Friburguenses e suíços começam a preparar os festejos do bicentenário de Nova Friburgo

  • PDF

O prefeito de Nova Friburgo, Renato Bravo, recebeu em seu gabinete, o cônsul da Suíça no Rio de Janeiro, Jeancarlo Fenini, que estava acompanhado do cônsul adjunto, Christoph Vautheler, e do presidente da colônia suíça em Nova Friburgo, Geraldo Thurler. O prefeito ausentou-se devido a outro compromisso agendado e a reunião foi conduzida pelo secretário de Governo Bruno Villas Bôas. Participaram também do encontro os secretários de Cultura, Marcos Marins; de Turismo, Wilton Neves; de Agricultura, Alexandre Teixeira; do Escritório de Gerenciamento de Convênios e Projetos (EGCP), André Gomes; e o ouvidor Girlan Guilland.

Durante a reunião foi exibido vídeo com algumas propostas do projeto comemorativo dos 200 anos de Nova Friburgo em 2018, apresentadas pelo secretário de Governo:

Agricultura – produção de morangos, com mercado em expansão; Nova Friburgo é a segunda maior produtora de flores de corte do país; incentivo à agricultura orgânica e recuperação da Mata Atlântica no município;
Cultura – criação dos museus do trem, arte sacra e dos colonizadores; polo de produções audiovisuais, mostra de cinema, exposição de fotografias de acervo histórico, concurso de redação, formação de multiplicadores do conhecimento da história e concurso para escolha da marca dos 200 anos;
Educação – polo universitário, com incentivo ao intercâmbio para troca de experiência e conhecimento, construção de escolas, programa comunitário “Meu Bairro + 200”, Fundação Dom João VI – pesquisa, acervo e estudos históricos; e preservação do folclore e tradições culturais;
Meio Ambiente – plantio de 200 mil mudas de árvores nativas em áreas degradadas e revitalização do Centro de Educação Ambiental (CEA);
Turismo – reestruturação dos parques Cão Sentado e Juarez Frotté, incentivo ao turismo rural e criação do museu das águas;
Negócios – revitalização do condomínio industrial e incentivo aos polos cervejeiro artesanal, de moda íntima, metalmecânico e de flores.

Durante o encontro foram comentadas outras propostas, como o marco monumental do evento, em homenagem aos homens e mulheres que deram origem à cidade de Nova Friburgo, e o relógio com contagem regressiva para o bicentenário. Todo o projeto terá maior dedicação após o carnaval

O cônsul da Suíça também expôs algumas propostas de sua parte, como a troca de informações, entrosamento com a Associação Fribourg – Nova Friburgo, a fim de consolidar as relações entre Nova Friburgo e a Suíça; envolvimento de fundações e instituições; cooperação com a Escola Superior de Gastronomia e Casa da Suíça, produção de vídeos, parcerias acadêmicas e profissionais, de ciência e tecnologia e de economia e negócios, de turismo e de comunicação; colaboração entre as mídias friburguenses e suíças, cinema e concurso de filmes sobre a imigração.

Jeancarlo Fenini falou também de agricultura, com propostas de estudo de questões agrícolas e de reflorestamento; ajuda humanitária e social e Cruz Vermelha. Outros temas propostos pelo cônsul foram elaboração de documentários, realização de festivais e mostras culturais, além de apresentações de grupos folclóricos.

O cônsul da Suíça e os secretários ainda falaram de outros aspectos do plano de encontros e preparação do programa comemorativo do bicentenário de Nova Friburgo. “Eu acredito que podemos fazer um bom trabalho juntos”, disse Jeancarlo Fenini a Bruno Villas Bôas.



Adicione essa página em sua rede social
Artigos Relacionados:

blog comments powered by Disqus

Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado