Eduardo Paes: "Eu vim de carro pela RJ-144, uma buraqueira, parecia a face da lua, remendo pra cá e pra lá. E eu perguntei 'isso aqui é uma RJ?'"

  • PDF



O candidato ao governo do Estado, Eduardo Paes, visitou, nesta quinta-feira, cidades da Região Serrana do Rio em mais um dia de campanha. No início da tarde, Paes esteve na cidade de Carmo, onde fez caminhada e conversou com moradores. Acompanhado do candidato a vice-governador Comte Bittencourt, Paes disse que quer ser o “governador da fusão”, trabalhando pesado pelo crescimento de todo o estado, sobretudo das cidades do Interior. O candidato do Democratas disse que, se eleito, se empenhará no desenvolvimento dos municípios do Interior porque eles são os que mais precisam da presença e do apoio do poder público.

"Eu sei melhor do que ninguém que quem mais precisa de governo do estado é o Interior. Porque eu fui prefeito da Capital. Não estou dizendo que não vou cuidar da cidade do Rio. Óbvio que vou. Óbvio que a Cidade do Rio precisa de atenção do governo do estado. Mas se cumprir os serviços básicos lá, a Segurança, o resto a Prefeitura é musculosa o suficiente para tocar a sua vida. Comte diz que eu vou ser o governador da fusão e vou mesmo. Eu vou ser, vocês podem anotar isso, o governador que mais vai fazer por esse Interior, que mais vai consolidar essa fusão", afirmou.

Em campanha, Paes tem percorrido de carro estradas do Interior do estado e disse achar absurdo o estado de degradação em que se encontram as vias estaduais. Ele se comprometeu a recuperar as estradas.

"Eu vim de carro pela RJ-144, uma buraqueira, parecia a face da lua, remendo pra cá e pra lá. E eu perguntei “isso aqui é uma RJ?” Me disseram que todos governadores prometeram recapear e não fizeram. E eu perguntei “mas ela tem o que, 200 quilômetros?” E ela tem 11 (quilômetros). Quando eu ouço as demandas do estado, eu conheço as finanças do estado. E claro que não tem vida mole, que tem um monte de coisa pra ajeitar. Mas são demandas que eu assumo compromisso", disse.

Paes se comprometeu a trabalhar em parceria com os prefeitos para ampliar a atenção básica de Saúde para a população e a educação em tempo integral para crianças e jovens. O candidato do Democratas disse ainda que “não tem medo de pensar grande”, sobre os planos de desenvolvimento fluminense.

"A gente quer pensar grande, com o estado se desenvolvendo, gerando emprego, tendo educação de qualidade. Vou fazer parcerias com todos os prefeitos na atenção básica da saúde. O cidadão é do estado. Tem que ajudar o prefeito na atenção básica, a fazer creche, a fazer educação em tempo integral para a criança, para o jovem se preparar para um futuro melhor. O Interior está muito abandonado", Paes agradeceu o apoio que tem recebido dos prefeitos de várias partes do estado.

"Quem sabe da desgraça e o sofrimento do povo, quem está tendo que segurar as pontas pela ausência de estado, de ajuda, pela completa inaptidão de tudo que acontece hoje no Estado do Rio de Janeiro são os prefeitos. Então quando os prefeitos manifestam apoio a mim, isso significa que aqueles que têm responsabilidade de tocar a máquina no dia a dia, de prestar serviços à população, confiam na nossa candidatura, isso nos enche de orgulho".

Em Sumidouro, Paes voltou a tocar no assunto das estradas. A área, que tem forte vocação agrícola, sofre com estradas estaduais e vicinais em péssimas condições.

É um município que tem uma produção agrícola fantástica, importantíssima para nosso estado e a gente sabe o drama das estradas vicinais para o produtor escoar sua produção. A gente tem ainda que ter uma política ativa de financiamento do produtor rural. Falta estado no Interior e a gente vai priorizar o interior para o estado se desenvolver.





Adicione essa página em sua rede social
Artigos Relacionados:

blog comments powered by Disqus

Área exclusiva - Login

Notícias completas e versão digital exclusivas para assinantes

Informativo JR

Cadastre-se e fique bem informado