Almoçar fora de casa custa R$ 27,46 no país

  • PDF

O Índice Alelo de Preço Médio de Refeição 2012, divulgado semana passada, mostra que o almoço fora de casa custa, em média, R$ 27,46 no Brasil. O valor representa um aumento de 2,54% em relação ao levantamento apresentado no ano passado, quando os índices apontaram a média de R$ 26,78. Neste mesmo período (janeiro a outubro de 2011), o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), específico dos alimentos e bebidas, evolui 4,76%, enquanto que o IPCA geral avançou 5,43%.

Segundo dados da pesquisa, o aumento dos estabelecimentos de até 50 lugares, que passaram a representar 34% da amostra contra 18% do ano passado, motivou a pequena variação do preço médio de refeição. Os restaurantes com 50 ou mais lugares (66% de amostra) tiveram um crescimento médio de 10% no valor da refeição completa.

Os dados, apurados pelo Instituto Datafolha em parceria com a Alelo, administradora de cartões-benefício e cartões pré-pagos, contemplaram entrevistas com 4.312 estabelecimentos de cidades brasileiras realizadas entre 13 de setembro e 19 de outubro de 2011. A pesquisa, em sua terceira edição, é feita com estabelecimentos credenciados à rede Visa Vale, e analisa a refeição no período do almoço, de segunda à sexta-feira.

A pesquisa avaliou o custo individual de prato principal, sobremesa, bebida e café expresso, compondo, assim, o valor total da refeição. Da média de R$ 27,46, apontada pela edição deste ano, somente o prato representa aproximadamente 60% do valor da refeição completa, com valor médio de R$ 16,35. A sobremesa, por sua vez, representa R$ 5,38, enquanto a bebida participa com R$ 3,15 e o café com R$ 2,58. O aumento mais expressivo dos componentes da refeição foi identificado no valor do café (10,26%), seguido pelo preço da bebida (6,42%). Prato e sobremesa tiveram aumentos menores, com, respectivamente, 1,36% e 0,56%.

– A Alelo desenvolve, anualmente, esta pesquisa em parceria com o Instituto Datafolha com o objetivo de auxiliar as empresas a desenharem uma proposta de benefício em sintonia com os custos médios da região onde estão inseridas. Esse material, inclusive, é muito útil para os pequenos empreendedores, que se apóiam em informações de mercado para oferecer mais vantagens às suas equipes. Isso significa retenção e melhoria na qualidade de vida e produtividade destes funcionários – explica Ronaldo Varela, diretor executivo Comercial, Marketing, Produtos e Novos Negócios da Alelo.



Adicione essa página em sua rede social
Artigos Relacionados:

blog comments powered by Disqus

Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado