melhor forma de receber a faculdade, que, além de qualificar nossos jovens, aumentará o fluxo de pessoas na cidade e aquecerá substancialmente nossa economia”, relatou o prefeito.

Em nome da UCB, o professor Armando Leite, diretor de superintendência, destacou a expansão da universidade para o interior. Após estudos sobre infraestrutura, na visão da Castelo Branco, Cordeiro é propício para abrigar cursos de veterinária e das áreas de saúde. Para isso, serão iniciadas as tratativas com a Administração Municipal no intuito de percorrer os caminhos legais para que a UCB se estabeleça no município.

Ponderando os reflexos da crise, Armando Leite afirmou que os empregos são mais difíceis e demorados para quem não possui qualificação acadêmica. “Essa preocupação vem ao encontro das metas da Universidade Castelo Branco. Queremos manter essa proximidade com o interior e contribuir para aumentar essa qualificação. Com as mudanças no Ministério da Educação, será mais rápido o processo de estruturação da faculdade em Cordeiro”, garantiu, acrescentando ter aprovado a receptividade e possibilidade de contribuir, através do conhecimento, com o crescimento da cidade.

Interagindo com dirigentes da universidade, diretoras e professoras demonstraram adesão à proposta de Batatinha de implantar cursos superiores na cidade. Com opiniões similares, elas reconhecem as dificuldades inerentes à carência de cursos na região, dizendo que distância, altos custos com moradia e outras questões sociais acabam desmotivando jovens e pais. “A possibilidade de criação desses cursos será um estímulo sem precedentes”, declarou uma diretora e mãe de universitário.

O pró-reitor de Desenvolvimento Institucional da UCB, Telson Pires, acredita que, além dos cursos, a universidade em Cordeiro significaria também o desenvolvimento de um trabalho de assessoria em diversas áreas para a Prefeitura. Haveria também a possibilidade de captação de recursos com os governos federal e estadual para investir em projetos de ensino continuado e sem custos para o município.

Novo encontro será agendado para a assinatura de um protocolo de intenções na tentativa de acertar a parceria.
Participaram da reunião secretários municipais, o líder do Governo na Câmara Municipal, Robson Careca, e os vereadores Marcelo Duarte, Furtuoso Lopes, Beth do Postinho, Jussara Barrada e Thiago Macedo.




Adicionar Comentario

Friburguenses e suíços começam a preparar os festejos do bicentenário de Nova Friburgo

  • PDF

O prefeito de Nova Friburgo, Renato Bravo, recebeu em seu gabinete, o cônsul da Suíça no Rio de Janeiro, Jeancarlo Fenini, que estava acompanhado do cônsul adjunto, Christoph Vautheler, e do presidente da colônia suíça em Nova Friburgo, Geraldo Thurler. O prefeito ausentou-se devido a outro compromisso agendado e a reunião foi conduzida pelo secretário de Governo Bruno Villas Bôas. Participaram também do encontro os secretários de Cultura, Marcos Marins; de Turismo, Wilton Neves; de Agricultura, Alexandre Teixeira; do Escritório de Gerenciamento de Convênios e Projetos (EGCP), André Gomes; e o ouvidor Girlan Guilland.

Durante a reunião foi exibido vídeo com algumas propostas do projeto comemorativo dos 200 anos de Nova Friburgo em 2018, apresentadas pelo secretário de Governo:

Agricultura – produção de morangos, com mercado em expansão; Nova Friburgo é a segunda maior produtora de flores de corte do país; incentivo à agricultura orgânica e recuperação da Mata Atlântica no município;
Cultura – criação dos museus do trem, arte sacra e dos colonizadores; polo de produções audiovisuais, mostra de cinema, exposição de fotografias de acervo histórico, concurso de redação, formação de multiplicadores do conhecimento da história e concurso para escolha da marca dos 200 anos;
Educação – polo universitário, com incentivo ao intercâmbio para troca de experiência e conhecimento, construção de escolas, programa comunitário “Meu Bairro + 200”, Fundação Dom João VI – pesquisa, acervo e estudos históricos; e preservação do folclore e tradições culturais;
Meio Ambiente – plantio de 200 mil mudas de árvores nativas em áreas degradadas e revitalização do Centro de Educação Ambiental (CEA);
Turismo – reestruturação dos parques Cão Sentado e Juarez Frotté, incentivo ao turismo rural e criação do museu das águas;
Negócios – revitalização do condomínio industrial e incentivo aos polos cervejeiro artesanal, de moda íntima, metalmecânico e de flores.

Durante o encontro foram comentadas outras propostas, como o marco monumental do evento, em homenagem aos homens e mulheres que deram origem à cidade de Nova Friburgo, e o relógio com contagem regressiva para o bicentenário. Todo o projeto terá maior dedicação após o carnaval

O cônsul da Suíça também expôs algumas propostas de sua parte, como a troca de informações, entrosamento com a Associação Fribourg – Nova Friburgo, a fim de consolidar as relações entre Nova Friburgo e a Suíça; envolvimento de fundações e instituições; cooperação com a Escola Superior de Gastronomia e Casa da Suíça, produção de vídeos, parcerias acadêmicas e profissionais, de ciência e tecnologia e de economia e negócios, de turismo e de comunicação; colaboração entre as mídias friburguenses e suíças, cinema e concurso de filmes sobre a imigração.

Jeancarlo Fenini falou também de agricultura, com propostas de estudo de questões agrícolas e de reflorestamento; ajuda humanitária e social e Cruz Vermelha. Outros temas propostos pelo cônsul foram elaboração de documentários, realização de festivais e mostras culturais, além de apresentações de grupos folclóricos.

O cônsul da Suíça e os secretários ainda falaram de outros aspectos do plano de encontros e preparação do programa comemorativo do bicentenário de Nova Friburgo. “Eu acredito que podemos fazer um bom trabalho juntos”, disse Jeancarlo Fenini a Bruno Villas Bôas.

Adicionar Comentario

Rei Momo e Rainha do Carnaval 2017 são eleitos em Nova Friburgo

  • PDF

A noite de domingo foi especial para os foliões de Nova Friburgo, que puderam participar de um dos eventos mais tradicionais da cidade. O concurso para Rei Momo e Rainha do Carnaval foi realizado na Praça Dermeval Barbosa Moreira, mais conhecido como reduto do samba neste período do ano, e atraiu centenas de pessoas, que encheram o espaço com muita alegria.


Os candidatos representavam as agremiações friburguenses. As atribuições da Rainha e do Rei Momo são participar de todos os eventos carnavalescos da cidade, pois são os elementos que retratam a importânciadesta grande festa no município

Os candidatos à Corte do Carnaval 2017 se apresentaram para um público bastante expressivo e foram avaliados pelo “samba no pé” e ainda pelos quesitos comunicação e simpatia, principais temas do


A oportunidade ainda deu destaque para outros dois personagens muito relevantes na composição do carnaval friburguense: a Embaixatriz Rosângela Cassano, da Vilage, e o Cidadão do Samba Júlio Santos, também da Vilage, que contribuíram para abrilhantar ainda mais a festa.


RAINHA DO CARNAVAL 2017


A grande vencedora deste ano, Jéssica Ferreira Gomes, mostrou elegância e muito samba no pé. Sua beleza e performance na apresentação a levaram a conquistar o primeiro lugar e fazer o público vibrar.
O Rei Momo vencedor foi Manoel Eduardo Morais da Silva, que também mostrou muito samba no pé e esbanjou simpatia. Sua entrada no palco fez a plateia se manifestar positivamente, com muitos e demorados aplausos.


O prefeito Renato Bravo e o secretário de Turismo, Wilton Neves, destacaram a felicidade de participar do evento. “Este é um grande momento do carnaval de Nova Friburgo e me sinto muito feliz de poder prestigiar esta festa”, disse o prefeito. O secretário reiterou a alegria de estar ali e acrescentou: “Estamos trabalhando muito para proporcionar a todos um carnaval de qualidade e esta é a celebração de um desses momentos”.


REI MOMO DO CARNAVAL 2017

O Rei Momo vencedor foi Manoel Eduardo Morais da Silva, que também mostrou muito samba no pé e esbanjou simpatia. Sua entrada no palco fez a plateia se manifestar positivamente, com muitos aplausos.


Adicionar Comentario

O melhor vendedor do Brasil

  • PDF

Os especialistas em Vendas Leandro Branquinho e Fred Rocha viajaram o país em uma expedição inédita, à procura do Melhor Vendedor do Brasil. A viagem foi do Oiapoque ao Chuí, começando por Minas Gerais e indo até Rio Grande do Sul; depois subindo até o extremo do Amapá, fazendo pesquisas com consumidores reais, para entender quem atendia melhor, quem tinha a melhor história, etc.

 

A viagem toda foi feita pela estrada, com várias paradas e muita pesquisa. Segundo o especialista em vendas, Leandro Branquinho, a sua maior surpresa durante a expedição foi ver o empenho espontâneo dos moradores locais, de se interessarem para contar suas próprias histórias.

 

As estratégias usadas para fazer a pesquisa com as pessoas da cidade se basearam em três perguntas: “quem é o melhor vendedor que você conhece?”; “quem é o melhor vendedor daqui da cidade?” e “quem atende bem?”. A partir daí, juntamente com a ajuda de parceiros locais como o Sebrae, as buscas começaram a ser filtradas.

 

Os critérios usados para escolher o vencedor foram baseados nas histórias que ouviram de consumidores e comerciantes. Para Branquinho, o importante era escolher alguém que inspirasse outros vendedores e empreendedores, pois os segmentos de vendas são muito abrangentes e diferentes uns dos outros. Alguns dados foram descartados, como lucratividade, volume de vendas e carteira de clientes, pois algumas empresas preferem manter em sigilo essas informações.

 

Leonardo de Matos, de São José do Rio Preto, o vencedor do concurso, ficou conhecido por conseguir vender qualquer coisa, e por ser extremamente criativo. Seus amigos declararam que, mesmo falido de seus negócios, Leonardo conseguia vender até “cocô em lata”, modo vulgar de chamar “adubo em lata”. Foi então que ele teve a ideia de fazer exatamente isso. O produto do vendedor é útil: ele vende adubo orgânico para floriculturas.

 

Durante a viagem, Branquinho notou, após entrevistar e conhecer mais de 200 vendedores pelo Brasil, que os melhores são aqueles que possuem os 3 C’s em comum: criatividade, consistência e coração (Teoria criada pelo próprio Branquinho). Para o especialista em vendas, sem essas três qualidades não se torna um bom vendedor.



Adicionar Comentario

Mesmo com pouco dinheiro, cidades da região terão carnaval

  • PDF
Mesmo com crise financeira do país, e principalmente nas prefeituras, na região algumas cidades irão realizar o Carnaval, com exceção dos municípios de Cordeiro, São Sebastião do Alto e Trajano de Moraes, que já decidiram não realizar o evento.

Em Nova Friburgo, a Prefeitura está investindo no Carnaval, liberando recursos para as escolas de samba e blocos carnavalescos. Cada escola de samba – são cinco – receberá da Prefeitura a importância de R$ 57.775,17, pagos em duas parcelas antes do Carnaval. Já os blocos carnavalescos levarão R$ 28.887,59 cada um.

Em Cantagalo, estão previstos o desfile do Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos de Cantagalo (Gresuc), a Vermelha e Branca, e mais 16 blocos. A Prefeitura não irá liberar nenhum recurso para os blocos carnavalescos e a escola de samba, apenas dará a estrutura para a realização do evento na cidade, como palco, arquibancadas, som, segurança e bailes populares, com investimento estimado em R$ 84 mil. 

Os blocos previstos para desfilar em Cantagalo são: Piranhas, Infantil Jujuba, Sujo, Filhos do Álcool, Bola Murcha, Galo Goy, Urubloco, Amigos do Boi, Galo Louco, Veteranos, Mamaleke, da Padaria, Folia dos Reis, Boteco do Gão, H-Rei e  Sopão do Boy.
O desfile da escola de samba Vermelha e Branca está previsto para a segunda-feira, 27 de fevereiro, a partir das 22h30min., no Centro da cidade.

Em Duas Barras, o prefeito Luiz Carlos Lutterbach fez questão de se reunir com os carnavalescos e prometer apoio ao Carnaval. O presidente da escola de samba Unidos do Morro (Esum), Joacir José Zão, confirmou que a escola desfilará normalmente este ano, apesar da difícil condição financeira em que passa a agremiação e da grande responsabilidade que é mantê-la. 

Após cinco anos afastados do Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos de Monnerat (Gresum), retornam ao comando da escola a presidente Maria Auxiliadora Moreira, a popular Santinha, e o carnavalesco Carlos Lúcio, prometendo resgatar os tempos de glória à frente da agremiação.

Questionados se confirmam a participação da escola este ano, Santinha e Carlos Lúcio alertam: “sem liberação da subvenção, a Gresum não desfila”. Segundo Carlos Lúcio, a Prefeitura já se posicionou favorável ao repasse da verba para possibilitar o carnaval da escola, mas, de acordo com Santinha, ainda há pendências a serem resolvidas.

Na cidade de Carmo, o prefeito César Ladeira garantiu realizar o Carnaval, que terá desfile de blocos, bailes carnavalescos e participação de escola de samba.

Em Bom Jardim, está previstos o desfile de dez blocos carnavalescos, segundo o secretário de Turismo da cidade, Ademir da Bateria. Há muitos anos que em Bom Jardim não há desfile de escolas de samba, apenas os blocos carnavalescos animam a cidade, e os blocos com shows durante o período de Carnaval.

Em Itaocara, o prefeito Manoel Faria confirmou a festa, mas de forma mais modesta, embora com boa infraestrutura. A Avenida Beira Rio será fechada até a terça-feira (28), com segurança e uma banda animando os quatro dias de folia.

Mas não haverá subvenções para nenhuma entidade, sejam os blocos ou escolas de samba. Alguns blocos estão prometendo sair para a rua, mesmo com fantasias do ano passado.

Em Macuco, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Turismo, vai garantir a diversão da maior festa popular do país nos cinco dias – sexta, dia 24, a terça, dia 28.
Embora com uma programação mais modesta, a exemplo das demais cidades, o município também contará com duas escolas de samba. Na programação, a Império do Samba desfila na noite de segunda-feira (27), às 22 horas, enquanto a Beija-Flor passará pela avenida na terça-feira (28), também às 22 horas.

A folia contará com animação do DJ Loop na sexta (24) e bailes populares nos demais dias, sempre após os desfiles de blocos e escolas de samba: Cesário Ramos e Gabriel (sábado, 25), Grupo Simplicidade (domingo, 26), Banda Up Brasil (segunda, 27) e Maycon Mello e Banda (terça, 28).

Os blocos de embalo e a banda de metais completam a alegria ao longo dos cinco dias de folia. A criançada ainda terá diversão garantida com a realização de duas matinês: uma na tarde de domingo (26), às 17 horas, e outra na terça-feira (28), também às 17 horas. Ambas serão animadas pela banda de metais.


Adicionar Comentario

Quintaneja Tropical em Carmo é sucesso

  • PDF

Idealizado e criado por Willians Cândido e Vinícius Abreu, a Quintaneja Tropical, que é realizada na cidade de Carmo, tem sido um grande sucesso.

O bar Tropical funciona no  Centro da cidade, na Avenida Mário Mesquita, 238,  e tem como atração musical, todas as quintas-feiras, o cantor sertanejo Vinícius Abreu e banda, que já vem sendo considerado por muitos como a mais grata e surpreendente revelação do sertanejo universitário na região.

A ‘Quintaneja Tropical’ tem como principal atração o cantor Vinícius Abreu, que se apresenta com um trio formado por ele, Vinícius Abreu (violão/viola 10 cordas e voz), Matheus Huguenin (contrabaixo e violão) e Samuel (bateria).

– Dono de um potencial musical incontestável e de uma carisma imenso com o público que o acompanha por onde vem se apresentando, o cantor também tem muito carisma e futuro promissor na música em nossa região – garante o também músico Janílson Meirelles, que coordena o Projeto Ensaio.

O Bar Tropical é responsável por um grande movimento na vida noturna da cidade de Carmo, principalmente nas noites de quintas-feiras, com a já tradicional ‘Quintaneja Tropical’. Aos sábados, também são oferecidos outros estilos musicais, como pop rock e MPB.

– Trata-se de um local de ambiente totalmente familiar, onde as famílias carmenses e dos municípios vizinhos, entre eles, Além Paraíba (MG), Sumidouro, Cantagalo, Sapucaia, Duas Barras, Cordeiro, entre outros visitantes, vão buscar uma noite de lazer e alegria – garante Janílson Meirelles.




Adicionar Comentario

Jovem cantagalense quer lançar livro sobre a história do município

  • PDF
O jovem Matheus Ladeira, trabalhou como marketing consultant na empresa Rei dos Colchões, em Niterói. Atuou também como assessor de imprensa no Colégio Estadual Lameira de Andrade, em Cantagalo, e trabalhou como marketing na empresa Riedy.

Fez o curso superior de tecnólogo em design gráfico na Universidade Estácio de Sá,  campus do Centro, no Rio de Janeiro, no qual concluiu em 2016.

Desde o primeiro período da faculdade, Matheus Ladeira dizia que seu trabalho de conclusão de curso (TCC),  seria sobre o município de Cantagalo: um projeto de sinalização, um projeto de identidade visual ou um projeto editorial, que foi o escolhido.

Através das pesquisas que ele fez no município para a realização do TCC, notou a carência que Cantagalo tem em materiais de divulgação sobre o turismo e até mesmo sobre a própria história do município.

– Temos grandes livros com a história do município, mais detalhado, histórias para quem gosta de se aprofundar mais. Eu não poderia fazer um trabalho sobre o turismo no município sem antes falar de suas origens e tal, e nem sem mencionar o período cafeeiro, pois acho que é nessa parte que mora o maior potencial turístico que o município deveria explorar – justifica Matheus Ladeira.

E a decisão então foi juntar as várias informações já existentes em outros matérias, sejam matérias retiradas de algumas edições do próprio JORNAL DA REGIÃO, matérias divulgadas no site da Prefeitura de Cantagalo, partes dos livros de Clélio Erthal e de Acácio Ferreira Dias, ou publicações de Sebastião Carvalho sobre as grutas.

“Pegar todas essas informações “espalhadas” e unificar num só material  para rápida consulta e leitura, um material mais chamativo, mais interativo, mais dinâmico, colorido, explorando fotografias históricas e atuais. O resultado final foi o livro ‘Cantagalo em Traços’”, informa Matheus Ladeira.

'Cantagalo em Traços' contém ilustrações feitas a partir de traços irregulares dos pontos mais marcantes do município, como o santuário, o coreto da Praça João XXIII, a própria Praça João XXIII, a rodoviária, o toco, a caixa d’água,  etc.; e traços de resumos da grande história que envolve Cantagalo e toda a região.



Adicionar Comentario

Lauren Hermsdorff continua sua carreira de modelo

  • PDF

 A modelo cordeirense Lauren Hermsdorff, que, durante um período, trabalhou no programa Caldeirão do Huck, da Rede Globo de Televisão, continua sua carreira de modelo, tirando fotos para marcas famosas, bem como participando de desfile de roupas em várias cidades do país.

– Fiz alguns trabalhos nesse início de ano, mas, como são de roupa de inverno, só divulgam quando mudar a estação – informou Lauren Hermsdorff à reportagem do JORNAL DA REGIÃO.

No final do ano passado,  Lauren participou de uma sessão de fotos para uma rede de lojas de Armação dos Búzios e Cabo Frio (Região dos Lagos), chamada ‘Pôr do Sol’.

Lauren também participou de uma série de fotos com Edu Rodrigues, mas que não foi recentemente. “Não são de agora não, foi quando fiz um book com ele”, contou.

A modelo cordeirense também disse saber da modelo cantagalense Kethelin Vila Nova, que está participando de uma temporada em Milão, na Itália, embora não a conheça pessoalmente.
– A Kethelin eu não conheço pessoalmente. Ela é prima de um primo meu, de Euclidelândia (distrito de Cantagalo). Ele já me falou dela algumas vezes – afirmou.



Adicionar Comentario

Pgina 10 de 390

Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado