Bom Jardim realizará primeira reunião do Comitê Gestor do programa Cidades Empreendedoras

  • PDF

Depois da conquista de Nova Friburgo como campeã do 1º Ciclo do programa Cidades Empreendedoras 2017/2018 - iniciativa do Sebrae/RJ que tem como objetivo engajar a gestão pública e lideranças locais nos municípios quanto a melhoria do ambiente empresarial e na promoção de políticas públicas favoráveis às micro e pequenas empresas chegou a vez de Bom Jardim representar a Região Serrana no game que novamente reunirá outras 11 cidades na disputa para mostrar quem promove mais e melhores ações em prol do Empreendedorismo local.

Uma reunião do Comitê Gestor em Bom Jardim marca o início da primeira fase do segundo ciclo do programa na cidade. A previsão é que esta etapa inicial seja finalizada em dezembro, a exemplo do que ocorreu no ciclo anterior, quando Nova Friburgo era a representante regional.

Em Bom Jardim estão previstas reuniões mensais de acompanhamento, consultorias e levantamento de evidências. Todos os integrantes do Comitê Gestor poderão acompanhar a participação do município no Programa Cidades Empreendedoras através da ferramenta de Gestão e Monitoramento, cujo acesso será disponibilizado pelo Sebrae/RJ. 

Durante toda a realização do game, o Sebrae/RJ fará o acompanhamento constante das ações implantadas pelos municípios participantes que, de acordo com a quantidade e a intensidade das iniciativas, vão recebendo uma determinada pontuação. 

Para Fernanda Gripp, coordenadora da Regional Serrana I do Sebrae/RJ, o programa Cidades Empreendedoras cria uma oportunidade de aprimoramento de ações que os municípios têm que tomar para possibilitar e facilitar iniciativas empreendedoras e o desenvolvimento econômico e social na região. “É importante que cada segmento representado pelos membros do Comitê Gestor saiba da sua importância neste processo, que tem como objetivo tornar Bom Jardim uma cidade ainda mais empreendedora. Já houve avanços neste contexto, mas ainda há espaço para melhorar. Esta missão não é só de uma pessoa, um segmento, ou exclusivamente do poder público. Por isso contamos com o comprometimento de todos, que poderão, em todas as etapas, receber o acompanhamento e o apoio do Sebrae”, ressaltou.

Raquel Stumm, analista do Sebrae/RJ, acredita que os benefícios do programa serão visíveis para os habitantes do município. “O Cidades Empreendedoras pode proporcionar aos empresários de Bom Jardim um ambiente economicamente positivo. A intenção é que diante das ações tomadas junto ao Comitê Gestor seja possível atrair, em todos os aspectos, novos negócios para Bom Jardim. Isto não depende exclusivamente do Sebrae, mas de todos os envolvidos neste processo que, em caso de sucesso, deixará um legado para sua população”, explicou.

O Cidades Empreendedoras – 2º Ciclo 2018/2019 é uma iniciativa do Sebrae/RJ desenvolvida em 11 municípios do estado do Rio de Janeiro que vai engajar a gestão pública e lideranças locais, através de um game, para que sejam criadas e implantadas políticas públicas voltadas para micro e pequenas empresas, melhorando assim o ambiente empresarial das regiões.





Adicione essa página em sua rede social
Artigos Relacionados:

blog comments powered by Disqus

Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado