Colégio Euclides da Cunha realiza a Feira Pedagógica Raízes da Gente

  • PDF

Trabalhos e apresentações dão destaque aos 200 anos do município

O Colégio Euclides da Cunha, através da Feira Pedagógica Raízes da Gente, apresentou à comunidade, a primeira etapa de trabalhos alusivos ao projeto bianual desenvolvido com o intuito de celebrar os 200 anos de Cantagalo. Ao longo dos três primeiros bimestres de 2013, professores e alunos desenvolveram diferentes trabalhos focados na valorização da história do município através de sua gente. Por isso o nome do projeto ‘Raízes da Gente’.

A feira pedagógica aconteceu em dois dias recheados de apresentações culturais em diferentes formatos e exposição de trabalhos confeccionados pelos alunos com orientação dos professores. Em relação às apresentações culturais, destacaram-se o lançamento do curtametragem ‘Nas Terras do Barão’, elaborado pelas professoras Karine Vieira Bon e Marcela Loivos Consídera, com alunos do 3º ano do ensino médio e com roteiro de Igor Ferreira (ex-aluno do colégio); apresentações das peças teatrais ‘História de um Cambucazinho’, por alunos da educação infantil;  ‘Era uma vez, Mão de Luva...’, por alunos do ensino fundamental I e ‘Chá Poético – um sonho com trovadores’, com alunos do ensino fundamental II. Destaque para a peça ‘Era uma vez, Mão de Luva...’, que aconteceu com a participação de alunos de todas as turmas do ensino fundamenta I e que contou de forma lúdica a história dos primeiros anos da história de Cantagalo, retratando os momentos de transição dos índios ao emblemático personagem Mão de Luva.

Todos os trabalhos expostos, produzidos por alunos da educação infantil e ensino fundamental II, tiveram como tema Cantagalo e constituíram-se em lembranças alusivas à paisagem ou história da cidade, a serem levadas para casa. Além destes trabalhos, aconteceram oficinas que valorizaram a expressão artística e cultural dos participantes, como a Oficinas de Jogos Florais, a de Retratos da Terra - Cartões Postais e de Palavras que Desenham - Caligrama, todas com o tema Cantagalo. A oficina de Jogos Florais, uma homenagem dos professores e alunos do colégio aos trovadores de Cantagalo, contou com uma participação intensa de alunos e visitantes, bem como das trovadoras cantagalenses Dilma Coelho e Dyrce Machado.

Durante a feira pedagógica, aconteceu, também, a premiação do concurso Crônica Fotográfica, que teve como principal objetivo conhecer Cantagalo através do olhar dos alunos, que foram desafiados a fotografar de acordo com os temas ‘A Terra, O Homem, A Luta’ – uma homenagem ao livro ‘Os Sertões’, de Euclides da Cunha. Outro destaque foi o lançamento do Almanaque do Euclydes, a estilo dos antigos almanaques que divertiam e informavam os nossos avós.

Segundo a diretora , Jaqueline Campanati Biscácio, “com o Projeto Pedagógico Bianual ‘Raízes da Gente: 200 anos fazendo história e cultivando valores’, o colégio, mais uma vez, embarca no desafio de compartilhar a história de Cantagalo, ressaltando seus valores.



Adicione essa página em sua rede social
Artigos Relacionados:

blog comments powered by Disqus

Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado